Brasil cumpre poucas metas de preservação de seus biomas, afirma WWF

De acordo com levantamento realizado pela WWF-Brasil em parceria com o Conselho Nacional Reserva da Biosfera da Mata Atlântica, o Brasil cumpriu poucas metas estipuladas na Convenção das Nações Unidas (ONU) sobre Conservação da Diversidade Biológica.
Das 51 metas nacionais que deveriam ser atingidas até 2010, apenas duas foram cumpridas completamente, cinco não foram executadas, e o restante encontra-se em estágios intermediários de cumprimento.
Segundo a WWF, o Brasil cumpriu a meta de redução média de 25% no número de focos de calor em cada bioma, e também elaborou lista amplamente acessível das espécies brasileiras formalmente descritas de plantas, animais vertebrados, animais invertebrados e microorganismos.
No entanto, ainda segundo o estudo, o país não cumpriu a meta de recuperar no mínimo 30% dos principais estoques pesqueiros com gestão participativa e controle de capturas. Também não colocou em ação planos de manejo para controlar pelo menos 25 das principais espécies exóticas invasoras que mais ameaçam os ecossistemas.
A meta de implantação de projetos de proteção ao conhecimento de todas as comunidades tradicionais dos biomas também não foi cumprida.
“No campo do conhecimento, de criação de áreas protegidas, de monitoramento, as notícias são boas. Em outros campos, sobre o uso sustentável dos biomas, de se colocar o meio ambiente no centro das decisões políticas, e de se criar uma economia verde, as notícias são ruins”, avaliou o superintendente de conservação do WWF-Brasil, Cláudio Maretti.
Com encerramento dos prazos de 2010 e com as decisões tomadas na conferência de Nagoia (Japão), em outubro do ano passado, ficaram definidas metas ainda mais ambiciosas para o Brasil. O objetivo agora é aumentar para 17% as áreas protegidas até 2020, praticamente o dobro do que o bioma abriga hoje.
Fonte: WWF Brasil
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Pesquisar

Últimos posts

Arquivo de postagens

Siga o CRBio-04

Rolar para cima