O líquido precioso

Por Nayara Magry Jesus Melo

A escassez de água no nosso planeta está cada vez maior. Uma das causas primordiais deste problema no mundo é agravada em virtude da desigualdade social e da falta de manejo e usos sustentáveis dos recursos naturais.

De acordo com os números apresentados pela ONU – Organização das Nações Unidas – fica claro que controlar o uso da água significa deter poder.Já estamos cansados de saber qual é a situação da água no nosso planeta, mais não estamos cansados de poluir, desperdiçar e não tomar providências que proporcionem um resultado benéfico ao meio ambiente.Segundo a Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância), menos da metade da população mundial tem acesso à água potável.

A irrigação corresponde a 73% do consumo de água, 21% vai para a indústria e apenas 6% destina-se ao consumo doméstico.Um bilhão e 200 milhões de pessoas (35% da população mundial) não têm acesso a água tratada. Um bilhão e 800 milhões de pessoas (43% da população mundial) não contam com serviços adequados de saneamento básico. Diante desses dados, temos a triste constatação de que dez milhões de pessoas morrem anualmente em decorrência de doenças intestinais transmitidas pela água.

A água um líquido precioso de extrema importância, deve ser cuidado e sempre que necessário tratado. Este líquido é uma dádiva, e devemos fazer medidas que o conservem para o nosso próprio bem.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Pesquisar

Últimos posts

Arquivo de postagens

Siga o CRBio-04

Rolar para cima