Consulta pública sobre a Base Nacional Comum Curricular

O Ministério da Educação está realizando uma Consulta Pública sobre o texto preliminar da Base Nacional Comum Curricular (BNC). O prazo para enviar contribuições vai até o dia 15 de março.

A BNC visa estabelecer os conhecimentos essenciais aos quais todos os estudantes brasileiros têm o direito de ter acesso e se apropriar durante sua trajetória desde o ingresso na creche até o final do Ensino Médio.

Com a Base Nacional Comum Curricular ficará claro o conteúdo fundamental que precisa ser ensinado nas escolas nas seguintes Áreas de Conhecimento: Matemática, Linguagens, Ciências da Natureza e Ciências Humanas.

No capítulo sobre Ciências da Natureza, o texto preliminar da BNC apresenta os objetivos gerais de sua aprendizagem e os componentes curriculares que deverão ser trabalhados em sala de aula em cada ano da Educação Básica, do Ensino Fundamental e do Ensino Médio. A BNC estabelece quatro eixos estruturantes: 1- Conhecimento conceitual das Ciências da Natureza; 2 – Contextualização histórica social e cultural; 3 – Processos e práticas de investigação; 4 – Linguagens das Ciências da Natureza.

Quanto ao componente curricular Biologia, o documento propõe que seu ensino seja organizado a partir de sete unidades de conhecimento:

1.Biologia: a vida como fenômeno único e seu estudo

2.Biodiversidade: organização, distribuição e abundância

3.Metabolismo: transformação de matéria e energia, e manutenção dos sistemas vivos

4.Organismo: sistema natural complexo e autorreguláveis

5.Hereditariedade: padrões e processos de armazenamento, transmissão e expressão de informação

6.Evolução: padrões e processos de diversificação da vida

7.Os ecossistemas, gestão ambiental e diversidade sociocultural

A contribuição dos biólogos neste processo é muito importante para garantir que o componente curricular de Ciências Biológicas seja bem elaborado e sólido nos conceitos que serão replicados aos alunos de todo o país.

Para mais informações e para enviar suas contribuições, acesse o link: http://goo.gl/p17n1a.

Com informações da ASCOM do CFBio

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Pesquisar

Últimos posts

Arquivo de postagens

Siga o CRBio-04

Rolar para cima