Documentarista faz registro da vida selvagem em unidades de conservação no Brasil

O documentarista da natureza, Fernando Lara, realizou entre abril e dezembro deste ano, registro de imagens de mais de 30 unidades de conservação de 20 estados brasileiros. Depois de viajar 18 mil quilômetros em uma motocicleta de bicombustível durante oito meses, o documentarista voltou no último sábado (17) para sua cidade natal, Ipatinga, localizada na região do Vale do Aço.
O trabalho faz parte do projeto Rotas Verdes Brasil, realizado pela Fauna e Flora Documentários. Para fazer a expedição, Fernando contou com sua experiência de 11 anos como documentarista da vida selvagem.
“Minha experiência em expedições por países da África foi muito importante. Nesses oito meses, o momento de maior adrenalina foi o encontro com a onça-pintada, no município de Presidente Figueiredo (AM). O maior felino das Américas a menos de quatro metros da minha lente”, conta Fernando.
Em parceria com a concessionária Mavimoto Honda, o documentarista começou a viagem de motocicleta no Parque Estadual do Rio Doce, em Minas Gerais, e passou por diversos lugares, como São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Rondônia, Amazonas e Pará. Os últimos registros foram feitos em Caratinga, onde existe uma reserva de preservação do muriqui-do-norte, espécie de macaco ameaçada  de extinção.
As fotos e vídeos da natureza brasileira selvagem serão registradas em livro digital gratuito, com previsão de lançamento para abril de 2012.
“Queremos divulgar as áreas conservadas e popularizar essas informações para que professores, alunos, ambientalistas, políticos possam conhecer mais as nossas belezas naturais”, afirma o documentarista ambiental.
Fonte: AMDA
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Pesquisar

Últimos posts

Arquivo de postagens

Siga o CRBio-04

Rolar para cima