Escamas flexíveis explicam velocidade do tubarão-mako

O tubarão-mako é um dos mais rápidos, talvez devido à variação em tamanho e flexibilidade de escamas que se parecem com dentes incrustadas em seu couro.
Amy Lang, engenheira aeroespacial da Universidade do Alabama, e colegas descobriram que escamas flexíveis do tubarão permitem que ele mude rapidamente de direção, mantendo uma alta velocidade.
Recentemente, ela apresentou um trabalho no encontro anual da Divisão de Dinâmica de Fluidos da Sociedade Americana de Física em Long Beach, na Califórnia (EUA).
Trabalhando com biólogos e com recursos da Fundação Nacional de Ciência dos Estados Unidos, Lang estudou tubarões mortos.
Embora todo o corpo do tubarão seja coberto pelas escamas, feitas do mesmo esmalte duro dos dentes do animal, as escamas da parte superior e inferior do corpo são maiores e não tão flexíveis.
“As escamas possuem cerca de 0,2mm de tamanho nos lados desses tubarões”, diz Lang. “Em outras espécies, elas podem ser muito maiores.”
As pequeninas escamas são flexíveis a um ângulo de 60 graus ou mais, e permitem que o tubarão controle a separação do fluxo d’água pelo corpo.
Agora Lang está tentando criar modelos das escamas dos tubarões em laboratório, na esperança de encontrar aplicações para a vida real.
“A separação de fluido é uma problema em muitas aplicações de engenharia”, explica ela. “Pode ser usada nos rotores de uma palheta de hélice de helicóptero, partes de um submarino ou torpedo”.
Fonte: THE NEW YORK TIMES
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Pesquisar

Últimos posts

Arquivo de postagens

Siga o CRBio-04

Rolar para cima