Biólogo: o Profissional que estuda a vida

O Curso de Ciências Biológicas comemorou o Dia do Biólogo – 3 de setembro – com uma palestra pelo Professor Doutor Afonso Pelli, do Conselho Regional de Biologia (CRBio) e professor da UFTM.
O Dia do Biólogo é comemorado em 3 de setembro, dia em que a profissão foi regulamentada no Brasil pela Lei número 6.684, de 1979. A pesquisa básica na área das Ciências Biológicas é, hoje em dia, realizada em grande parte por biólogos. Isso inclui técnicas aplicadas na medicina, no controle de pragas e na preservação ambiental.
O Curso de Ciências Biológicas do Centro Universitário do Planalto de Araxá comemorou a data no dia 30 de agosto, com a palestra “O exercício profissional do biólogo” ministrada pelo Professor Doutor Afonso Pelli, conselheiro suplente do Conselho Regional de Biologia – 4ª Região (CRBio-04) e professor da UFTM. Participaram 62 alunos, entre graduandos, egressos e alunos do ensino médio, além de professores. Foi esclarecido aos presentes o amplo leque de atuação do biólogo e suas atividades, que estão concentradas nas grandes áreas de saúde, meio ambiente e biotecnologia. Os alunos foram orientados quanto à importância do registro profissional como forma de exercício regulamentador da profissão e a participação das atividades junto ao conselho de classe que, além de fiscalizar, pode orientar os profissionais quanto à inserção no mercado e suas demandas.
O Professor Afonso Pelli deixou bem claro que o biólogo tem um caráter generalista quanto às atividades que exerce profissionalmente e, portanto, há outros profissionais que também podem exercer suas atribuições, mas que não há reserva de mercado. “O biólogo, de acordo com sua área de formação, pode exercer atividades nas áreas mencionadas, nos mais diversos campos de atuação, sem prejuízo da atuação de outros profissionais”, informou o palestrante.
De forma dinâmica e entusiástica, o professor envolveu os alunos de tal forma que todos ficaram bastante motivados e, na segunda parte, apresentou sua experiência de pesquisa com a criação em cativeiro do peixe Jaú, espécie ameaçada de extinção no Brasil. Ele apresentou, com clareza, técnicas desenvolvidas, durante seus trabalhos, que pudessem viabilizar a reprodução, alimentação e manutenção da espécie em cativeiro, possibilitando aos alunos vislumbrar algumas possibilidades de pesquisa nas áreas de ecologia e zoologia.
O UNIARAXÁ parabeniza o profissional Biólogo, que estuda a vida em suas diferentes formas de expressão, comprometido com uma área de atuação quase infinita: estuda a origem, estrutura, evolução e funções dos seres vivos, classifica as diferentes espécies animais e vegetais e estabelece sua relação com o meio ambiente, monitorando a qualidade de nossas águas, descobrindo medicamentos e, acima de tudo, lutando pela proteção e preservação do nosso planeta.
Fonte: UNIARAXÁ – Centro Universitário
Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Pesquisar

Últimos posts

Arquivo de postagens

Siga o CRBio-04

Rolar para cima