Telhado branco ajuda a conter os efeitos do aquecimento global

Com atitudes simples e ao nosso alcance, é possível ajudar a combater o aquecimento global. É o que mostra a campanha “One Degree Less – White Roofs Initiatives for 100 Cities”, criada pela ONG Green Building Council Brasil para ajudar a baixar a temperatura do planeta em um grau. A proposta da campanha é incentivar a pintura de telhados das grandes cidades, para assim diminuir os efeitos do aquecimento global.

Mas por que exatamente a cor do telhado faz a diferença? Hoje, nas grandes cidades, por conta do uso de energia elétrica e retenção da radiação solar pelos telhados e tetos de casas e edifícios, principalmente, há a formação das chamadas ilhas de calor, que são as responsáveis pela elevação da temperatura nas áreas urbanas. Isso acontece porque os telhados e tetos absorvem uma parte do calor e o transferem para o interior do edifício, enquanto a outra parte é irradiada de volta para a atmosfera. E o resultado dessas temperaturas elevadas? Aumento do gasto com energia com ar-condicionado e ventiladores, dos níveis de poluição do ar e da incidência de doenças relacionadas com o calor.

A pintura dos telhados e tetos de branco, cores claras ou frias, possibilita a diminuição as ilhas de calor e do acúmulo de gases poluentes e de efeito estufa, gera mais conforto no interior de edifícios e casas, e diminui o consumo de eletricidade. É indicado que os tetos e telhados planos sejam pintados de branco e os inclinados de cores frias, permitindo, respectivamente, uma compensação de 10t e 5t de CO2 a cada 100m2.

Para ficar ainda mais nítido como essa mudança de cor teria um impacto grandioso para todo o planeta, o site da ONG afirma que, se somente os tetos tivessem suas cores escuras substituídas, seria possível conseguir uma compensação de 24 bilhões de toneladas de CO2. E se em 20 anos todos os tetos forem pintados, o efeito será o mesmo de retirar metade dos carros que rodam em todo o mundo a cada ano deste programa.

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Pesquisar

Últimos posts

Arquivo de postagens

Siga o CRBio-04

Rolar para cima