Em Defesa da Mata Seca Mineira

No dia 1º de julho de 2010, pesquisadores da Rede Colaborativa de Pesquisas Tropi Dry, que trabalham na América Latina com “Florestas Estacionais Deciduais”, conhecidas no norte de Minas como Matas Secas, realizaram o III Workshop sobre Políticas Públicas e Dinâmicas Socioambientais na Mata Seca Norte-mineira: Desafios para a Conservação.

Participaram da discussão membros da academia, ministério público, organizações da sociedade civil e público em geral. Nesse workshop foram demonstrados resultados científicos referentes à biodiversidade da Mata Seca na região, reafirmando a sustentação científica para sua inserção no bioma Mata Atlântica (http://migre.me/YjAo) .

Além disso, foram apresentados estudos sobre as dinâmicas de ocupação e uso do solo, a evolução do desmatamento mapeados por sensoriamento remoto e a regulação jurídica que protege esta formação vegetal no norte de Minas Gerais. Foi apontado também um conjunto de possibilidades de se conservar as matas secas no Norte de Minas com base no uso sustentável dos ambientes e promoção da inclusão sócio-econômica de uma significativa parcela da população. Ações que passam pelo reconhecimento dos territórios quilombolas e das comunidades tradicionais que, historicamente, aí habitam; pela criação de unidades de conservação de uso sustentável associadas com unidades de proteção integral; e/ou com a implantação de projetos de assentamentos agroextrativistas.

Os participantes demonstraram grande preocupação com a pressão política que o governador de Minas Gerais vem sofrendo por parte da classe ruralista da região para aprovar o Projeto de Lei 4.057/09, de autoria do deputado estadual Gil Pereira. Contendo graves ameaças aos remanescentes de Mata Seca, que já foi desmatada em 52% na região, o referido projeto traz também uma série de equívocos legislativos e justificação sem qualquer fundamento científico.

Para tentar impedir que o PL seja sancionado pelo governador do Estado, criou-se um abaixo-assinado online. Para acessa-lo, clique no link:
http://www.abaixoassinado.org/abaixoassinados/6512

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Pesquisar

Últimos posts

Arquivo de postagens

Siga o CRBio-04

Rolar para cima