A decadência de uma espécie

Por Nayara Magry Jesus Melo

A espécie Panthera onça conhecida como onça pintada é um carnívoro que se alimenta de capivaras, serpentes, coelhos, veados, antas e outros mamíferos de pequeno porte. A ocupação da onça pintada primeiramente era desde o sul dos Estados Unidos até o norte da Argentina. Esta espécie possui ampla distribuição original, mas atualmente podemos encontrá-la apenas em regiões com florestas bem preservadas. Pode ser encontrada em reservas florestais e matas cerradas do Brasil.

A onça pintada ou jaguar possui hábitos noturnos, é uma excelente caçadora e é solitária. Mesmo sendo solitárias, buscam a companhia de um par durante a época de acasalamento. A gestação dura em média 100 dias e até quatro filhotes podem ser gerados. Quando vão se reproduzir, as onças demonstram um certo apego, tendo inclusive cooperação na caça. O desmatamento acelerado e a caça são os principais contribuintes para a diminuição de suas populações na maioria dos países da América do Sul e Central.

No Brasil, a onça pintada é listada pelo (IBAMA 2003) como ameaçada de extinção. Globalmente é classificada como “quase ameaçada” (União Internacional para Conservação da Natureza, 2008). Cuja sigla em inglês é IUCN.

Devemos impedir que a onça pintada chegue a extinção, empregando políticas públicas que visam uma mitigação dos impactos antrópicos para esta espécie. Justificar

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Pesquisar

Últimos posts

Arquivo de postagens

Siga o CRBio-04

Rolar para cima