CURSO PRÁTICO DE USO DE GPS PARA COLETA DE DADOS

18 e 19 de abril de 2009

APRESENTAÇÃO
Hoje em dia o GPS é uma ferramenta indispensável e que faz parte do cotidiano de quem trabalha no campo coletando informações. Muitas decisões tomadas em conservação são baseadas na localização de eventos importantes. Onde estão as espécies ameaçadas? Em quais locais há uma alta concentração de biodiversidade? Onde estão as áreas de preservação permanente? Onde a destruição do habitat é mais intensa? São algumas perguntas que esse instrumento nos ajuda a responder. O GPS também é uma fonte importante de informação para o Sistema de Informações Geográficas, servindo para alimentar bancos de dados espacializados que integram dados provenientes de diversas outras fontes.

OBJETIVO
Aprender a usar o GPS para localizar e mapear objetos e eventos em campo.

PÚBLICO-ALVO
Estudantes e profissionais da área ambiental.

CONTEÚDO
– Funcionamento do GPS : Como determinar a nossa localização na superfície da Terra? Qual a precisão da informação que estamos coletando? Quais as fontes de erros que podem interferir na coleta de dados? Como minimizar esses erros na obtenção de informações?
– Noções sobre cartografia: Ao configurarmos o GPS temos que informá-lo sobre quais sistemas estamos usando. Durante o curso serão abordados os principais sistemas usados no Brasil.
– Funções do GPS: Localização, navegação e mapeamento.
– Interface do GPS com o computador: Há diversos programas para visualização, gerenciamento e manipulação dos dados coletados. Durante o curso alguns programas serão usados para fazer a conexão entre o GPS e o computador.

INSTRUTORES
– Humberto Zontini MalheirosBiólogo e mestre em Sistemas Costeiros e Oceânicos pela Universidade Federal do Paraná (UFPR) na linha de pesquisa “Manejo Integrado da Zona Costeira”. Atua no IPÊ desde 2001 e tem concentrado suas ações na conservação dos recursos pesqueiros na região do Parque Nacional do Superagüi (PR) e Ariri (SP) através do Programa Manejo de Pesca e Maricultura do qual é coordenador. É membro do Laboratório de Sistema de Informações Geográficas do IPÊ onde atua como técnico de geoprocessamento em projetos de conservação e gestão de recursos naturais.

– Rafael Ruas MartinsBiólogo, foi membro do Laboratório de Sistemas de Informações Geográficas do IPE. Auxiliou o levantamento e espacialização de serviços ambientais no entorno do reservatório do Atibainha. Foi monitor dos cursos de SIG e Sensoriamento Remoto promovidos anualmente pelo CBBC entre 2005 e 2008. Recentemente compôs a equipe de SIG do Plano de Gestão de uma RPPN no Estado do Pará e a equipe de projeto de conservação da paisagem por meio de ações de reflorestamento. Hoje atua como Analista de Geoprocessamento na área de Tecnologia da Informação, compondo a célula de dados de projetos de suporte a gestão pública.

INSCRIÇÕES
http://www.ipe.org.br/html/cbbc_cadastro.html

INFORMAÇÕES
www.ipe.org.br / cbbc@ipe.org.br
(11) 4597-1327 / 9981-2601

Compartilhar no facebook
Compartilhar no google
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no telegram

Pesquisar

Últimos posts

Arquivo de postagens

Siga o CRBio-04

Rolar para cima