segunda-feira, 4 de abril de 2016

PL tenta reduzir atropelamentos de animais no Brasil


Crédito: IPE INCAB Tatu-Canastra

Segundo estimativas do Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas (CBEE), anualmente são atropelados 475 milhões de animais vertebrados nas estradas do Brasil. Este cenário motivou a apresentação, em 2015, do Projeto de Lei 466/2015, que pretende criar uma política nacional que reduza os atropelamentos de fauna. Segundo o texto, o projeto "dispõe sobre a adoção de medidas que assegurem a circulação segura de animais silvestres no território nacional, com a redução de acidentes envolvendo pessoas e animais nas estradas, rodovias e ferrovias brasileiras".

A proposta é estabelecer a criação de um cadastro nacional de acidentes com animais silvestres e uma fiscalização constante nas áreas de maior incidência desses problemas. Outra medida proposta é a criação de passagens aéreas ou subterrâneas para os animais.

O projeto já foi aprovado em todas as comissões da Câmara e, no fim de março, foi aprovado o requerimento que dá a ele o caráter de urgência. Entretanto, mesmo já tendo sido incluído na pauta do dia em algumas ocasiões, ainda não foi votado.

A Rede Nacional Pró Unidades de Conservação criou um sistema de envio de e-mails para todos os deputados ao mesmo tempo. Basta colocar seu nome e e-mail. Você também pode assinar uma petição online em prol da aprovação do PL 466/2015.

Com informações da Amda
Postar um comentário