quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Oceanos terão mais plástico que peixes em 2050


Crédito: Bo Eide

O aumento da utilização de plásticos em todo o mundo tem sido tão significativo que, em 2050, os oceanos terão mais detritos desse material do que peixes (considerando o peso), segundo estudo divulgado no Fórum Econômico Mundial, que está sendo realizado esta semana em Davos, na Suíça.

O sistema atual de produção, utilização e descarte de plásticos tem efeitos negativos significativos: entre US$ 80 bilhões e US$ 120 bilhões em embalagens plásticas são perdidos anualmente. Nesse ritmo, os oceanos terão mais plásticos do que peixes até 2050.

Segundo o relatório, a proporção entre as toneladas de plástico e as toneladas de peixe registradas nos oceanos era de 1 para 5 em 2014. Em 2025, será de 1 para 3 e em 2050 irá evoluir de 1 para 1.

O estudo faz parte do Projeto MainStream, uma parceria da Fundação Ellen MacArthur e do Fórum Econômico Mundial. A pesquisa completa (em inglês), pode ser consultada aqui: http://goo.gl/HP2etN.
Postar um comentário