sexta-feira, 7 de março de 2014

Programa de Oncobiologia da UFRJ tem oportunidades para pesquisadores



O Programa Interinstitucional de Ensino, Pesquisa e Extensão em Biologia do Câncer (Programa de Oncobiologia) do Instituto de Bioquímica Médica Leopoldo de Meis, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), está com três editais abertos voltados a pesquisadores.

Até 14 de março, pesquisadores filiados a centros de pesquisas interessados na temática da biologia do câncer podem participar do processo de credenciamento e recredenciamento.

Os interessados devem encaminhar projeto para os próximos dois anos na área de oncobiologia, com título, resumo de divulgação científica, introdução, objetivos, experiência na área proposta, metodologia sucinta, resultados esperados, possíveis parcerias com outros grupos, bibliografia e dados da equipe, para o e-mail oncobiologia@gmail.com.

O edital de pesquisa também está com inscrições abertas até 14 de março. Com recursos da Fundação do Câncer, este edital prevê um total de R$ 225 mil em auxílios a 15 grupos pertencentes ao programa, pelo prazo de 12 meses.

Serão financiados 10 auxílios para pesquisadores com mais de 10 anos de doutoramento e cinco auxílios para pesquisadores com até 10 anos de conclusão do doutorado no valor de R$ 15 mil e que pertençam ao Programa de Oncobiologia.

As inscrições para concorrer às bolsas de Pós-Doc Pro-Onco Vivi Nabuco e Pro-Onco Fundação do Câncer seguem até 20 de março. O edital estipula o prazo de um ano para a execução do projeto e o valor de R$ 5 mil por mês para o bolsista selecionado.

Os candidatos devem ter defendido o doutorado no máximo há dois anos e desenvolvido pesquisa na área do câncer. A seleção envolve a apresentação do memorial e do projeto de pesquisa a uma banca formada por especialistas da área.

O Programa de Oncobiologia mantém colaborações com a Universidade de São Paulo (USP), a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), entre outros centros brasileiros e estrangeiros, como a Universidade de Milano, na Itália, e a Universidade de Saint Louis, nos Estados Unidos.

A relação da documentação necessária para participar dos processos e mais informações podem ser conferidas em:
Postar um comentário