quinta-feira, 13 de março de 2014

FAPESP e Fundação Grupo Boticário recebem propostas de pesquisa até o dia 11 de abril



A FAPESP e a Fundação Grupo Boticário de Proteção à Natureza (FGB) recebem, até o dia 11 de abril, as propostas de pesquisa sobre mudanças climáticas, referente a uma chamada realizada no âmbito de um acordo de cooperação firmado pelas duas instituições no final de 2013.

A chamada tem foco em projetos de duas linhas temáticas. A primeira abrange cenários climáticos futuros e seus impactos sobre a biota. A segunda volta-se ao monitoramento de habitats e espécies do Lagamar – região que abrange o Complexo Estuarino-Lagunar de Iguape-Cananéia-Paranaguá, entre o litoral sul do Estado de São Paulo e o litoral norte do Paraná –, incluindo ambientes continentais e marinhos, considerando suas variáveis climáticas.

O aporte financeiro total aos projetos selecionados será de R$ 5 milhões, desembolsados em partes iguais pela FAPESP e pela FGB, ao longo do período de duração das pesquisas, que pode chegar a 48 meses.

As propostas devem ser apresentadas por pesquisadores de instituições de ensino superior e de pesquisa, públicas ou privadas sem fins lucrativos, no Estado de São Paulo, e as pesquisas poderão ser desenvolvidas em parceria com instituições de outros estados do Brasil.

O objetivo dessa chamada de propostas é o aprimoramento de metodologias e tecnologias para enfrentar os desafios em métodos e técnicas de instrumentação científica, com elevado potencial de utilização. A comunicação de resultados para os tomadores de decisão e gestores de unidades de conservação, além da comunidade acadêmica mundial, também é considerada essencial.

As propostas devem ser entregues ou enviadas pelo correio para a FAPESP (Rua Pio XI, 1500, São Paulo) e devem seguir as normas do Programa de Apoio à Pesquisa em Parceria para Inovação Tecnológica (PITE-FAPESP).

Para mais informações sobre a chamada, acesse:
Postar um comentário