sexta-feira, 29 de novembro de 2013

Processo Seletivo FURG (01 vaga para Prof. Parasitologia Médica)


Para suprir a demanda de professor na Faculdade de Medicina (Famed), Campus de Carreiros, a Universidade Federal do Rio Grande (FURG) realiza o Processo Seletivo 045/2013, que oferta uma vaga de professor que deverá ministrar aulas na área de Parasitologia Médica, em jornadas de 40 horas semanais, com salário de R$ 2.714,89.

Os interessados em lecionar na FURG devem realizar sua inscrição até o dia 04 de dezembro de 2013, na Divisão de Protocolo, Campus Carreiros.

O Certame da FURG será composto de: Prova Didática e Análise de Títulos.

Os interessados deverão ficar atento aos prazos e às publicações dos futuros editais.

Para mais informações, clique aqui .

Concurso Público Prefeitura de Icém – SP (01 vaga para Professor)


Estão abertas as inscrições para o concurso público da Prefeitura de Icém (SP0, cuja finalidade é a contratação de servidores para atuar junto a administração local sob a égide do Regime Celetista (CLT).

O cargo Professor II de Ciências Físicas e Biológicas possui 01 vaga em aberto e o vencimento padrão é de R$2.073,12.

Os interessados no concurso devem acessar o site www.jsconcursos.com.br, até 03 de dezembro de 2013.

As provas estão previstas para serem aplicadas no dia 05 de janeiro de 2014.

Para mais informações, clique aqui .

Lista Vermelha ganha novos animais na categoria ameaçados de extinção



A Lista Vermelha dos animais ameaçados de extinção da União Internacional para Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês) aumentou. A organização incluiu animais como o ocapi (Okapia johnstoni), símbolo nacional da República Democrática do Congo, e o frango-d'água-d'asa-branca (Sarothrura ayresi), um dos pássaros mais raros da África na relação de espécies ameaçadas de extinção.

A IUCN informou que houve um sério declínio na população do ocapi. A espécie agora é classificada como ameaçada, um passo antes de ser considerada altamente ameaçada de extinção. A perda de habitat, presença de rebeldes em áreas de floresta do Congo, além de caçadores de elefantes e mineiros ilegais seriam as principais causas de perda de espécimes, conforme reportagem do portal G1.

Segundo atualização da lista, quase 200 espécies de pássaros estão incluídas na categoria criticamente em perigo. O pequeno frango-d'água-d'asa-branca, encontrado em regiões da Etiópia, Zimbábue e África do Sul, foi a mais recente espécie a ser agregada nessa categoria. A destruição de seu habitat, além da conversão de áreas para agricultura que provoca, muitas vezes, um déficit hídrico, prejudicaram essa ave.

A IUCN também divulgou boas notícias no estado de preservação de alguns animais. A tartaruga-de-couro (Dermochelys coriacea), uma das maiores da Terra, saiu da categoria criticamente ameaçada e foi reclassificada para vulnerável.

Duas espécies de albatroz também correm risco menor de extinção devido ao aumento de suas populações. O albatroz-de-sobrancelha (Thalassarche melanophrys) e o albatroz-patinegro (Phoebastria nigripes) passaram de espécies vulneráveis para quase ameaçadas.

Outro animal que também corre menos risco de desaparecer da natureza é a a raposa-das-ilhas (Urocyon littoralis), nativa de seis das oito ilhas do arquipélago da Califórnia.

A Lista Vermelha já conta com 71.576 espécies cadastradas, sendo 21.286 consideradas ameaçadas de extinção.

Fonte: G1

COP 19: países vão elaborar novo acordo para redução da emissão dos gases do efeito estufa



A Conferência da Organização das Nações Unidas (ONU) sobre Mudanças Climáticas (COP 19), realizada em Varsóvia, se estendeu até o último sábado (23). Entre os principais acordos alcançados durante o encontro estão a elaboração de um novo acordo global para redução das emissões de gases do efeito estufa e proteção das florestas.

Os países que participaram do evento decidiram que devem trabalhar até o primeiro trimestre de 2015 para costurar o novo acordo global que obrigará todos os governos a cortar emissões de gases estufa e, com isso, reduzir os impactos das alterações do clima. O texto aprovado em Varsóvia, na Polônia, propõe que os governos preparem "contribuições" sobre o que pretendem fazer para cortar os gases em vez de "compromissos". Essas contribuições serão integradas ao novo acordo global.

A criação do mecanismo chamado loss and damage (perdas e danos) foi aprovada. Na prática, o instrumento diplomático força países ricos a financiar nações que já sofrem com os efeitos da mudança climática. Em um primeiro momento, isso dependerá de outro mecanismo já existente que trata das questões de adaptação, mas, a pedido dos países em desenvolvimento que querem uma estrutura totalmente dedicada a esse tema, o ponto será revisto em três anos.

As delegações aprovaram também, por consenso, o desbloqueio do debate sobre financiamento a longo prazo das medidas contra a mudança climática, proposta apresentada em 2009 na COP 15, em Copenhague. Seu objetivo é criar um fundo de US$ 100 bilhões anuais após 2020, dinheiro proveniente das nações desenvolvidas e destinado a auxiliar países pobres.

No último dia da conferência, os participantes concordaram com normas sobre financiamento de projetos voltados à proteção de florestas em países em desenvolvimento. As regras integram o mecanismo denominado Redd+ (Redução de Emissões por Desmatamento e Degradação). Pelas novas regras, o Fundo Verde para o Clima terá papel fundamental na arrecadação de recursos a governos, que, por sua vez, terão de criar agências nacionais para supervisionar o uso do dinheiro. Os fundos irão para os países quando esses puderem provar que reduziram suas emissões de carbono sem prejudicar comunidades locais ou a biodiversidade.

Conferência de Varsóvia

A conferência foi marcada pela saída voluntária em massa das ONGs presentes e da demissão do então ministro do Meio Ambiente da Polônia, Marcin Korolec, a dois dias do fim da cúpula das Nações Unidas. O próprio governo brasileiro reconheceu que o encontro frustrou possíveis resultados positivos.

O principal objetivo da COP 19 era iniciar o planejamento do novo tratado que vai substituir o Protocolo de Kyoto, criado em 1997 para obrigar nações desenvolvidas a reduzir suas emissões em 5,2%, entre 2008 e 2012, em relação aos níveis de 1990. O tratado terá que ser aprovado na COP 21, que vai acontecer em Paris em 2015. Em função disso, os delegados tentavam colocar no papel ao longo da cúpula polonesa quais seriam os principais temas que o novo acordo englobaria.

Fonte: G1

60% da fauna e flora brasileira ameaçada de extinção está na Mata Atlântica



Pelo menos 60% das espécies de fauna e flora brasileiras ameaçadas de extinção localizam-se na área de abrangência da Mata Atlântica, hoje formada por apenas 20% da sua cobertura original. Cerca de 70% da população brasileira (140 milhões de pessoas), responsáveis por 80% do Produto Interno Bruto (PIB) do país, vivem em áreas urbanas e rurais com fragmentos de cobertura do bioma, que vai do Nordeste ao Sul do Brasil.

Os dados foram apresentados na tarde desta segunda-feira (25), em Brasília, pelo diretor do Departamento de Conservação da Biodiversidade do Ministério do Meio Ambiente (MMA), Carlos Alberto Scaramuzza, durante o Seminário Aprendizagens e Perspectivas para Políticas Públicas de Biodiversidade e Clima para a Mata Atlântica, que encerrou o Projeto Mata Atlântica 2.

Segundo Scaramuzza, a recuperação do bioma permitirá o melhor abastecimento de água para as populações que ocupam esses espaços, além de reduzir os casos de enchentes e de tragédias provocadas pelos deslizamentos de terra durante o período chuvoso.

Recuperação

O secretário de Biodiversidade e Florestas do MMA, Roberto Cavalcanti, ao falar sobre a importância da recuperação da Mata Atlântica, afirmou que restaurar a cobertura vegetal do bioma é essencial e refletirá em todas as áreas de floresta do Brasil. Segundo Cavalcanti, o governo brasileiro conta com a colaboração de entidades alemãs na efetivação do projeto de recuperação da Mata Atlântica, a partir da integração dos resultados da pesquisa científica dos dois países.

De acordo com a representante da Cooperação Alemã para o Desenvolvimento Sustentável (GIZ, sigla em alemão) no Brasil, Ingrid Prem, o governo alemão investe em projetos como o destinado a recuperar a cobertura vegetal da Mata Atlântica. "Brasil e Alemanha têm desafios globais comuns para conservação da biodiversidade e enfrentamento das mudanças climáticas", explicou. Os dois países, segundo Ingrid, têm assumido compromissos nos temas biodiversidade e clima e se juntaram, numa parceira estratégica que já dura 40 anos para enfrentar esses desafios.

O secretário de Extrativismo e Desenvolvimento Rural Sustentável do MMA, Paulo Guilherme Cabral, esclareceu que boa parte dos municípios abrangidos pela Mata Atlântica já está com o Sistema de Cadastro Ambiental Rural (Sicar) implantado. Segundo ele, em dezembro, a ministra Izabella Teixeira deverá assinar uma instrução normativa dando início ao cadastramento ambiental rural em âmbito nacional, permitindo aos produtores rurais receberem o apoio dos órgãos estaduais de meio ambiente e de agricultura.

Fonte: Uol

21º Programa de Verão 2014 da Faculdade de Saúde Pública da USP



A Comissão de Cultura e Extensão Universitária da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (USP) realiza, entre os dias 03 e 14 de fevereiro de 2014, a 21ª edição do seu Programa de Verão.

O programa oferecerá 26 opções de cursos, muitos deles são voltados às áreas de saúde pública e saúde coletiva e direcionados a pesquisadores, docentes, alunos de graduação e pós-graduação e profissionais da saúde.

“Análise de sobrevida”, “Avaliação de sistemas e serviços de saúde” e “Delineamento de estudos epidemiológicos” estão entre as opções disponíveis.

As inscrições podem ser feitas até 13 de dezembro no site do evento.

Mais informações:

Fórum Mundial de Ciência faz recomendações a autoridades e pesquisadores



A sessão de encerramento do 6º Fórum Mundial de Ciência, realizada na tarde de quarta-feira (27/11), no Rio de Janeiro, aprovou uma declaração final com cinco recomendações para autoridades, formuladores de políticas públicas e cientistas.

O documento sugere, em primeiro lugar, a intensificação da cooperação internacional e a coordenação de ações nacionais, principalmente no campo da educação, da infraestrutura de pesquisa e do acesso ao conhecimento, a fim de que a ciência contribua para o desenvolvimento sustentável, tema central da conferência.

A segunda recomendação pede prioridade para a educação, tanto no nível básico quanto no campo da ciência, tecnologia e engenharias, considerando essa estratégia indispensável para reduzir as desigualdades sociais e promover a ciência e a inovação.

A terceira sugere ações no campo da integridade científica, com a adoção de um código de conduta compartilhado por instituições e pesquisadores de todo o mundo em torno dos direitos, liberdades e responsabilidades. Segundo a declaração, os cientistas, tanto no desenvolvimento quanto na comunicação de resultados de seu trabalho, devem guiar-se com "honestidade intelectual, objetividade e imparcialidade, veracidade, justiça e responsabilidade".

A quarta recomendação pede mais diálogo entre governos, sociedade, indústria e meios de comunicação em torno de temas ligados à sustentabilidade. Por último, o documento propõe a criação de mecanismos sustentáveis para o financiamento da ciência, sobretudo nos países em desenvolvimento, exibindo a preocupação com os cortes no orçamento de ciência e tecnologia ocorridos em vários países desde o início da crise financeira internacional. 

A íntegra da declaração está disponível em:

Fonte: Agência FAPESP

quinta-feira, 28 de novembro de 2013

Prêmio Hugo Werneck divulga finalistas


A Comissão Avaliadora do IV Prêmio Hugo Werneck de Sustentabilidade & Amor à Natureza acaba de divulgar a lista de finalistas deste ano. Foram escolhidos 18 projetos, dentre um total de 80 selecionados, que ficaram entre os três melhores nas categorias Educação Ambiental, Mobilização Social, Melhor em TI, Melhor em Água, Melhor em Fauna e Melhor em Flora. Os vencedores serão homenageados no dia 09 de dezembro, às 20h, durante cerimônia presidida pela ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, e pelo governador Antônio Anastasia, no Cine Theatro Brasil - Vallourec.

Este ano o Prêmio Hugo Werneck, que assim como a Revista Ecológico está passando por um processo de nacionalização, recebeu diversas inscrições de outros estados brasileiros. Projetos do Rio de Janeiro, São Paulo, Santa Catarina, Distrito Federal, Paraná, Paraíba, Amazonas e Mato Grosso do Sul concorrem com os mineiros, enriquecendo ainda mais a troca de experiências proporcionada pela iniciativa.

“O objetivo do prêmio, além de homenagear pessoas e incentivar as boas práticas sustentáveis, é movimentar a indústria verde, também chamada de ‘indústria da esperança’, e o mercado sobre sustentabilidade crescente em nosso meio. Se hoje existem campanhas de publicidade, departamentos e empregos na área ambiental, isso se deve as primeiras ONGs ativistas e ambientalistas, como o Dr. Hugo Werneck”, explica Hiram Firmino, jornalista e ambientalista, coordenador do prêmio.

Confira a lista completa de finalistas
MELHOR EM TI
Projeto ENIAC/Instituto Brasileiro de Turismólogos
Projeto Oráculus/TR Soluções
Projeto TI /Verde/AngloGold Ashanti

MELHOR EM ÁGUA
AGB Peixe Vivo
Apolo Heringer, Projeto Manuelzão
Votorantim Metais

MELHOR EM FLORA
Arcelor Mittal/Projetos Matas Ciliares
Projeto Inventário Florestal da UFLA/IEF – Reitor Roberto Scolforo
Projeto Oásis/Grupo Fundação O Boticário de Proteção à Natureza

MELHOR EM FAUNA
Instituto Felinos do Aguaí
Projeto Malha/Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas/UFLA
Projeto Pato Mergulhão/Terra Brasilis

EDUCAÇÃO AMBIENTAL
Eu no Meio/E.E. Raul Teixeira da Costa Sobrinho
ForEA –Forum Regional de Educação Ambiental
Guerreiros da Amazônia

MOBILIZAÇÃO SOCIAL
Barqueata Rio Verde
Expedição Rio Paracatu, Movimento Verde/Tonhão
Projeto Manuelzão, “Deixe o Onça beber Água Limpa”

Os vencedores nas demais Categorias/indicações (MELHORES DESTAQUES MUNICIPAL, ESTADUAL E NACIONAL/ PARCEIRO SUSTENTÁVEL/EMPRESA/EMPRESÁRIO/POLÍTICO E PERSONALIDADE DO ANO) serão anunciados e conhecidos durante a cerimônia.

Saiba mais: 

Encontro Brasileiro sobre Mulheres na Ciência



A busca de respostas para questões referentes à igualdade de gêneros quando o assunto é docência e pesquisa motivou a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e o Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict) a organizar o “Encontro Brasileiro sobre Mulheres na Ciência”, que ocorrerá dia 06 de dezembro.

Estruturado em dois eixos temáticos – a ascensão na carreira e o papel social da mulher cientista –, o encontro se propõe a divulgar a temática e somar esforços para consolidar e fortalecer os estudos de gênero e ciência no país.

Jacqueline Leta, professora da UFRJ, participará da mesa-redonda “Entre a docência e a pesquisa: como docentes-orientadores de Programas de Pós-Graduação assumem as diferentes tarefas da universidade?” e Gilda Olinto, do Ibict, será moderadora dos depoimentos sobre “Mulheres na ciência: conquistas e desafios”.

Para participar, é necessário se inscrever, até 3 de dezembro, pelo e-mail ariane@ibict.br . O evento será na Casa da Ciência/UFRJ, localizada na Rua Lauro Müller, 3, no Rio de Janeiro. 

WWF oferece bolsa de estudos em conservação ambiental



Estão abertas, até 11 de janeiro de 2014 , as inscrições para concorrer à bolsa Prince Bernhard 2014, auxílio oferecido pela Rede WWF, organização não governamental (ONG) dedicada à preservação da natureza.

Voltado a estudantes e profissionais, o benefício tem por objetivo financiar treinamentos de curto prazo ou estudos formais na área de conservação ambiental, que possam ser concluídos em um ano (ou menos) no próprio país do solicitante. Para 2014, os cursos devem ter previsão de conclusão entre 1º de julho de 2014 e 30 de junho de 2015.

A bolsa privilegia candidatos atuantes em conservação ambiental, em especial mulheres e indivíduos que trabalham em ONGs.

O valor máximo concedido para cada bolsa é de 10 mil francos suíços. Esse apoio financeiro deverá ser usado para pagar taxas do curso, custos de viagem e de subsistência durante o período.

Para se candidatar é necessário preencher o formulário (em inglês) e encaminhar, com os documentos solicitados, para o e-mail lep@wwf.org.br .

Mais informações:

quarta-feira, 27 de novembro de 2013

Processo Seletivo UFSJ Sete Lagoas (01 vaga para Professor)


O edital 132/2013 da Universidade Federal de São João Del Rei (UFSJ) abre uma vaga de docente para profissional docente com disposição em lecionar no Campus de Sete Lagoas, mediante recebimento de remuneração no valor de R$ 2.714,89, acrescida de Retribuição por Titulação, para uma carga horária de 40 horas semanais de trabalho, sob regime de dedicação exclusiva.

Os interessados devem possuir ensino superior com Graduação em Ciências Biológicas ou Biologia e Mestrado em Biologia Animal ou áreas afins.

As inscrições estão sendo recebidas presencialmente até o dia 02 de dezembro de 2013, no departamento detentor da vaga, situado na Rodovia MG 424, km 45, Bairro Itapuã, Sete Lagoas – MG, CEP 35.701-970. Os candidatos devem entregar a solicitação descrita no edital, de forma presencial em dias úteis das 9h às 11h e das 14h às 16h30, ou via SEDEX.

Mais informações:

Revista Science destaca risco de extinção da onça-pintada



A edição 342 da Revista Science, datada de 22 de novembro de 2013, traz nota informativa sobre o estudo conduzido por pesquisadores do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) acerca do risco de extinção de onças-pintadas no bioma Mata Atlântica.

A nota, de autoria de Mauro Galetti, do Departamento de Ecologia da Universidade Estadual Paulita, contou com a colaboração do coordenador-geral de Manejo para a Conservação do ICMBio e pesquisador de Zoologia da Universidade de Brasília (UnB), Ugo Vercillo e do coordenador do Centro Nacional de Pesquisa e Conservação de Mamíferos Carnívoros (CENAP/ICMBio), Ronaldo Morato, além dos analistas ambientais Beatriz Beisiegel e Peter Crawshaw.

Segundo pesquisadores, exemplares da espécie estão em declínio no Brasil. A Mata Atlântica que engloba a costa do Brasil e partes da Argentina e Paraguai, poderá se tornar o primeiro bioma tropical a perder o seu maior predador de topo, a onça-pintada (Panthera onca).

Os especialistas já estimam em menos de 250 onças-pintadas adultas vivas em todo o bioma, distribuídas em oito espaços isolados. Análises moleculares feitas na espécie revelam ainda um parâmetro crítico para a manutenção da diversidade genética desses exemplares, ou seja, a população efetiva pode ser menor do que 50 animais.

A onça-pintada acaba sendo alvo de pecuaristas por representar uma ameaça sobre o gado. Mas a espécie desempenha um papel crucial na cadeia trófica, a exemplo do controle de herbívoros tais como capivaras, veados, queixadas e predadores, e em menor número de pumas, jaguatiricas, raposas e guaxinins. A ameaça real de sua extinção irá interromper as interações predador-presa com efeitos imprevisíveis sobre o funcionamento do ecossistema da Mata Atlântica como um todo – que já é altamente fragmentada e sua biodiversidade distribuída em área 12% menor do que a original.

Embora 24% das áreas remanescentes sejam grandes o suficiente para suportar as onças, as populações são encontradas em apenas 7% da floresta. Programas de suplementação de população e reprodução podem trazer uma nova esperança para as onças, mas a caça descontrolada continua difundida e ameaçando a existência desse importante predador de topo.

Para conferir o conteúdo publicado na Science, clique aqui .

Fonte: ICMBio

Registros no cérebro de primatas apoiam nova teoria da evolução



Primatas e seres humanos possuem uma notável capacidade de detectar serpentes mesmo em ambientes com dificuldade de visão. A pesquisa realizada pelos professores do Instituto de Ciências Biológicas (IB) Rafael Souto Maior e Carlos Tomaz, em conjunto com pesquisadores japoneses e americanos, revelou que um determinado grupo de células nervosas no cérebro dos primatas respondia mais rápido na identificação de serpentes. O artigo foi publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences (PNAS), na última segunda-feira (28). A pesquisa contou com o apoio da Asian CORE Program (Japão).

Por meio de sondas inseridas no cérebro dos macacos foi possível detectar que os neurônios localizados no pulvinar – parte do cérebro envolvida na atenção visual – foram mais rápida e fortemente ativados em resposta a estímulos visuais de serpentes, comparado com outros estímulos. “Nós realizamos testes em primatas justamente por eles terem uma estrutura cerebral bastante similar à do ser humano. Sendo assim, podemos supor que nós também temos essa capacidade de detectar serpentes”, explica o professor Tomaz.

Em várias mitologias, a serpente é vista como um ser insidioso, por ser um predador que não corre atrás, mas fica à espreita e depois ataca. “Nós vemos que há esse histórico marcante da serpente na nossa cultura. Ela agrega esse caráter da maldade escondida”, conta o professor Rafael Maior.

De acordo com o professor Carlos Tomaz, a pesquisa pode ter implicações práticas se analisada por outras perspectivas, como no caso da ofidiofobia, o medo de serpentes. “Sabemos que a ofidiofobia é a mais comum entre humanos. Esse estudo pode vir a ajudar no entendimento dos mecanismos neurais dessas fobias”, afirma.

EVOLUÇÃO

Uma das autoras do artigo, a antropóloga Lynne Isbell, da Universidade da Califórnia Davis, desenvolveu a teoria da evolução que diz que nosso sistema visual, ao longo de 60 milhões de anos, evoluiu pela necessidade de detectar serpentes, predadores que geralmente estão escondidos na vegetação; caso contrário, teríamos sido extintos. O artigo publicado pelos professores vem “apoiar” essa teoria. “É a primeira evidência neurocientífica para esta teoria da evolução. Foi um casamento bem sucedido”, afirma Tomaz.

Confira o artigo publicado pelos professores e a repercurssão em veículos internacionais de renome, clicando aqui, aqui e aqui .

Fonte: UnBCiência

SICAM - I Simpósio Interdisciplinar de Ciência Ambiental



O SICAM - I Simpósio Interdisc ocorrerá entre 03 e 06 de dezembro de 2013, na cidade de São Paulo (SP).

No evento serão abordados aspectos conceituais da ciência ambiental no Brasil; questões socioambientais relacionadas a segurança alimentar e ao desenvolvimento dos territórios rurais; as mudanças climáticas, suas consequências na biodiversidade, saúde humana e ferramentas de valoração econômica. 

A apresentação dos trabalhos permitirá um debate sobre as pesquisas em andamento que permeiam os temas discutidos nas mesas e um maior fluxo de idéias entre os pós-graduandos.

Mais informações:

I Encontro de Pesquisadores em Biologia



Data
03 a 06 de Dezembro de 2013

Local
João Pessoa - Paraíba - Auditórios dos Departamentos de Biologia Molecular e Sistemática e Ecologia - Centro de Ciências Exatas e da Natureza

Objetivo
Propor um amplo espaço de debate nas diversas áreas das Ciencias Biológicas. Contamos com a participação de todos

Mais informações

Encontro Internacional sobre Gestão empresarial e Meio Ambiente - Engema



A Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/USP) promove, nos dias 02 e 03 de dezembro, a 15ª edição do Encontro Internacional sobre Gestão empresarial e Meio Ambiente (Engema). 

Com o tema “Ética e Sustentabilidade Socioambiental na empresa inovadora”, o evento reúne pesquisadores, profissionais, empresários e gestores públicos e privados envolvidos em novas abordagens em gestão ambiental nas empresas. 

A programação inclui apresentação de trabalhos, estudos de caso e palestra internacional.

Mais informações:

terça-feira, 26 de novembro de 2013

Concurso Público UFF-RJ (01 vaga para Biólogos)


A Universidade Federal Fluminense (UFF) publicou edital de concurso público destinado ao provimento de vagas em cargos técnico-administrativos em educação, para lotação nas Unidades Acadêmicas e Administrativas da Universidade.

Existe 01 vaga para Biólogos.

A remuneração é de R$3.138,70 mensais.

As inscrições poderão ser realizadas exclusivamente pela internet, no endereço eletrônico http://www.coseac.uff.br/concursos/uff/2013/, das 12 horas do dia 27 de novembro às 12 horas do dia 20 de dezembro de 2013 (horário de Brasília).

As provas serão realizadas no dia 16 de fevereiro de 2014, para todos os cargos/área, na cidade de Niterói (RJ). Caso haja motivos operacionais, as mesmas poderão ser realizadas também nas cidades do Rio de Janeiro-RJ e de São Gonçalo (RJ).

Mais informações:

Processo Seletivo UEL (02 vagas para Professores Colaboradores)


A Universidade Estadual de Londrina (UEL), por meio do seu edital 294/2013, disponibiliza vagas para professores colaboradores de diversas áreas.

Os salários oferecidos podem chegar a até R$5.485,33 (conforme titulação e carga horária semanal de trabalho).

Existem 02 vagas em aberto para as áreas de: Biofísica e Microbiologia/Virologia.

As inscrições estarão sendo recebidas até 29 de novembro de 2013, na secretaria cuja vaga é destinada. Os candidatos deverão apresentar cópia de documento de identificação, requerimento de inscrição, comprovante de pagamento da taxa de inscrição, disponíveis no site www.uel.br/prorh e curriculum vitae devidamente comprovado.

Serão aceitas inscrições enviadas, via Sedex, que sejam recebidas na Divisão de Protocolo da Universidade Estadual de Londrina até o dia 27/11/2013, devendo o candidato enviar, via e-mail: dsdprorh@uel.br, o comprovante de postagem para confirmação com a respectiva área/subárea.

Mais informações:

Congresso ABIPTI 2014 - Seleção de Trabalhos




Interessados em apresentar trabalhos acadêmicos na 8ª edição de um dos principais eventos da Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica e Inovação (ABIPTI), o Congresso ABIPTI 2014, podem enviá-los até o dia 10 de janeiro do próximo ano. Interessados devem preencher o formulário disponível no link http://migre.me/gMemE  .

Pesquisadores, gestores, técnicos e dirigentes, do setor público e privado, atuantes nas entidades e empresas do Sistema Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovação (SNTCI) devem apresentar propostas que abordem o tema central do evento: “Ambiente Inovador no Brasil: Desafios para o Desenvolvimento Socioeconômico”. Além da exposição durante o evento, que será realizado de 06 a 08 de maio de 2014, em Brasília (DF), o melhor trabalho também será premiado com um tablet.

Os trabalhos selecionados serão apresentados durante o Congresso ABIPTI 2014, no dia 07 de maio de 2014, no período da tarde, conforme programação preliminar, reservado o horário das 14h às 18h.

O regulamento completo da chamada de trabalhos está disponível no link http://migre.me/gMehy .

Para saber mais sobre o Congresso ABIPTI 2014 acesse o site www.abipti.org.br/congresso2014 .

Simpósio Brasileiro sobre o Papel Funcional dos Predadores Topo de Cadeia



A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) sedia, nos dias 09 e 10 de dezembro, a primeira edição do Simpósio Brasileiro sobre o Papel Funcional dos Predadores Topo de Cadeia.

Coordenado pelo professor Pedro Manoel Galetti Junior, da UFSCar, o evento tem como objetivo discutir os trabalhos relacionados ao papel funcional dos predadores, abordando aspectos biológicos, ecológicos e genéticos e seus reflexos na estrutura e função dos ambientes onde ocorrem.

A Rede de Predadores Topo da Cadeia Alimentar integra o Sistema Nacional de Pesquisa em Biodiversidade (Sisbiota), rede nacional criada para aumentar o conhecimento sobre a biodiversidade brasileira.

Os interessados em submeter resumos devem preencher o formulário disponível no site e enviá-lo, até dia 30 de novembro, para o e-mail simposiosisbiota@gmail.com . As inscrições respeitam a mesma data-limite informada.

Mais informações:

segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Concurso Público UEM (01 vaga para Agente Universitário Biólogo)


Foram prorrogadas até o dia 06 de dezembro as inscrições para o concurso público que vai contratar agentes universitários de nível superior em diversas áreas na Universidade Estadual de Maringá (UEM). 

Inicialmente, o período para se inscrever terminaria no dia 20 de outubro, mas foi alterado em razão da inclusão da previsão de reserva de vaga para portadores de necessidades especiais e afrodescendente.

As provas foram remarcadas para o dia 26 de janeiro de 2014.

Existe 01 vaga para Biólogo. O vencimento base é de R$2.674,04.

O concurso também é formado por avaliação de títulos e currículo; além de prova prática.

Informações e inscrições: 

Concurso Público SES – RS (21 vagas para Biólogos)


A Secretaria Estadual de Saúde do Rio Grande do Sul (SES–RS) prorrogou até hoje, dia 25, as inscrições para seu concucrso público.

São 21 vagas disponíveis para Biólogos. O vencimento básico é de R$3.117,07 e 30 horas de jornada de trabalho semanais.

As vagas encontram-se distribuídas em Porto Alegre, Viamão (Hospital Colônia Itapuã) ou nas Coordenadorias Regionais de Saúde. 

A aplicação da prova objetiva está prevista para o dia 26 de janeiro de 2014.

As inscrições devem ser feitas até hoje pelo site www.fundatec.org.br .

Mais informações:

Artigo estuda como livros didáticos tratam a biodiversidade




O artigo ‘Como os livros didáticos de biologia abordam as diferentes formas de estimar a biodiversidade?’, de Cláudio Benício Cardoso-Silva, do Centro de Biologia Molecular e Engenharia Genética, da Universidade Estadual de Campinas, e Antonio Carlos de Oliveira, do Departamento de Ciências Naturais, Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia, Câmpus de Vitória da Conquista, BA, foi publicado pela Revista Ciência e Educação da Faculdade de Ciências da Unesp, Câmpus de Bauru.

Para os autores, o rápido avanço das pesquisas científicas tem possibilitado que novos conhecimentos sejam assimilados, e que antigas teorias e hipóteses reformuladas. Apontam que é inquestionável a importância dos livros didáticos enquanto objeto pedagógico na formação do cidadão. Por conta disso, torna-se imprescindível que estes sejam constantemente reavaliados, no que tange a seu conteúdo.

No presente estudo, foram avaliadas as diferentes formas pelas quais os livros didáticos de Biologia abordam o tema biodiversidade. Para realizar esta pesquisa, foram utilizados livros didáticos, os quais fazem parte do catálogo do Programa Nacional do Livro do Ensino Médio (PNLEM).

Os autores observaram que alguns tópicos relacionados ao estudo da biodiversidade são apresentados de maneira superficial e, por vezes, equivocada. Também ficou evidente que os livros didáticos analisados neste estudo tratam de um mesmo assunto com abordagem e profundidade diferentes. Isto sugere que adoção de um único livro didático nas escolas pode comprometer o processo de aprendizado do aluno.

O artigo completo pode ser acessado no link:

Bolsas Funbio e MMA - Biodiversidade para Nutrição e Alimentação



O Projeto Biodiversidade para Nutrição e Alimentação convida instituições de ensino e institutos de pesquisa a apresentarem pré-projetos de pesquisa relacionados à espécies vegetais nativas do Brasil, listadas na Iniciativa “Plantas para o Futuro” e no Plano Nacional de Promoção das Cadeias de Produtos da Sociobiodiversidade (PNPSB).

O Projeto visa estabelecer cooperação com instituições de ensino e institutos de pesquisa para a compilação de dados de composição nutricional de espécies vegetais listadas na Iniciativa. Os recursos financeiros serão repassados diretamente pelo FUNBIO aos bolsistas, por meio da celebração de Contratos de Concessão de Bolsas de estudos e pesquisas.

As propostas deverão ser enviadas em nome de um Pesquisador Responsável, na forma de pré-projeto, de acordo com roteiro do formulário no documento anexo, a quem caberá a indicação da equipe de bolsistas que serão contemplados pela presente Chamada.

O envio de propostas pode ser efetuado até o dia 21 de fevereiro de 2014 através do e-mail nutricao@funbio.org.br . O prazo para apreciação da proposta e emissão de parecer será de 15 dias.

Mais informações:

Sobre o Projeto BFN

O Projeto é coordenado internacionalmente pela Bioversity International, em colaboração com parceiros internacionais e nacionais (Brasil, Quênia, Sri Lanka and Turquia) e financiado pelo GEF (Global Environmental Facility). O Projeto conta com a participação do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente – PNUMA e da Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura – FAO, como agências implementadoras.

No Brasil, o Projeto é coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) e tem como executor financeiro o Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio). O Projeto visa fortalecer a conservação e o manejo sustentável da agrobiodiversidade por meio de ações transversais que englobem programas e estratégias nacionais e globais voltadas à segurança alimentar e nutricional.

Processo Seletivo FUB (01 vaga para Professor Visitante)


A  Universidade de Brasília (UnB) está promovendo o Edital 481/2013 destinado a processo seletivo para contratar professor visitante na área de Fisiologia Vegetal.


O requisito básico é o o candidato ter doutorado por no mínimo dois anos nas áreas que abrangem a área de conhecimento.

A remuneração é de R$ 5.082,34.

O período de inscrição vai até o dia 29 de novembro de 2013, na Secretaria das Unidades de Lotação (Campus Universitário Darcy Ribeiro, Asa Norte, Brasília – DF). O horário de atendimento segue das 8h30 às 11h30 e das 14h30 às 17h30.

Para mais informações, clique aqui

Pós em Toxinologia do Instituto Butantan




O Instituto Butantan está com inscrições abertas, até o dia 29 de novembro, para o mestrado acadêmico e o doutorado direto em Toxicologia.

Direcionado aos profissionais das áreas de Ciências Biológicas, Biomédicas, Química e afins, o curso abrange estudos sobre venenos e toxinas de origem animal, vegetal e microbiana, incluindo o desenvolvimento de fármacos e da biologia dos animais peçonhentos ou venenosos.

O programa engloba estudos nas áreas de ecologia, fisiologia, morfologia, bioquímica, biofísica, farmacologia, imunologia e biologia celular e molecular. As linhas de pesquisas envolvem os temas: Toxinologia estrutural; Envenenamento e terapêutica; Toxinas e sistemas biológicos e Bioprospecção e desenvolvimento.

O processo seletivo é composto por prova escrita, entrevista sobre o currículo e o domínio do projeto e análise de currículo. Somente os candidatos que alcançarem nota mínima 5,0 na prova escrita serão convocados para a entrevista.

Além da documentação necessária, currículo e projeto de pesquisa a ser desenvolvido, o candidato deverá apresentar, no momento da inscrição, o comprovante de proficiência em língua inglesa para garantir seu interesse no programa de pós.

As inscrições são recebidas na secretaria da pós-graduação do Instituto Butantan, que fica na Avenida Vital Brasil, 1500, em São Paulo.

Mais informações: 

sexta-feira, 22 de novembro de 2013

Nova espécie de dinossauro é descoberta nos Estados Unidos



Pesquisadores da Universidade da Carolina do Norte publicaram na sexta-feira passada estudo em que descrevem uma nova espécie de dinossauro carnívoro que conviveu com os tiranossauros há 98 milhões de anos. Segundo a pesquisa, trata-se de um dos três maiores dinossauros da América do Norte.

O dinossauro descoberto foi nomeado Siats meekerorum . Considerado o “predador ápice” de seu tempo, ele pertence aos Carcarodontossauros, um grupo de carnívoros gigantes que inclui os maiores dinossauros predadores já descobertos, como os Acrocanthossauros, que percorriam a América do Norte 10 milhões de anos antes e foram descobertos em 1950.

O esqueleto parcial do Siats meekerorum foi encontrado pelo paleontóloga Lindsay Zanno e seu colega Peter Makovicky, do Museu de História Natural de Chicago, nas Montanhas Rochosas de Utah, em 2008.

Os ossos encontrados pertenciam a um indivíduo jovem que tinha mais de 9 metros de comprimento e pesava pelo menos 4 toneladas, diz o estudo.

Os pesquisadores estimam que um Siats adulto deveria ter o tamanho de um Acrocanthossaurus, o que faz com que as duas espécies disputassem o posto de segundo maior dinossauro predador, atrás apenas do Tyranossaurus rex .

O Siats pertence ao subgrupo dos Neovenatoridae, que inclui outros de corpo menor e já foram encontrados na Europa, América do Sul, China, Japão e Austrália. É a primeira vez que eles são descobertos na América do Norte. 

Os Siats viveram onde hoje é o estado de Utah durante o período Cretáceo Superior (de 100 milhões de anos a 66 milhões de anos atrás). Até então não se sabia quem eram os maiores carnívoros na América do Norte neste período.

A pesquisa conclui que os Siats teriam impedido os tiranossauros, que inicialmente eram menores, de tomar seu lugar no topo da cadeia alimentar, o que aconteceu apenas depois que os Carcarodontossauros desapareceram. Somente a partir daí é que os tiranossauros teriam evoluído e aumentado de tamanho a ponto de se tornarem os maiores gigantes predadores.

A descoberta preenche a lacuna de mais de 30 milhões de anos nos registros de fósseis, durante o período em que o papel de maior predador passou dos Carcarodontossauros, no Cretáceo Inferior, para os tiranossauros no Cretáceo Superior. O habitat incluía vegetação e água abundante que permitiam a convivência de dinossauros herbívoros, tartarugas, crocodilos e peixes gigantes.

Os pesquisadores afirmam que descobriram mais duas novas espécies de dinossauros que habitavam a região na mesma época, mas elas ainda têm que ser descritas pela equipe.

Fonte: G1

Mais uma conquista pra os Biólogos



O Conselho Regional de Biologia 2ª Região RJ/ES, junto com os conselhos regionais de Enfermagem (Coren RJ), Fonoaudiologia (Crefono1) e Química (CRQ3), tiveram êxito na ação civil contra a Vigilância Sanitária do Município do Rio de Janeiro.

A sentença favorece os profissionais vinculados a esses conselhos que atuam como responsáveis técnicos em empresas que comercializam produtos correlatos.

Outro item julgado favorável aos profissionais dos conselhos envolvidos foi o de que a Vigilância Sanitária não poderá mais exigir certidão de responsabilidade técnica expedida apenas pelo Conselho Regional de Farmácia visando à concessão de alvará de funcionamento para as empresas que comercializam tais produtos. Desde 2010, o órgão indeferia pedidos que não fossem solicitados pelos farmacêuticos.

Fonte: CRBio-02

I Seminário de Manejo Estratégico de Pragas Exóticas - O caso da Helicoverpa armigera



Objetivos
O evento tem como objetivo fomentar debates e treinamento sobre questões de ameaças fitossanitárias, barreiras, etc, bem como foco especifico do novo problema enfrentado por grande parte dos cultivos brasileiros, a lagarta Helicoverpa armigera, recentemente confirmada no Brasil, causando vultuosos prejuízos à agricultura

Local
Auditório da Cana-de-açucar – Rod. Antonio Duarte Nogueira, Km 321, Ribeirão Preto – SP. Recinto Agrishow

Data
27/11/2013 – Quarta feira

Tema das Palestras
- O caso da Helicoverpa armigera, recentemente constatada;
- Identificação e diversidade de H. armigera no Brasil;
- Inimigos naturais (parasitóides) como estratégia de manejo de H. armigera;
- Manejo Integrado de Pragas como estratégia de manejo de H. armigera;
- Emprego de defensivos agrícolas no manejo estratégico de H. armigera;
- Registro emergencial de agrotóxicos, caso das pragas exóticas e "nom crops";
- Manejo da resistência de pragas à agrotóxicos;
- Controle biológico, inserção no manejo estratégico de H. armigera;
- Tecnologias IAC para evitar importação de pragas exóticas;
- Emprego de outras tecnologias visando pragas exóticas.

Mais informações

Mestrado em Zoologia de Vertebrados



A PUC Minas está até o dia 29 de novembro para o Mestrado Acadêmico em Zoologia de Vertebrados.

O curso será ministrado no campus de Belo Horizonte, bairro Coração Eucarístico, situado na cidade de Belo Horizonte.

A área de concentração é “Zoologia de Vertebrados de Ambientes Impactados” e as linhas de pesquisa do Programa são: Zoomorfologia de Grupos Neotropicais; Conservação e Comportamento.

Mais informações:

Universidades britânicas mataram 1,3 milhão de animais em pesquisas em um ano



Um levantamento feito por estudantes através da Lei de Informação do Reino Unido descobriu que as universidades do país mataram 1,3 milhão de animais no período de um ano para a realização de pesquisas médicas e veterinárias, segundo informações do jornal Daily Mail.

De acordo com a publicação, dentre os animais mortos por universidades britânicas e institutos de pesquisa estavam 978.259 ratos, 124 macacos, 10 cachorros e seis emas. A Universidade de Edinburgo aparece no topo desta lista, com 226.341 animais mortos, seguida pela Oxford e Cambridge.

Cerca de 226 mil peixes, 50 mil sapos e 4.250 pássaros foram mortos em aulas de dissecação - comparado a 40.248 animais mortos para pesquisas do Instituto do Câncer anualmente.

A solicitação dos dados foi encaminhada a 132 universidades e institutos de pesquisa, mas somente 44 responderam. As informações são referentes ao período entre julho de 2012 e julho de 2013.

A notícia provocou indignação entre entidades de proteção dos animais, incluindo o grupo Peta que afirmou que a pesquisa que maltrata animais é desnecessária. "O desenvolvimento de métodos que não prejudicam animais e podem prever o que acontece em seres humanos se utiliza de uma tecnologia de ponta excelente, progressiva e efetiva. A menos que queiram ser deixados para trás pela ciência, essas universidades precisam adotar as soluções tecnológicas atuais."

Mas uma associação britânica de pesquisas médicas rebateu as críticas de que as pesquisas realizadas com animais não sejam fundamentais. "Nossos pesquisadores usam animais somente quando estão convencidos de que não há uma outra alternativa viável (...) que o benefício vindo desses projetos compensam o impacto que o experimento em animais causa e que todos os animais em laboratórios sejam tratados da forma mais respeitosa e humana possível", disse Sharmila Nebhrajani, diretora da Association of Medical Research Charities.

Recentemente, no Brasil, o uso de animais em testes e laboratórios foi tema central de polêmicas depois que ativistas de direitos dos animais resgataram cães do laboratório Instituto Royal, em São Roque, interior de São Paulo.

Fonte: Último Segundo

Terça Ambiental de novembro abordará gestão ambiental do Espírito Santo



O convidado da última Terça Ambiental da AMDA (www.amda.org.br) deste ano é Wellington Costa Freitas, subsecretário de Estado para Assuntos Administrativos e Financeiros da Secretaria de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos do Espírito Santo. 

O tema da palestra será Gestão Ambiental no Estado do Espírito Santo.

O evento será realizado na última terça-feira de novembro, dia 26, às 19h, na rua Guajajaras, 40, 16º andar, Centro de Belo Horizonte, em Minas Gerais. 

As inscrições devem ser feitas pelo link http://migre.me/gJelm

quinta-feira, 21 de novembro de 2013

'Mão-pelada' surge em obra e biólogo fotografa cena rara em Piracicaba, SP



Um animal silvestre conhecido como 'mão-pelada' ou guaxinim (Procyon cancrivorus) apareceu em uma construção em Piracicaba (SP), segundo o Bólogo Sergio Ferraz de Mello. A cena é inusitada pois, segundo a veterinária Daniela Desgualdo Pires Osório Bueno, ele não é um bicho que surge com frequência na casa das pessoas.

De acordo com Mello, o animal apareceu em meio a uma obra na Rua Águas de São Pedro, no bairro Perdizes. "Fui acionado pelo pedreiro da obra residencial, pois ele disse que havia um animal estranho. Chegando lá, vi que o bicho estava estressado pois não estava em seu habitat natural", afirmou. Ele contou que ligou para órgãos responsáveis, que os orientaram a não mexer com o guaxinim.

"Eles pediram para a gente deixar que, provavelmente no período da noite, o animal voltaria para seu habitat. E isso realmente ocorreu com tranquilidade", afirmou Mello. O bicho é um mamífero carnívoro e vive em países como Brasil, Argentina, Bolívia, Colômbia, Costa Rica etc.

O "mão-pelada" ou guaxinim, segundo informações da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN, sigla em inglês), está diminuindo e faz parte da lista vermelha catalogada de animais ameaçados da organização, mas compõe a categoria onde há menor preocupação.

Fonte: G1

Artigo discute único primata produtor de veneno do mundo




O Journal of Venomous Animals and Toxins including Tropical Diseases (JVATiTD) do CEVAP - Centro de Estudos de Venenos e Animais Peçonhentos da Unesp, publicou artigo de revisão, cuja principal autora é a inglesa Anna Nekaris, da Oxford Brookes University, que estuda a bioquímica do veneno do primata conhecido como slow loris.

O slow loris (Nycticebus spp.) é o único primata venenoso do mundo e uma das sete espécies de mamíferos venenosos conhecidas.

A partir de uma postura defensiva, com os braços levantados, ele pode produzir um veneno potente, combinando o fluido de sua glândula braquial com saliva. A mistura tóxica é aplicada à parte superior da cabeça para afastar os invasores ou mantida na boca para administrar uma mordida afiada e dolorosa. O veneno causa anafilaxia e até mesmo a morte em pequenos animais e nos seres humanos.

Apesar de o folclore no Sudeste da Ásia, habitat do animal, há muito tempo atribuir propriedades mágicas mortais, inclusive com vínculos com a magia negra, aos slow loris e a seu sangue ou veneno, os primeiros relatórios científicos de seu veneno só surgiram em meados da década de 1990.

O slow loris, pelo que se sabe, é o único primata produtor de veneno no mundo e está ameaçado de extinção pela captura ilegal. A autora tem estudado esses animais há 20 anos e descobriu algumas espécies novas de loris.

Há um post da BioMed Central sobre o artigo em :

Ele também está compartihado também em:

O artigo completo está disponível em: 

Fonte: UNESP

Concurso UTFPR Santa Helena (02 vagas para Professor)


O edital 61/2013 para concurso público da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), oferece o preenchimento de vagas de Professor Adjunto, no Campus de Santa Helena.

Os docentes deverão ter doutorado. Há vagas para as áreas de:

- Biologia/ Botânica/ Fisiologia/ Morfologia;

- Biologia/ Microbiologia/ Imunologia/ Genética.

A atuação destes profissionais se dará mediante recebimento de vencimentos no valor de R$ 8.049,77 mensais, em jornadas de 40 horas de dedicação exclusiva.

O recebimento das inscrições se dará até o dia 15 de dezembro de 2013, através do endereço eletrônico www.utfpr.edu.br .

Para mais informações, clique aqui

Fórum Mundial de Ciências 2013




Um dos eventos internacionais mais importantes relacionado à ciência, tecnologia e inovação ocorrerá no Rio de janeiro entre 24 e 27 de novembro. Trata-se do Fórum Mundial de Ciências 2013 (WSF, sigla em inglês), que pela primeira vez será realizado fora de seu país sede, a Hungria.

Com o tema "Ciência para o Desenvolvimento Sustentável Global", o fórum terá a presença de mais de 600 líderes mundiais de 120 países e buscará discutir as maneiras de constituir sociedades mais inclusivas e sustentáveis.

A presidente Dilma Rousseff, o presidente da Academia Húngara de Ciências, József Pálinkás, e o presidente da Academia Brasileira de Ciências (ABC), Jacob Palis, deverão comparecer à cerimônia de abertura do evento.

O uso da ciência para lidar com os recursos naturais, a plantação sustentável de florestas e a integridade científica são alguns dos temas dos debates programados. Helena Nader, presidente da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), coordenará a sessão de discussões sobre “Os desafios da medicina na velhice”.

O evento é exclusivo para convidados, mas haverá transmissão ao vivo pelo site :

quarta-feira, 20 de novembro de 2013

Curso de Especialização em Planejamento e Gerenciamento de Recursos Hídricos



O curso de Especialização em Planejamento e Gerenciamento de Recursos Hídricos (CEPG-RH) da Escola de Engenharia Civil, da UFG, está com as inscrições abertas.

As aulas acontecerão na cidade de Goiânia (GO), no período de 17 de março de 2014 a 16 de setembro de 2015, às segundas e terças-feiras das 19h às 22h e quartas-feiras das 19h as 21h30.

O curso é voltado para profissionais que atuam ou que desejam atuar em instituições de planejamento e gestão de recursos hídricos, companhias de saneamento, agências de regulação, secretarias estaduais e municipais de meio ambiente, como membros de comitês de bacias hidrográficas, representantes públicos municipais, estaduais e federais, representantes de empresas privadas, companhias de energia elétrica e do setor de transporte aquaviário.

As inscrições deverão ser feitas até o dia 03 de dezembro.

Mais informações:

Workshop Genômica, análise de transcriptomas e epigenômica: Princípios e aplicações



O Workshop Genômica, análise de transcriptomas e epigenômica: Princípios e aplicações será realizado nos dias 05 e 06 de dezembro de 2013, no campus da Unifal, em Alfenas (MG).

A programação do evento constitui-se de palestras dadas por importantes pesquisadores da área.

As inscrições deverão ser feitas até o dia 02 de dezembro.

Mais informações:

Curso de Especialização em Gerenciamento Ambiental



PERÍODO E HORÁRIO
21/03/14 a 21/03/16, com aulas em finais de semanas alternados, na sexta-feira das 19h00 às 22h30 e no sábado das 8h00 ás 12h00 e das 13h30 às 17h30

DIAS DAS AULAS
O calendário completo será entregue na primeira aula.

LOCAL
Anfiteatro do Departamento de Ciência do Solo, da ESALQ/USP, na Av.Pádua Dias, 11, em Piracicaba, SP (próximo ao bondinho)

PROMOÇÃO
Departamento de Ciência do Solo / ESALQ (USP)

OBJETIVO
Contribuir com a formação de profissionais de diferentes contextos para a área ambiental, por meio de subsídios teóricos e práticos, fundamentais para o exercício consciente, sério e ético no âmbito do gerenciamento ambiental para o planejamento, implementação e organização de processos de gestão realizados em instituições públicas e privadas.

MAIS INFORMAÇÕES
www.fealq.org.br (link Especializações)

Cursos Acquasolution 2014



A Acquasolution (www.acquasolution.com) está com as inscrições abertas para os cursos de 2014.

O objetivo dos treinamentos é de levar conhecimento, informação e aperfeiçoamento a todos que atuam no setor de tratamento de água e efluentes.

As aulas acontecerão sempre em São José dos Campos (SP).

Mais informações:
http://www.acquasolution.com/Calendario2014Web.pdf

terça-feira, 19 de novembro de 2013

Biopirataria: Ibama flagra coreanos com material biológico em Mato Grosso



O Ibama flagrou quatro coreanos no dia 11 de novembro, por prática de biopirataria. A operação começou no dia 04 de novembro, quando técnicos do Ibama em parceria com a Funai e apoio da Força Nacional foram para o Município de Canarana no Mato Grosso, para apurar a denúncia que pessoas estavam coletando material genético da Terra Indígena Parque Nacional do Xingu.

Após semanas de investigação, a equipe do Ibama flagrou o grupo quando retornavam da Terra Indígena após coletarem amostras de material vegetal e filmagens de formas de coleta e uso de ervas medicinais dos indígenas Kamaiura, Waurá e Ikpeng. Após o flagrante eles foram levados para a Delegacia Regional da Polícia Federal de Barra do Garça (MT).

Um dos infratores possui uma empresa nos Estados Unidos, a qual revende amostras biológicas para indústrias farmacêuticas e de cosméticos. Além disso, conforme informações obtidas ao longo da investigação, não seria a primeira visita do sul-coreano ao país, tendo realizado atividades semelhantes em outras oportunidades, inclusive com o conhecimento de que estava desrespeitando as normas nacionais.

Os estrangeiros foram enquadrados pelo Ibama pela tentativa de remessa de patrimônio genético ao exterior e devem responder criminalmente pelo transporte de produtos florestais sem licença do órgão ambiental. O acesso ao conhecimento tradicional associado dos indígenas está sendo investigado. As irregularidades nos passaportes e vistos, podem resultar na sua expulsão do país.

Fonte: Ibama

Fotografado no Vietnã "unicórnio" ameaçado de extinção



No último dia 12, o escritório do WWF no Vietnã divulgou a imagem de um saola (Pseudoryx nghetinhensis), um mamífero raríssimo criticamente ameaçado de extinção. Esta é a primeira vez em uma década que o animal, parecido com um antílope que têm dois chifres pontudos paralelos – apesar do apelido de “unicórnio”, é fotografado. 

A fotografia do saola foi feita em um filme em setembro pelo WWF nas montanhas Annamite, no centro do Vietnã.

"Quando nossa equipe viu as fotos pela primeira vez, não podíamos acreditar. O saola é o santo graal dos ambientalistas no sudeste da Ásia", disse Van Ngoc Tinh, diretor do WWF no Vietnã.

Estima-se que apenas uma dúzia de saolas sobrevivem em estado selvagem.

Os chifres do saola, que foi identificado pela primeira vez em 1992, podem medir até 50 centímetros.

O animal recebeu o apelido de "unicórnio asiático" por ser extremamente elusivo. O WWF capturou a imagem com uma câmera que é ativada quando detecta movimento.

Em agosto de 2010, agricultores do país vizinho, Laos, supostamente capturaram um desses animais que morreu dias depois, de acordo com outra organização internacional de conservação da natureza.

Segundo as autoridades do Departamento de Proteção Florestal do Vietnã, o aparecimento do saola é considerado um momento histórico e mostra que os esforços para preservar seus habitats locais têm sido eficazes.

Na área onde o saola foi avistado, o WWF coordena um programa que recruta guardas florestais da comunidade local para impedir a caça ilegal.

Desde 2011, os guardas florestais removeram 30 mil armadilhas e destruíram mais de 600 acampamentos de caçadores ilegais.

"A confirmação da presença do saola nesta área é um testemunho dos esforços desses guardas florestais. Quando foi encontrado há duas décadas, o saola era "o primeiro grande mamífero novo para a ciência em mais de 50 anos, e uma das espécies mais espetaculares descobertas do século 20", afirmou Tinh.

Fonte: WWF

Bacia Hidrográfica do Ribeirão Arrudas: ocupação do solo, esgotamento sanitário e drenagem



O Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio das Velhas (CBH Rio das Velhas) e o Subcomitê da Bacia Hidrográfica do Ribeirão Arrudas (SCBH Ribeirão Arrudas) convidam para o Seminário:

"Bacia Hidrográfica do Ribeirão Arrudas: ocupação do solo, esgotamento sanitário e drenagem"

Data: 21 de novembro de 2013 (quinta-feira)
Horário: 13h00 às 18h00
Local: Faculdade de Medicina da UFMG (Av. Alfredo Balena, 190 - Santa Efigênia, BH/MG)

INSCRIÇÕES: fernanda.oliveira@cbhvelhas.org.br ou (31) 3409 9692

Seminário Licenciamento Ambiental, a vez do município


A Organização Ponto Terra realiza no dia 28 de novembro o seminário Licenciamento Ambiental, a vez do município. O evento acontece na Faculdade de Engenharia e Arquitetura da FUMEC e reúne um time de especialistas para analisar o processo de revisão das normas legais para o setor, tendo por base a Lei Complementar nº140/2011, que atribui aos municípios o licenciamento ambiental.

Originalmente, a atribuição para licenciamento ambiental é dos estados e, por meio da lei complementar, o poder estadual pode repassar aos municípios a atribuição de licenciamento ambiental até determinado limite para empreendimentos que geram impacto ao meio ambiente. Assim, o objetivo do evento é debater a questão e mostrar aos municípios e à sociedade civil como pode ser feito o licenciamento e seus desdobramentos, por exemplo, a fiscalização.

A programação do evento terá a participação do secretário de Estado de Meio Ambiente de Minas Gerais, Adriano Magalhães, do professor José Cláudio Junqueira Ribeiro, do ex-presidente do Ibama, Curt Trennepohl e do ex-ministro do Meio Ambiente, José Carlos Carvalho, que será homenageado com o Prêmio Ambiental Ponto Terra, em reconhecimento ao trabalho realizado.

Mais informações:

Biólogos participam do Dia Nacional do Doador de Sangue



De 20 a 23 de novembro, em comemoração ao Dia Nacional do Doador de Sangue (25 de novembro), por meio da parceria entre os Hemocentros do país e o Sistema CFBio/CRBios, será realizada a campanha de doação de sangue “Eu defendo a vida! Sou biólogo, sou doador”.

A campanha é focada nos biólogos e também seus parentes, vizinhos e amigos que queiram se engajar nessa grande ação em prol da valorização da vida. Para participar o doador precisa se enquadrar dentro dos pré-requisitos abaixo e dizer na recepção que foi doar para a campanha “Sou Biólogo, sou doador”. 

Informações aos doadores:

- Gozar de boa saúde (avaliação médica no Hemocentro);

- Estar alimentado;

- Não estar em uso de medicamentos;

- Ter entre 16 a 67 anos de idade (16 e 17 anos, mediante consentimento formal do responsável legal);

- Pesar acima de 50 quilos (descontar o vestuário);

- Apresentar documento oficial com foto, em bom estado de conservação e dentro do prazo de validade. Os documentos aceitos são: carteira de identidade, carteira de trabalho, certificado de reservista, carteira nacional de habilitação, passaporte, carteira profissional emitida por classe ou carteira do doador da FHB. Não serão aceitos crachás funcionais e carteiras estudantis;

- Ter dormido pelo menos 06 horas, com qualidade, na noite anterior à doação,

- Não praticar exercícios físicos nas 12 horas anteriores à doação;

- Não ingerir bebida alcoólica nas 12 horas anteriores à doação;

- Não ter se submetido à endoscopia há 6 meses;

- Não ter feito tatuagem, piercing ou maquiagem definitiva há 12 meses;

- Evitar fumar 02 horas antes da doação.

obs. IMPORTANTE DIZER QUE ESTÁ DOANDO PARA A CAMPANHA “SOU BIÓLOGO, SOU DOADOR” NA RECEPÇÃO.