quarta-feira, 13 de novembro de 2013

Governo do Rio e prefeituras firmam acordo para reforçar proteção de reserva biológica



Com o objetivo de reforçar a proteção da Reserva Biológica do Tinguá, na Baixada Fluminense, a Secretaria do Ambiente do Estado do Rio assinou no dia 07 de novembro um protocolo com as prefeituras de seis municípios vizinhos à área de proteção ambiental.

De acordo com o documento, as prefeituras se comprometem a desenvolver ações e projetos voltados para a preservação da região, que  tem 26 mil hectares, e é um das mais importantes unidades de conservação federal. As cidades que assinaram o protocolo são: Duque de Caxias, Japeri, Nova Iguaçu e Queimados, na Baixada Fluminense; Miguel Pereira, no centro-sul do estado, e Petrópolis, na região serrana.

Entre as ações acertadas, estão previstas a readequacão dos limites das unidades de conservação municipais com a reserva biológica, revisão dos planos diretores e iniciativas conjuntas de educação ambiental e de fiscalização.

Segundo o secretário estadual do Ambiente, Carlos Minc, cerca de R$ 4 milhões serão investidos na Reserva do Tinguá e nas regiões próximas. "Todos essas cidades têm faunas com espécies específicas e com uma biodiversidade incrível. Essa iniciativa busca justamente otimizar o trabalho de preservação para combatermos problemas comuns nessa região, como poluição de rios, tráfico de animais e caçadas irregulares", disse.

Ainda de acordo com o secretário, as ações ambientais na região podem gerar emprego e oportunidade de renda para as famílias. "Esse trabalho simultâneo traz consigo uma movimentação nos setores e aquece a economia da região. Tenho certeza que o ecoturismo e a gastronomia podem fazer parte da vida dessas pessoas".

Fonte: Agência Brasil
Postar um comentário