segunda-feira, 1 de abril de 2013

Mulheres cientistas nas Américas



As mulheres desempenham papel cada vez mais importante no mundo das ciências, reduto historicamente masculino. A inclusão feminina confere mais brilho à pesquisa e agrega talento, sensibilidade e inteligência à mais excitante das aventuras humanas, o conhecimento.

Para a grande maioria das mulheres, no entanto, a opção pela ciência como carreira é uma escolha difícil – já que o feminino engendra uma multiplicidade de papéis – e precisa ser incentivada.

Foi com essa intenção que a Rede Interamericana de Academias de Ciências (Ianas, na sigla em inglês) publicou o livro Mulheres Cientistas nas Américas, com depoimentos de 16 pesquisadoras da região a jornalistas especializados na área de ciência. Nas entrevistas elas falam sobre sonhos, carreiras, família e obstáculos que tiveram que superar em sua trajetória científica. O Brasil está representado pela Bióloga Mayana Zatz.

O livro Mulheres Cientistas nas Américas está disponível em:
www.ianas.org/books/WOMEN_SCIENTISTS_IN_THE_AMERICAS.PDF (alta resolução)
www.ianas.org/books/WOMEN_SCIENTISTS_IN_THE_AMERICAS_low_res.pdf (baixa resolução). 
Postar um comentário