segunda-feira, 8 de abril de 2013

Brasil cria plataforma online para unificar dados sobre biodiversidade e ecossistemas do país



O Brasil criará uma plataforma online que contenha todos os dados sobre espécies animais e vegetais e seus ecossistemas. A ferramenta, chamada Sistema de Informação sobre a Biodiversidade Brasileira (SiBBr), incluirá, à medida que ocorrerem, a descoberta de novas espécies de fauna e flora. Informações sobre os biomas que abrangem o território brasileiro, o mundo marinho e as Unidades de Conservação federais também serão contempladas no SiBBr.

O SiBBr é uma iniciativa do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI) que visa integrar informações sobre biodiversidade e ecossistemas brasileiros, atualmente dispersas em bancos de dados de vários órgãos governamentais e outras fontes. O intuito é ter um sistema online com informações de qualidade tanto para servir ao desenvolvimento das pesquisas científicas como para embasar políticas públicas.

Para construção do Sistema, teve início um trabalho de pesquisa para identificar os bancos de dados existentes pelo país, entre coleções biológicas, zoológicas, de microrganismos, herbários e bibliotecas, e quantos estão disponíveis em entidades públicas e particulares. A pesquisa foi encaminhada a mais de 280 instituições, entre universidades, institutos de pesquisa, museus, coleções particulares e outros, somando mais de 400 fontes de informação. Uma primeira contagem dessas coleções será feita no próximo dia 15 de abril.

"Ao levantar informações sobre biodiversidade, será possível ter um ponto de partida unificado para os pesquisadores", disse Denise Hamú, chefe do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (Pnuma), que apoia a plataforma SiBBr. Além do Pnuma, são parceiros a Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP) e o Laboratório Nacional de Computação Científica (LNCC).

Até o momento, tem-se conhecimento de que o Brasil abriga 103.870 espécies animais e outras 43.020 espécies vegetais.

Mais informações:
Postar um comentário