quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Biólogo encontra aranha que cria réplica para afastar predadores



De longe, até parece uma aranha, de tamanho médio, no centro de sua teia. Mas se olhar de perto, o aracnídeo é apenas uma réplica, criada com pedaços de folhas e gravetos. E o mais impressionante: essa réplica foi criada por uma minúscula aranha, de apenas 5 milímetros. Esse pequeno aracnídeo foi encontrado pela primeira vez na Amazônia peruana e, ao que tudo indica, é uma nova espécie de aranha.

Após uma busca de 3 dias pela reserva nacional de Tambopata, no Peru, pesquisadores do Tambopata Research Center encontraram mais de 25 aranhas com esse comportamento. Usando pedaços de folhas e pequenas pedras, elas criam uma réplica delas mesmas, só que de tamanho maior. Colocada no centro da teia, a réplica ajuda a distrair predadores, que atacam a “aranha” errada.

Segundo Phil Torres, um dos biólogos responsáveis pela descoberta, a aranha deve fazer parte do gênero Cyclosa. As Cyclosa já são conhecidas por criar chamarizes para afastar predadores, mas essa é a primeira vez que são encontrados chamarizes com formato tão parecido com os próprios aracnídeos.

Apesar da descoberta, ainda falta um bom caminho para a aranha ser oficialmente reconhecida como uma nova espécie. Primeiro, os pesquisadores precisam recolher exemplares para analisar a anatomia, comparando com outros tipos de aranha – para garantir que se trata mesmo de uma espécie nova, e não uma aranha já conhecida mas com um comportamento diferente. A descrição precisa ser publicada em um revista científica e passar pelo processo de revisão dos pares. Só depois de todo esse processo que a pequena aranha será oficialmente reconhecida como uma nova espécie.

Fonte: Blog do Planeta
Postar um comentário