terça-feira, 30 de outubro de 2012

Concurso Público IBAMA (108 vagas para Analista Ambiental)


Foi publicado edital de concurso público do IBAMA, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis, o qual selecionará pessoal para vagas do cargo de Analista Ambiental.

O requisito para os candidatos é ter diploma, devidamente registrado, de  conclusão de curso de graduação de nível superior, fornecido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação, e registro no órgão de classe específico, quando for o caso.

As vagas para o cargo de Analista Ambiental estão distribuídas por 3 temas: Licenciamento Ambiental; Monitoramento, Regulação, Controle, Fiscalização e Auditoria Ambiental;  Gestão, Proteção e Controle da Qualidade Ambiental.

A remuneração é de R$5.441,24.

O edital 001/2012 apresenta 108 vagas de emprego, as mesmas são para lotação nos estados de Distrito Federal e Rio de Janeiro. 5% das vagas estão reservadas para pessoas com necessidades especiais.

As inscrições deverão ser feitas entre os dias 05 e 26 de novembro de 2012, através do site www.cespe.unb.br .

As provas do concurso estão previamente agendadas para o dia 20 de janeiro de 2013, no turno da tarde, nos estados do Distrito Federal e Rio de Janeiro.

Mais informações:

Nota do CRBio04:

Com relação aos questionamentos sobre o concurso do Instituto Chico Mendes e IBAMA apresentamos as seguintes ponderações:

O Conselho Federal de Biologia desde o primeiro concurso para Analista Ambiental fez gestões junto ao IBAMA e à Casa Civil solicitando que as vagas para analista ambiental fossem direcionadas para os profissionais com maior afinidade e competência para o cargo como os Biólogos, engenheiros agrônomos, florestais, ambientais, químicos, geógrafos etc. Contudo fomos informados que a lei que criou o cargo de Analista Ambiental o relacionou somente a exigência de curso superior completo, como ocorre com a maioria das dos planos de carreira do funcionalismo federal. Para qualquer mudança neste quesito há necessidade de alteração na Lei. E pelo exposto à época não se via vontade política para rever tal exigência, posição ainda vigente.

O CFBio entende que não há como questionar a validade do concurso pois ele não restringe a inscrição dos biólogos. Pelo contrario ao analisarmos o edital do concurso do IBAMA, vemos que asatribuições: "planejamento ambiental, regulação, controle, fiscalização, licenciamento e auditoria ambiental; monitoramento ambiental; gestão, proteção e controle da qualidade ambiental; ordenamento dos recursos florestais, pesqueiros e faunísticos; estímulo e difusão de tecnologias, informação e execução de programas de educação ambiental", quanto a composição dos conteúdos a serem exigidos nas provas de conhecimentos básicos e específicos estão em consonância com a profissão do Biólogo.

Acreditamos que pela formação do Biólogo teríamos mais condições e até mesmo obrigação de conquistar, dentro do processo seletivo o maior número de vagas previstas, uma vez que grande parte do conteúdo é trabalhada em nossos cursos de ciências biológicas. Ressaltamos que foi exatamente isso que aconteceu nas edições anteriores dos concursos promovidos pelo IBAMA para analista ambiental.

Ressaltamos que as ações do IBAMA e Chico Mendes são de caráter multidisciplinar, razão de sua demanda por diferentes perfis profissionais com a visão ambiental abrangente, para numa equipe multidisciplinar abordar os aspectos bióticos, físicos, jurídicos, sociais, econômicos, etc relativos a gestão ambiental.
Postar um comentário