sexta-feira, 20 de julho de 2012

Fóssil de pássaro pré-histórico recebe nome em homenagem a Mandela



Nelson Mandela, que completa 94 anos nesta quarta-feira, 18, receberá um presente inesperado, após biólogos decidirem batizar de "Australopicus nelsonmandelai' o fóssil de um pica-pau mais antigo encontrado até aqui no continente africano, pertencente a uma espécie fóssil desconhecida, revelaram cientistas do Instituto Senckenberg de Frankfurt (Alemanha) e do Instituto de Genômica Funcional de Lyon (França).

"Chamamos a nova espécie de 'Nelson Mandela', como um presente científico no seu aniversário", explicou em um comunicado o ornitólogo do Instituto Senckenberg, Albrecht Manegold.

Os restos do "Australopicus nelsonmandelai" foram extraídos da jazida de Langebaanweg, que contém ossadas de mais de cinco milhões de anos de idade, onde já foram encontradas mais de 60 espécies de pássaros.

Segundo os pesquisadores que publicaram a descoberta na revista Journal of Vertebrate Paleontology, a nova espécie de pica-pau data do Plioceno (há 5,3 a 2,5 milhões de anos).

A espécie está diretamente vinculada às espécies de pica-paus que vivem na Eurásia e América, mas não com as que se encontram na África.

"A nova espécie representa uma quarta linhagem, até agora desconhecida, de pica-paus africanos de origem eurasiana que provavelmente esteve isolada no continente africano após mudanças no meio ambiente", dizem os ornitólogos.

Segundo eles, a presença do "Australopicus nelsonmandelai" na jazida de Langebaanweg sugere que no início do Plioceno provavelmente havia bosques na região.

Fonte: AFP
Postar um comentário