sexta-feira, 22 de junho de 2012

Medidas de proteção à arara-azul beneficiam pássaros do Pantanal



Ao desenvolver soluções para proteger a arara-azul que estava em perigo de extinção no Pantanal sul-mato-grossense, os pesquisadores do Projeto Arara-Azul acabaram beneficiando outras espécies de pássaros da região. A instalação de caixas em árvores altas serviu de ninho tanto para os filhotes de araras-azuis como para os de acuã, uma espécie de gavião.

Atualmente, 17 espécies de aves ocupam ninhos artificiais inicialmente instalados para araras azuis. Quando a ideia começou a ser implantada, os pesquisadores não sabiam se daria certo. Mas os números comprovam que a experiência foi bem-sucedida. Já são 243 ninhos artificiais instalados em Mato Grosso do Sul. Em uma localidade, 24 filhotes já nasceram esse ano nas caixas.

Como as araras-azuis têm uma padrão de comportamento e seguem sempre rotas específicas, os pesquisadores perceberam que faltavam ninhos naturais na região. Eles até descobriram que essa ave adota filhotes de outros casais.

Fonte: G1
Postar um comentário