terça-feira, 10 de abril de 2012

Prêmio Fundação Bunge 2012



Segurança alimentar e nutricional” e “Avaliação educacional” são os temas selecionados para a 57ª edição do Prêmio Fundação Bunge.

No primeiro caso, as pesquisas que poderão ser indicadas para concorrer ao prêmio deverão abordar técnicas e inovações sobre como aumentar a produção de alimentos, equilibrando preservação ambiental e crescimento econômico de comunidades e países.

No tema sobre educação, o enfoque deverá ser em soluções que resultem na melhoria do ensino a partir de indicadores de sistemas de avaliação semelhantes ao Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), ao Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb) e ao Programa Internacional de Avaliação de Alunos (Pisa).

O prêmio é concedido anualmente a brasileiros ou estrangeiros com permanência definitiva no país com destaque nas áreas de ciências, letras ou artes. Os vencedores serão anunciados em julho.

A cada ano, o prêmio é concedido a uma das áreas do conhecimento, em duas categorias: “Vida e Obra”, em reconhecimento à obra consolidada de um especialista, e “Juventude” (até 35 anos de idade), que premia jovens talentos cujos trabalhos representem um novo paradigma para suas áreas.

Os candidatos não são inscritos, mas sim indicados por representantes das principais universidades e entidades culturais e científicas brasileiras. O período para indicações em 2012 ocorre em abril e maio.

Uma comissão técnica, composta por cinco membros em cada área de premiação, sendo um do exterior, seleciona pesquisadores em cada ramo do conhecimento na categoria "Vida e Obra", indicando-os para a decisão do grande júri. No caso dos jovens talentos, a comissão escolhe diretamente os homenageados do ano.

Serão quatro profissionais premiados, dois em cada categoria. Os contemplados em cada categoria recebem R$ 135 mil e R$ 50 mil, respectivamente, além de medalhas de ouro e prata e diplomas.

Mais informações: 
Postar um comentário