quinta-feira, 22 de março de 2012

WSPA promove campanha para proteção dos leões marinhos no Chile


A Sociedade Mundial de Proteção Animal - WSPA (http://www.wspabrasil.org) está em campanha para proteger os leões marinhos. O Chile, que protege os animais, pretende, porém, permitir o abate maciço deles por meio de brechas na legislação

De acordo com a campanha, a intenção do governo chileno é apenas uma reação intempestiva e emocional à atual escassez de peixes em águas chilenas, quando, na verdade, o verdadeiro culpado para este quadro é a pesca predatória exercida no país ao longo de décadas.

A WSPA alega que se o projeto for aprovado, os leões marinhos sofrerão maus tratos ainda piores, como serem capturados e exportados para virarem atração em zoológicos e aquários. Além de correrem risco de morrer, os animais poderão ter órgãos ou membros de seus corpos exportados para a Ásia, a fim de serem utilizadas como medicamentos afrodisíacos.

Ao todo, 9485 pessoas já aderiram à campanha e assinaram uma carta online produzida por um dos milhares de apoiadores desta luta. Confira o texto completo aqui.

Faça parte você também desta luta na proteção dos leões marinhos:

Para assinar a carta online para o presidente do Chile, Sebastián Piñera, clique aqui
Postar um comentário