segunda-feira, 31 de outubro de 2011

Competição premiará quem decifrar genes de centenários


Amostras genéticas de centenários serão a base para uma competição milionária que pretende encorajar a "medicina personalizada", afirmaram na quarta-feira os organizadores do prêmio Archon Genomics X.

Os participantes terão de, no prazo de 30 dias, decifrar o código genético de cem centenários ao custo máximo de US$ 1.000 por indivíduo.

A competição ocorrerá entre janeiro e fevereiro de 2013 e terá como amostras células doadas por centenários de diferentes origens étnicas e de várias partes do mundo.

As regras, divulgadas na revista "Nature Genetics", reeditam uma competição que ocorreu cinco anos atrás. Na época, não houve um vencedor.

Até agora, o prêmio de US$ 10 milhões seria concedido à equipe que conseguisse, até outubro de 2013, decifrar cem genomas humanos --não necessariamente de centenários-- em dez dias ao custo unitário de US$ 10 mil ou menos.

"Nós mudamos a duração da competição de 10 para 30 dias após discussões com os competidores em potencial, que consideraram a estreita margem de tempo uma barreira", explicaram Larry Kedes e Grant Campany, da Fundação X Prize, da Califórnia, parceira na competição.

"Além disso, reduções drásticas nos custos divulgados nos levaram a diminuir a cifra admissível por genoma", acrescentou.

O genoma compreende o DNA, o código da vida, embalada em uma "escada" de dupla hélice, cujos degraus contém quatro bases químicas.

A genética vasculha estes cerca de três bilhões de pares em busca de pequenas falhas vinculadas a doenças. O objetivo é desenvolver uma medicina personalizada, na qual o indivíduo possa ser alertado para o risco de uma doença, tomar medidas para evitá-la ou tomar medicamentos especialmente produzidos para abrandá-la.

O uso de amostras de voluntários centenários visa a revelar mais sobre os segredos de uma vida longa e saudável. Descobrir variedades do DNA que evitam ou reprimem as doenças pode ajudar a identificar novos alvos para medicamentos e mudanças no estilo de vida.

As decodificações vencedoras terão de apresentar altos padrões de qualidade, sem não mais do que um único erro em um milhão de bases.

Após a competição, a amostra genética será "disponibilizada abertamente para a comunidade científica" na esperança de incentivar a pesquisa, afirmaram os organizadores.

Segundo o site do NHGR (Instituto Nacional de Pesquisa do Genoma Humano dos Estados Unidos, na sigla em inglês), o custo do sequenciamento do genoma humano caiu de cerca de US$ 100 milhões em meados de 2001 para cerca de US$ 10 mil dólares em meados de 2011.

Fonte: FRANCE PRESSE

Mestrado Zoologia de Vertebrados PUC-MG


A PUC Minas está, até o dia 30 de novembro, com as inscrições abertas para o Mestrado em Zoologia de Vertebrados.

A área de concentração do Programa é “Zoologia de Vertebrados de Ambientes Impactados”.

O curso será ministrado no campus de Belo Horizonte, bairro Coração Eucarístico.

O início do semestre letivo será em março de 2012.

Mais informações:

Posse Conselheiros - Chapa AFIRMAÇÃO


No dia dia 07 de novembro de 2011 (segunda-feira), às 19h30, o CRBio04 irá realizar a posse dos Conselheiros que cumprirão o mandato de novembro de 2011 a novembro de 2015.

O evento é aberto a todos os Biólogos e acontecerá na sede do Conselho (Avenida Amazonas, 298 - 15º andar, Centro).

Para confirmar presença na posse, envie um e-mail para comunicacao@crbio04.gov.br .

Curso GESTÃO EM QUALIDADE, SAÚDE, MEIO AMBIENTE E SEGURANÇA


Data
21 e 22 de novembro de 2011 (segunda e terça-feira)

Horário
9h às 18h

Local
Conselho Regional de Biologia da 2ª Região - Rua Álvaro Alvin nº 21, 12º Andar (próximo ao metrô Cinelândia)

Apresentação
Fornecer conceitos básicos das variadas etapas do gerenciamento no que tange às questões de Segurança, Meio Ambiente, Saúde do Trabalhador e os aspectos de Qualidade Integrada dos Sistemas de Gestão.

Público-alvo
Profissionais de nível médio, técnico e superior de ensino, concluído ou em curso, interessados em conhecer e se especializar nos conceitos da Gestão da Qualidade, Segurança, Meio Ambiente e Saúde.

Carga horária
20 horas (com certificação)

Informações e Inscrições

Governo modifica regras de licenciamento ambiental


O governo federal publicou na última sexta-feira, dia 28 de outubro, novas regras para o processo de licenciamento ambiental para as áreas de petróleo e gás, rodovias, portos e linhas de transmissão. Entre as mudanças estão o tratamento diferenciado aos projetos de acordo com o potencial de impacto ambiental e critérios mais claros para a definição de obras de alto e baixo impacto no meio ambiente.

Segundo o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Curt Trennepohl, as medidas foram tomadas para garantir maior segurança jurídica na análise dos processos e atender ao dinamismo do crescimento brasileiro. “Estamos trazendo o Ibama para a celeridade necessária sem perder a qualidade nos estudos e licenças”.

As rodovias federais que não têm licença ambiental porque foram implementadas antes da atual legislação ambiental deverão ser regularizadas em um prazo de até 20 anos. O cronograma dará prioridade às estradas de maior tráfego ou as que oferecem mais riscos de acidentes. As obras feitas dentro da faixa de domínio de rodovias que já possuem licença de operação não vão precisar de um novo licenciamento, apenas comunicação ao Ibama.

Em relação à área de petróleo e gás as novas regras, que valem para a exploração em alto-mar (offshore), preveem procedimentos e licenciamentos diferenciados por causa da sensibilidade ambiental (medida pela distância da costa), profundidade e riqueza ambiental. Também vai permitir o licenciamento por polígono, quando ocorrem diversas perfurações em um mesmo local, e o aproveitamento de estudos já feitos sobre as mesmas áreas em licenciamentos futuros.

A regularização dos portos vai permitir o licenciamento de intervenções de rotina, como dragagens de manutenção e aprofundamento de canais. Hoje 35 portos da Companhia Docas federais operam sem licença. Os portos terão 120 dias para aderir ao programa de regularização e 720 dias para concluir os estudos necessários. O Ibama terá mais 120 dias para a análise dos processos de licenciamento. No caso das linhas de transmissão, o licenciamento será definido segundo o grau de impacto na região em que serão implantadas.

Outra mudança estabelecida pelas portarias publicadas hoje está o prazo de 90 dias para que órgãos como a Fundação Nacional do Índio (Funai), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), a Fundação Palmares e o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) se manifestem sobre estudos de impacto ambiental de obras em licenciamento do Ibama. Atualmente, não há prazo definido para que esses órgãos se manifestem.

Para a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira (Biólogo registrada no CRBio04), as mudanças não significam uma flexibilização do licenciamento ambiental, mas sim a unificação das regras. "O que fizemos foi definir novos prazos e ritos para as instituições federais envolvidas no processo de licenciamento ambiental. Com isso estamos dando regras claras, novos prazos, regularizando empreendimentos que não têm licenças ambientais”.

Ela também ressaltou que os estudos ambientais que forem apresentados de maneira insuficiente poderão ser complementados apenas uma vez e, se o órgão ambiental julgá-los insuficientes poderá rejeitar os estudos. “Isso vai fazer com que haja mais celeridade com aqueles empreendimentos que estão em licenciamento ambiental e que cumprem as regras”.

Segundo o Ibama, as demandas por licenças cresceram cerca de 700% nos últimos dez anos e atualmente há 1.829 processos esperando o licenciamento ambiental. Em 2011 foram emitidas 414 licenças ambientais.

Fonte: Agência Brasil

Inovações na vigilância da resistência do HIV


O vírus da Aids coloca um grande desafio: a resistência aos medicamentos disponíveis. Para realizar a vigilância desta resistência, uma rede de Laboratórios atua em diversos pontos do país. Além das estratégias convencionais de genotipagem, utilizadas atualmente para a análise e vigilância dos vírus que circulam no Brasil, novas estratégias, desenvolvidas com tecnologia nacional, estão prestes a ser incorporadas. Para padronizar estas novas metodologias e capacitar profissionais envolvidos na vigilância laboratorial sobre o tema, o Instituto Oswaldo Cruz (IOC/Fiocruz) sediou, de 24 a 28 de outubro, o 2º curso de Capacitação dos Laboratórios em Genotipagem do HIV-1 para a Microrrede para Novos Alvos Terapêuticos, da Rede Nacional de Genotipagem (Renageno), ligada ao departamento de DST, Aids e Hepatites Virais do Ministério da Saúde.

“Pela primeira vez, estamos capacitando profissionais para incorporação na rede pública de métodos de genotipagem que foram desenvolvidos 100% baseados nas pesquisas nacionais. Mesmo que não sejam kits patenteados, são métodos que foram desenvolvidos por pesquisadores brasileiros e que o Ministério, numa iniciativa muito positiva, decidiu incorporar na prática clínica”, ressalta Mariza Morgado, chefe do Laboratório de Aids e Imunologia Molecular do IOC, que sedia o curso. A microrrede de assistência, de acordo com Mariza, vai testar três alvos que não estão na rotina dos pacientes infectados pelo HIV. “O que está na rotina é a genotipagem da Protease e da Transcriptase Reversa. A Microrrede vai ser experimental para três novos alvos: a Integrase, a molécula Gp41, que está associada a inibidores de fusão, e a C2V3”, diz.

Para ela, o Brasil é capaz de produzir métodos próprios sem que haja a necessidade constante de compra de tecnologias no exterior. “Isso vai facilitar o acesso a essas metodologias que comercialmente são bem caras, até porque o número de pacientes que se beneficiam ainda é pequeno. A comunidade científica brasileira vem lutando para beneficiar a população”, diz a pesquisadora.

Estratégia premiada

A Fiocruz foi responsável por desenvolver a metodologia para um dos alvos (os inibidores de integrase), a partir da tese de mestrado em Biologia Parasitária da estudante Caroline Pereira Bittencourt Passaes, defendida em 2007. “Atualmente, nós aplicamos o método para protocolos clínicos e agora vem incorporado na rede. Para nós isso é muito positivo”, comemora a imunologista.

O trabalho de Caroline Passaes rendeu ao IOC, naquele ano, uma menção honrosa no Prêmio de Incentivo em Ciência e Tecnologia para o SUS. O estudo, sob a orientação de Mariza Morgado, promoveu a caracterização da diversidade genética da enzima integrase do HIV-1, essencial para o ciclo de replicação do vírus, com o objetivo de identificar se a região permaneceria como um alvo íntegro para o tratamento, apresentando baixa taxa de mutação. Os resultados descrevem a integrase como uma proteína altamente conservada, que pode por isso ser considerada um alvo terapêutico promissor para o tratamento da AIDS e a produção de vacinas.

Pioneirismo

José Carlos Couto-Fernandez, membro do comitê assessor da Renageno e pesquisador do Laboratório de AIDS e Imunologia Molecular do IOC, disse que a Microrrede, neste primeiro ano, está funcionando como projeto de pesquisa para que sejam avaliados os resultados ao longo de 2011 que será repassado para a Rede Nacional. “As metodologias de genotipagem do HIV ainda não são comercialmente disponíveis. O que nós estamos fazendo, como medida pioneira e inovadora do Ministério da Saúde junto à Fiocruz e aos laboratórios produtores, é lançar estes testes como um produto que possa investigar a resistência adquirida nos pacientes em terapia a um baixo custo e com a perspectiva de uma avaliação nacional. Alguns laboratórios da Renageno foram selecionados para executar as metodologias”, afirma o imunologista que segundo ele, foram utilizados critérios de competência estabelecida para a seleção dos laboratórios envolvidos, levando-se em conta a infraestrutura e o suporte tecnológico.

“À medida em que a Fiocruz participa desde o começo da Renageno, e com a parceria da UFRJ em todo o processo de validação dos testes, temos a oportunidade de ter o conhecimento centralizado e padronizado. Temos a competência e a autoridade no sentido de coordenar esta microrrede utilizando todo o fluxo operacional da rede nacional. A unificação dos métodos de genotipagem do HIV-1 é justamente para se ter uma maior padronização no desenvolvimento dos diferentes métodos”, pontua o coordenador do evento.

A Rede Nacional de Genotipagem do HIV-1 (Renageno) foi estabelecida como política nacional em 1999 e seu funcionamento operacional foi iniciado em 2001. Atualmente, é composta de 23 laboratórios executores e um de resgate. O Laboratório de AIDS e Imunologia Molecular do IOC é um deles.

Implementação

“A Microrrede vai efetivamente ser implantada em breve e será disponibilizada para a população brasileira que necessitar de um método de genotipagem especial. É um projeto importante do ponto de vista terapêutico”, afirma Rosangela Maria Magalhães Ribeiro, assessora técnica da Coordenação de Cuidado e Qualidade de Vida do Departamento de DST, Aids e Hepatites Virais, do Ministério da Saúde. “Terminando este módulo laboratorial, vamos passar para a etapa seguinte, que consistirá na divulgação de uma Nota Técnica a fim de descrever os critérios para solicitação do teste pelos médicos de referência em genotipagem”.

Fonte: Fiocruz

XIV Simpósio de Genética


Promoção
Programa de Pós-graduação em Genética - Unesp

Data
23 a 25 de novembro de 2011

Local
São José do Rio Preto - SP

Tema
Multiplicidade do núcleo

Inscrições com desconto
Até 10 de novembro

Mais informações

Curso Higiene e Segurança Alimentar

Promoção
Alimentação Legal Consultoria, Auditoria e Treinamento em Segurança Alimentar

Data
28 e 29 de novembro de 2011

Horário
9h às 17h

Local
Auditório do Conselho Regional de Biologia 2ª Região - RJ/ES Rua Álvaro Alvim, 21 - 12º Andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ Tel.: (21) 2142-5700 ou 21-81782641.

Ficha de Inscrição

Mais informações

Mesa-redonda: Ética Animal e Alimentação Humana - Desafios e perspectivas


Evento realizado pelo Programa de pós-graduação em Bioética, ética aplicada e saúde coletiva - UFRJ/UFF/UERJ e Fiocruz.

Mais informações:

Prêmio para as melhores teses de 2010


A Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), recebe, até 25 de novembro, as inscrições para o Prêmio Capes de Tese 2011, concedido às melhores teses de doutorado defendidas em 2010.

Para participar, as teses pré-selecionadas nos programas de pós-graduação das instituições de ensino superior devem ser inscritas pelos respectivos coordenadores desses programas.

As melhores teses selecionadas em cada um dos três grupos de grandes áreas (ciências biológicas, ciências da saúde e ciências agrárias; engenharias e ciências exatas e da terra; ciências humanas, linguística, letras e artes, ciências sociais aplicadas e ensino de ciências) também serão premiadas.

O prêmio é realizado pela Capes em parceria com a Fundação Conrado Wessel e o Instituto Paulo Gontijo, e a inscrição deve ser feita exclusivamente pela página da Capes na internet.

As teses vencedoras receberão auxílios equivalentes a uma participação em congresso nacional ou internacional para o orientador; certificados e medalhas; bolsa para realização de estágio pós-doutoral no Brasil e/ou no exterior para o autor e prêmios adicionais em dinheiro, em parceria com a Fundação Conrado Wessel e Instituto Paulo Gontijo.

Mais informações:

sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Concurso Público Unesp - Ilha Solteira (01 vaga para Professor)

A Unesp – Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho” abriu vaga para professor em Concurso Público através do Regime Celetista.

Está disponível um emprego para atuação nas seguintes disciplinas: Zoologia, Parasitologia e Invertebrados I, pertencentes ao Departamento de Biologia e Zootecnia. É exigido o título de doutor e ofertado o vencimento mensal de R$8.211,02.

O contratado atuará no Campus Ilha Solteira da Unesp e deverá cumpir 40 horas semanais.

As inscrições são abertas nos dias úteis contidos até 28 de novembro de 2011, o local é a Seção Técnica de Comunicações da Faculdade de Engenharia do Câmpus de Ilha Solteira, localizado na Avenida Brasil Centro, 56, e o atendimento aos candidatos é das 8h às 12h e das 14h às 17h30.

Mais informações:

Concurso Público Unicamp – SP (01 vaga para Professor)

Está aberto o concurso público da Unicamp – Universidade Estadual de Campinas, cujo intuito é admitir professor em Regime de Dedicação Integral à Docência e à Pesquisa.

É aberta 01 oportunidade no Departamento de Histologia e Embriologia do Instituto de Biologia da Unicamp. A titulação exigida é Doutorado para qual o vencimento é da ordem de R$8.211,02.

A área é a seguinte: Histologia, Embriologia e Biologia do Desenvolvimento, nas disciplinas BH-482 Fundamentos de Biologia Tecidual, BH-582 Biologia Tecidual Aplicada a Vertebrados, BH-127 Embriologia, e BH-484 Biologia do Desenvolvimento.

A efetivação da inscrição pode ser feita até o dia 16 de novembro de 2011. O local é a Secretaria do Instituto de Biologia, situado na Cidade Universitária “Zeferino Vaz”, Barão Geraldo e o horário em que pode ser feita é das 9h às 12h e das 14h às 17h.

Mais informações:

quinta-feira, 27 de outubro de 2011

Concurso Público UFS (01 vaga para Professor)

A Universidade Federal de Sergipe - UFS lançou edital que visa contratar Professor Adjunto da área de Paleontologia e Evolução.

É exigido doutorado do candidato. A remuneração é de R$7.333.67.

As inscrições devem ser feitas até o dia 24 de novembro, pelo site www.grh.ufs.br .

Mais informações:

Prestação de Contas - 2008/2011


As informações abaixo têm o objetivo de prestar contas aos Biólogos do CRBio04 sobre as atividades do Conselho durante a gestão da Chapa AMPLIAÇÃO (2008/2011). Nós queremos que você conheça um pouco mais do trabalho que foi realizado nos últimos quatro anos.

Secretaria
O CRBio04 dialogou com os profissionais em diversos momentos. No final de 2007, menos de mil e-mails tinham sido enviados a Secretaria com dúvidas, críticas e sugestões. Até o fechamento desta edição do e-Bio, mais de 25 mil e-mails haviam sido encaminhados para a secretaria este ano. No último quatriênio, foram recebidas mais de 44 mil correspondências eletrônicas. Vale ressaltar que todos os e-mails foram respondidos de maneira direta ou atendidos através de ações implementadas e divulgadas pelo Conselho.

Tesouraria
O CRBio04, com o apoio da COFEP, deu continuidade à cobrança amigável dos débitos das anuidades, o que permitiu que vários Biólogos regularizassem sua situação. Até dezembro de 2007, o CRBio04 contava com 6.568 Biólogos, sendo 5.141 ativos e 1.049 cancelados. Os registros de pessoa jurídica totalizavam 129, sendo 97 ativos. Atualmente, conta com 8.344 mil Biólogos cadastrados, 5.338 em Minas Gerais, 1.194 no Distrito Federal, 370 em Tocantins, 1.240 em Goiás e 202 em outros estados. Os registros de pessoa jurídica totalizaram 199 ativos neste ano.

Assessoria Jurídica
A Assessoria Jurídica do CRBio04 apoiou os registrados em diversas situações conflituosas e na maioria das vezes contribuiu para a defesa e consolidação do espaço profissional do Biólogo na sociedade. Foram acompanhadas ações judiciais na esfera Federal e Trabalhista. processos licitatórios e outros de cunho administrativo, incluindo orientações sobre processos administrativos tributários. A assessoria jurídica ao longo dos últimos anos preparou e revisou diversas minutas de documentos normativos (resoluções e portarias), ofícios e correspondências. Foram realizados inúmeras consultas e orientações a biólogos por telefone, por e-mail e também atendimentos pessoais na sede do CRBio04.

Fiscalização
Nos últimos quatro anos, foram fiscalizados mais de 330 pessoas físicas e aproximadamente 450 empresas e instituições públicas (pessoas jurídicas). Em 2007, foram protocoladas mais de 1.500 ARTs. Em 2011, até o momento, mais de 6.300 ARTs foram analisadas. A COFEP também atuou apurando denúncias e esclarecendo dúvidas sobre a atuação de profissionais e de concursos públicos. Juntamente com a Assessoria Jurídica, foram solicitadas retificações de 45 editais de licitações ou concursos públicos.

Comunicação
Como forma de uma maior interação e divulgação da profissão e do Conselho, foram produzidas 12 edições do Jornal do Biólogo, com tiragem total de mais de 80 mil exemplares. Em 2011, o site do CRBio04 (www.crbio04.gov.br) teve seu layout reformulado, tornou-se mais moderno, atraente e dinâmico, permitindo o acesso mais fácil ao conteúdo Entre 2008 e 2011, foram editadas quase 200 edições do e-Bio. Atualmente são mais de 18 mil e-mails cadastrados que recebem o informativo. Já o blog Biologia na Rede (http://bionarede.blogspot.com/), criado no final de 2007, superou a impressionante marca de 600 mil visitas nos últimos 04 anos. Em fevereiro de 2008, o blog recebia apenas sete visitas diárias. Atualmente ao digitar a palavra “Biólogo” no site Google (www.google.com.br), o blog costuma ser umas das primeiras ocorrências. O CRBio04 também ampliou suas ferramentas de comunicação e criou uma página no Facebook e no Twitter. Os veículos de comunicação do CRBio04 divulgaram no último quadriênio mais de 550 oportunidades de emprego, 500 cursos e 750 eventos, dentre congressos, simpósios e encontros.

Apoio a Eventos
Durante a gestão, o Conselho apoiou mais de 370 eventos relacionados com as áreas de atuação do Biólogo em Faculdades, Universidades e Instituições. Mesmo os eventos que não receberam apoio direto do CRBio04, foram divulgados nos veículos de comunicação do Conselho.

Representação / Atuação Política
O Conselho participou de mais de 170 reuniões/representações, destacando-se o COPAM-MG (Conselho de Política Ambiental do Estado de Minas Gerais), o COE (Conferência de Meio Ambiente de Minas Gerais), o COPAGRESS (Comissão Permanente de Apoio ao Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde), o CEAGRESS (Comissão Estadual Permanente de Apoio ao Gerenciamento de Resíduos de Serviços de Saúde de MG) , as Reuniões de Biomonitoramento e o Grupo de trabalho para avaliar o estado de qualidade dos ambientes aquáticos e em vários Comitês de Bacias Hidrográficas em Minas Gerais.Em 2010, O Conselho Regional de Biologia - 4ª Região firmou um Termo de Cooperação Técnica (TCT) com o Ministério Público Estadual (MPE) visando aumentar o dinamismo das perícias realizadas a pedido do MPE. O convênio ampliou o mercado de trabalho dos Biólogos, que passaram a prestar serviços de assessoria e elaboração de laudos periciais para o MPE, mediante anotação de ART. Em abril de 2011, ocorreu a posse da Diretoria da primeira Associação Tocantinense de Biólogos, intitulada ATOBio. A criação da instituição teve o apoio do CRBio04. Outra ação importante do Conselho foi a criação da Delegacia de Goiânia, que no momento encontra-se em fase final de implementação (com nomeação de delegados e futura sede já em reforma para inauguração em breve).

Atuação do Sistema CFBio / CRBios
O Sistema CFBio/CRBios investiu nas interlocuções políticas junto à vice-presidência da República e junto ao MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento). Participou de reuniões de trabalho junto ao CONFEA (Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia) e ao CFMV (Conselho Federal de Medicina Veterinária). O Sistema ainda esteve presente na Câmara Técnica de Saúde Ambiental, da Comissão Nacional de Residência Multiprofissional em Saúde – CNRMS e participou das reuniões da Comissão criada pelo MEC e Ministério da Saúde para discutir e ampliar a participação das profissões que compõe os quadros da Saúde no Brasil (dentre elas o Biólogo). Agindo em consonância com outros conselhos e sindicatos, o CFBio e os CRBios atuaram contra o projeto de lei conhecido como "Ato Médico". Nos anos de 2008, 2009 e 2010, o Conselho Federal e os Conselhos Regionais de Biologia participaram do grupo de revisão da Lei 6.684, da elaboração do manual de áreas de atuação do Biólogo e da CFAP (Comissão de Formação e Aperfeiçoamento Profissional). O Sistema ainda investiu nas interlocuções políticas junto ao MEC (Ministério da Educação e Cultura), principalmente na discussão da carga horária mínima para os cursos de graduação. O CRBio04 participou ativamente do histórico Encontro Nacional do Sistema CFBio/CRBios com os Coordenadores de Cursos de Ciências Biológicas. O CFBio criou duas resoluções de grande importância para o profissional: Resolução nº 213 (estabelece os requisitos mínimos para o Biólogo atuar em pesquisa, projetos, análises, perícias, fiscalização, emissão de laudos, pareceres e outros serviços nas áreas de meio ambiente, saúde e biotecnologia) e a Resolução nº227 (dispõe sobre a regulamentação das Atividades Profissionais e das Áreas de Atuação do Biólogo, em Meio Ambiente e Biodiversidade, Saúde e, Biotecnologia e Produção, para efeito de fiscalização do exercício profissional).

Clube de Vantagens
Nos últimos quatro anos foram firmados convênios que possibilitaram descontos aos registrados, como os feitos com a Pousada do Sumidouro, a Revista Scientific American Brasil, a Revista Terra da Gente e a empresa ABG Consultoria Estatística. Alguns cursos (dentre eles pós-graduações) também tiverem seus preços reduzidos devido à parceria do CRBio04 com determinadas instituições.

Nova Sede
Em novembro de 2007, juntamente com a posse dos novos Conselheiros, ocorreu a inauguração na nova sede do CRBio04, localizada na Praça 7, no centro de Belo Horizonte, MG. O novo espaço foi projetado prevendo os requisitos de modernidade com recursos operacionais para prestar um melhor atendimento aos Biólogos da jurisdição.

30 anos de Regulamentação
O ano de 2009 foi marcado pela comemoração dos 30 anos da regulamentação da profissão de Biólogo. O Sistema promoveu a revitalização do Símbolo da profissão, que foi divulgado através de adesivos distribuídos para os Biólogos e para os estudantes de Ciências Biológicas. No mês de setembro, a Câmara Municipal de Belo Horizonte realizou uma Sessão Solene em homenagem ao Dia do Biólogo, que contou com mais de 250 participantes.

Inauguração do Auditório
Também em setembro de 2009, a diretoria do CRBio04 inaugurou houve a inauguração do Espaço Gilberto Pedralli na sede do Conselho, um auditório moderno, confortável e bem equipado. O Espaço é utilizado como local para atividades destinadas à formação e ao aprimoramento dos profissionais da biologia da jurisdição. Aconteceram diversas palestras no auditório, destacando-se dentre elas: 'Aprendendo a lição de Chaco Canyon do Desenvolvimento Sustentável a uma Vida Sustentável' do Biólogo e professor da UFRJ Fernando Fernandez; algumas destinadas a estudantes de graduação e várias mensais da PRAGSUL, através do projeto "Terça com Pragas". O espaço também foi utilizado para o curso de Capacitação e Aperfeiçoamento de Técnicas de Controle de Pragas Urbanas da Associação Mineira das Empresas Controladoras de Pragas Urbanas – MINASPRAG.

ART Eletrônica
Com a intenção de simplificar o contato com os biólogos e agilizar o atendimento dos serviços, o Conselho inaugurou, em 2009, o CRBio-04 Online, que é um conjunto de serviços oferecidos aos profissionais e à sociedade através do site www.crbio04.gov.br . A ART Eletrônica é responsável pela maior demanda do serviço. Nos últimos quatro anos, a quantidade de solicitações para Anotações de Responsabilidade Técnica mais do que quadruplicou, comprovando a eficiência e agilidade do CRBio-04 Online.

Prêmio Mérito em Biologia
Em 2009, a plenária do CRBio04 criou o Prêmio Mérito em Biologia, destinado a reconhecer o trabalho de destaque de profissionais no exercício da biologia ou que contribuíram para o desenvolvimento das Ciências Biológicas. Em sua primeira edição, realizada em 2010, os agraciados foram a Vereadora Luzia Ferreira (Destaque Especial) e o Professor Doutor José Rabelo de Freitas (Meio Ambiente).

Banco de Currículos / CRBioDigital
Em março de 2011, foi criado o CRBioDigital, um espaço virtual que possibilita aos profissionais registrados no CRBio04 criarem suas páginas pessoais inserindo currículo, serviços, portfólios, fotos e artigos. O CRBioDigital vai ao encontro a uma das sugestões de ações enviadas pelos Biólogos em 2010.Atualmente o banco conta com quase 300 currículos cadastrados.

Considerações Finais
O dinamismo e integração entre a Diretoria Executiva, Conselheiros, Comissões, Funcionários, Assessores e muitos Biólogos, contribuiu para o sucesso das metas previstas, para a consolidação da profissão e da identidade do Conselho, permitindo o aprimoramento da qualidade do atendimento e dos serviços prestados, além de ampliar a conscientização do papel do Biólogo na sociedade. Os contatos, visitas e reuniões realizados nas instituições de ensino, de pesquisa e de prestação de serviços permitiram a divulgação e discussão de temas como as áreas de atuação do Biólogo, mercado de trabalho, o exercício legal da profissão e ética profissional, objetivos e metas do CRBio04, dentre outros, contribuindo, também para as ações de orientação e fiscalização. Certamente, as estratégias implementadas contribuíram para uma maior conscientização do profissional e seu comprometimento com o CRBio04. Nos último quatro anos, o CRBio04 manteve-se empenhado na defesa do espaço profissional e preocupado com a qualidade dos serviços prestados, diligenciando prontamente diante das questões apresentadas pelos Biólogos e apoiando o CFBio.

Comunidade pede a deputados recursos do pré-sal para ciência e educação


A Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e a Academia Brasileira de Ciências (ABC) enviaram conjuntamente para os 513 deputados que compõem a Câmara, em Brasília, uma carta pedindo modificações no Projeto de Lei 448, aprovado pelo Senado Federal no último dia 19, que versa sobre a partilha dos royalties da exploração do petróleo na camada do pré-sal.

As sociedades científicas reivindicam que o texto da lei destine parte expressiva dos royalties para as áreas de Educação e da Ciência e Tecnologia. "Caberá a esta casa, que representa o povo brasileiro, reverter a ausência de compromisso como o futuro da nossa nação, expressa no Projeto de Lei aprovado no Senado", afirmam, conjuntamente, Helena Nader, presidente da SBPC, e Jacob Palis, presidente da ABC, na carta enviada aos deputados.

Além de não destinar recursos especificamente para essas áreas (a demanda é de 30% dos valores destinados à educação, com 7%, pelo menos, para o sistema de CT&I), o projeto, tal como está hoje, encerra a destinação de parte dos royalties do petróleo para o Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT).

As sociedades científicas estão mobilizadas para sensibilizar o legislativo e o executivo da importância de garantir, por meio de lei, o futuro do Brasil, com investimentos sólidos em educação e ciência. No início de setembro, a SBPC e a ABC já haviam enviado uma carta à Presidência da República com essa reivindicação, e no fim daquele mês realizaram, na própria Câmara dos Deputados, um ato público em defesa da ideia.

Para mobilizar a sociedade civil, a comunidade científica criou uma petição pública, que também será entregue aos congressistas.

A Sociedade Brasileira de Física esteve envolvida desde o início nessas discussões sobre a destinação dos recursos do pré-sal e apoia sua aplicação em educação e CT&I.

"É muito importante demonstrarmos agora essa preocupação, em vez de lamentar mais tarde as decisões que possam vir a ser tomadas", afirma Melo. "E é igualmente importante que a comunidade científica se envolva com o esforço, assinando a petição pública e manifestando seu apoio à iniciativa."

Confira a íntegra da carta enviada aos deputados:

Para endossar o movimento, basta visitar o endereço http://www.peticaopublica.com.br/?pi=PL8051 e assinar eletronicamente o documento.

Pós-graduações em Saúde - Brasília (DF)


O Incursos irá promover vários cursos de pós-graduação em Brasília (DF).

São 05 cursos na área da saúde presencial, são eles:

- Especialização em Hematologia Clínica e Banco de Sangue - Início previsto para os dias 02 a 04 de Dezembro de 2011.

- Especialização em Saúde Estética - Início confirmado 09, 10 e 11 de Dezembro de 2011.

- Especialização em Assuntos Regulatórios com Ênfase em Registro de Produtos - Início previsto para fevereiro de 2012.

- Especialização em Epidemiologia, Vigilância e Gestão de Serviços de Saúde - Início previsto para fevereiro de 2012.

- Especialização em Farmacoterapia e Interações Medicamentosas da Farmácia Clínica - Início previsto para fevereiro de 2012.

Mais informações:
(61) 3051-1100 / 3327-2333 / 7813-5556

Curso Receptores Geodésicos e Portáteis de Navegação – GPS


Nos dias 10 e 11 de novembro de 2011 a Associação dos Engenheiros Agrimensores no Estado de Minas Gerais - ASSEAGRI-MG, realizará o curso Teórico e Prático de Receptores Geodésicos e Portáteis de Navegação – GPS.

As aulas serão ministradas nas dependências da Nova Central Sindical dos Trabalhadores de Minas Gerais - NCSTMG, situada à Avenida Afonso Pena nº 748, sala 408 - 4º andar, Centro - Belo Horizonte, no horário de 9h às 17h.

Mais informações:

Concurso Público Charqueadas – RS (11 vagas para Professor)

Foi divulgado o edital de concurso público para a Prefeitura de Charqueadas (RS), que prevê diversas contratações através do regime jurídico estatutário.

O endereço para a inscrição é o www.fundatec.org.br, com encerramento no dia 24 de novembro de 2011.

São 11 vagas em aberto para o cargo de Professor de Ciências - Séries Finais.

O vencimento básico é de R$1.180,36 e jornada de trabalho de 20 horas semanais.

Mais informações:

Concurso Público Campo Novo de Rondônia – RO (01 vaga para Biólogos)

Estão abertas, até o dia 14 de novembro, as inscrições para o Concurso Público da Prefeitura de Campo Novo de Rondônia – RO, que tem como objetivo selecionar pessoal para contrato estatutário em vagas vinculadas a adminiatração do município.

A única vaga disponível para Biólogos possui a remuneração mensal de R$2.290,41.

Provavelmente, em 04 de dezembro de 2011, seja aplicada a prova objetiva e na ocasião também serão recebidos os títulos.

Informações e inscrições:

Guia ajuda a identificar mais de 200 peixes marinhos


Bodião? Espadarte? Mangangá? O leitor pode estranhar esses e outros 200 nomes de peixes marinhos, mas um novo aplicativo para iPad facilita um bocado o aprendizado sobre a colorida biodiversidade do oceano.

Batizado de "Peixes Marinhos -Guia de Identificação", o aplicativo foi desenvolvido pelo biólogo marinho carioca Marcelo Szpilman, diretor do Instituto Ecológico Aqualung.

O guia lista espécies, gêneros e famílias e conta tanto com desenhos coloridos de cada animal quanto com fotos das espécies.

Dá para se informar sobre o risco de extinção dos peixes e sobre seu habitat e distribuição.

O aplicativo também tem versão para iPhone e pode ser baixado por US$ 6,99.

Fonte: Folha Online

Tubarão-das-galápagos é extinto no Brasil


A existência de uma área de preservação ambiental não impediu que o tubarão-das-galápagos (Carcharhinus galapagensis) fosse extinto no arquipélago de São Pedro e São Paulo --paraíso da vida marinha a 627 km de Fernando de Noronha (PE).

Várias expedições --inclusive a histórica viagem de Charles Darwin no HSM Beagle, em 1832-- dão conta de uma presença anormalmente alta desses bichos.

Entretanto, ao participar de missões científicas recentes, o biólogo da Unicamp Osmar Luiz Jr não encontrou sequer um exemplar.

Intrigado com a discrepância, o pesquisador decidiu investigar. Junto com Alasdair Edwards, da Universidade de Newcastle (Reino Unido), ele analisou dezenas de registros históricos e material recente sobre a espécie e sua presença no conjunto de ilhotas.

O resultado, publicado na revista "Biological Conservation", é claro: o declínio das populações coincide com o início da pesca comercial no entorno do arquipélago, no início da década de 1950.

O último registro do encontro de tubarões-das-galápagos nadando na área foi em 1993. Cruzando os diversos dados e fazendo previsões estatísticas, Luiz Jr estimou em 1998, ou até antes, a extinção local da espécie.

Os tubarões acabam capturados acidentalmente pelos barcos que pescam atum e outros peixes na região. Não há plano de manejo específico para a pesca no entorno.

O sumiço do tubarão, um predador do topo da cadeia alimentar, pode ter consequências graves para todo o seu ecossistema. Predadores intermediários poderiam crescer descontroladamente, em um fenômeno conhecido como cascata trófica.

"Diretamente, os tubarões controlam a população de suas presas e, indiretamente, a população dos organismos que elas consomem", disse Luiz Jr à Folha.

Segundo o cientista, é possível que, eliminada a pressão da pesca, possa haver uma recolonização da espécie no arquipélago.

CRÍTICAS

O coordenador do Proarquipélago (única estação científica em São Pedro e São Paulo), Fábio Hazin, da Universidade Federal Rural de Pernambuco, discorda do resultado do trabalho.

Hazin diz ter encontrado três exemplares da espécie capturados acidentalmente em um barco da região. O trabalho que descreve o encontro ainda não foi publicado. O pesquisador concorda, no entanto, que o ecossistema foi abalado. "Houve uma redução dramática [do número de tubarões]. Isso é inegável".

Após a publicação do trabalho de Luiz Jr, circularam em fóruns na internet críticas aos resultados de Hazin, que é filho do fundador da empresa Norte Pesca, que atua no Nordeste. "Está havendo perseguição. Eu nunca tive nada a ver com a empresa", disse.

Fonte: Folha Online

Análise: Dez bilhões é o limite a que devemos nos ater


Por Edward O. Wilson, Biólogo e professor da Universidade de Harvard, nos Estados Unidos. Atua como pesquisador, naturalista e escritor. Ele ganhou duas vezes o prêmio Pulitzer para não-ficção e trabalha no museu de Zoologia Comparativa de Harvard.

É absolutamente crucial agora monitorar de perto o crescimento da população humana. De fato, estamos acelerando, com a estimativa de 9 bilhões em 2043, acima do que se esperava anteriormente a partir de análises de população feitas pelas Nações Unidas.

Dez bilhões é o limite a que deveríamos nos ater. Podemos fazer isso, e pelo menos as tendências apontam na direção certa, com quedas nos índices de natalidade em todos os continentes. Mas deveríamos nos esforçar mais para ao mesmo tempo nos afastarmos da opressão às mulheres e de gestações indesejadas.

Ainda mais importante que isso, deveríamos estar pensando de forma mais criativa sobre a questão do crescimento do consumo per capita no futuro em todo mundo.

Este aumento vai ser devastador e certamente será necessário tratar disso de forma a se alcançar sustentabilidade na alimentação e provisão de níveis decentes de moradia ao redor do globo. Isso não parece realmente estar na agenda mundial de forma a causar impacto nos países e nas pessoas mais atingidas pelo problema. Estou particularmente preocupado com o que estamos fazendo com outras formas de vida. Estamos destruindo a diversidade biológica, que consiste de ecossistemas e das espécies que os habitam.

O perigo de sermos "mais ou menos verdes".

Parte do nosso problema é que ao se tornar "mais ou menos verde", a população mundial tem se concentrado nas partes não vivas do meio ambiente, nos recursos naturais, na qualidade da água, na atmosfera, mudança climática e outros.

Até aí tudo bem, mas agora deveríamos estar dando igual atenção à parte viva do meio ambiente --os ecossistemas que sobrevivem e a grande maioria das espécies, que têm milhões de anos e estão em pleno processo de erosão.

Gostaria que déssemos mais atenção à criação de reservas e parques naturais em todo mundo. Em alguns lugares isso vem acontecendo, aleatoriamente, mas não da forma necessária.

Realmente precisamos separar mais regiões em que a natureza, o resto dos seres vivos possam ser protegidos, enquanto resolvemos os problemas da nossa espécie e nos ajustamos antes de destruir toda a Terra.

OPÇÕES PARA O PRÓXIMO SÉCULO

Ou sairemos deste século e entraremos no século 22 com um planeta em condições muito ruins e com muito menos condições de abrigar vida ou sairemos dele com a maior parte das outras formas de vida preservada e com o potencial para reconstruir a natureza de forma a dar à Humanidade uma chance real de viver no paraíso, com níveis de vida decentes para todos.

Não podemos esperar que os países em desenvolvimento criem programas de produção e consumo sustentáveis enquanto os países desenvolvidos não larguem na frente e mostrem o caminho. No momento, os ricos têm padrões absurdos de consumo, e as diferenças entre os setores mais ricos e os mais pobres estão cada vez maiores mesmo nos países em desenvolvimento.

Essa é uma tendência muito perigosa. Precisamos dar o exemplo nos países desenvolvidos adotando, no mínimo, medidas de limitação do consumo e uma distribuição mais inteligente da riqueza.

Fonte: BBC Brasil

Governo vai fazer concessão de unidades de conservação


No dia 20 de outubro, foi firmado um acordo entre o Ministério do Meio Ambiente (MMA) e o Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para concessões de unidades de conservação (UCs) federais.

O “projeto piloto”, segundo o Ministério do Planejamento, contemplará os parques nacionais de Jericoacoara e de Ubajara, no Ceará, e os parques nacionais de Sete Cidades e da Serra das Confusões, no Piauí.
Segundo Rômulo José Fernandes Barreto Mello, presidente do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), o processo de concessão vai começar pelos parques nacionais por causa do tipo de unidade de conservação e da legislação. “Eles já foram criados com essa perspectiva”, explicou.
Não está descartada a possibilidade das concessões se estenderem às atividades de pesquisa e ao extrativismo. A intenção do governo é divulgar o primeiro edital antes da Conferência das Nações Unidas sobre o Desenvolvimento Sustentável (Rio+20), em maio do próximo ano.

Fonte: revistagloborural.globo.com

quarta-feira, 26 de outubro de 2011

Concurso Prefeitura de Itapoá – SC (Cadastro de Reserva para Biólogos)

A Prefeitura de Itapoá (SC) abriu concurso oúblico com vistas ao provimento de diversas secretarias e setores do município através do Regime Estatutário.

As inscrições são permitidas até dia 15 de novembro de 2011, através do site www.institutoqualicon.org.br .

O cargo Biólogo é destinado a cadastro de reserva. O vencimento mensal é de R$1.570,12.

Mais informações:

Mini-Curso: Atualização em Perícia Sócioambiental e elaboração de Laudos e Pareceres


Data
05/11/2011

Local
CEE - Universidade Federal de Viçosa

Horário
08h às 12h e das 13h às 17h

Ministrante
Gracilene Maria A.Muniz Braga - Perita Socio-Ambiental

Inscrições e informações
(31) 3892-4960 / 3891-0220

Concurso Público UnB (01 vaga para Professor)

Classe
PROFESSOR ADJUNTO

Área
Biologia Celular e Fisiologia Animal

Requisito Básico
Graduação em Biologia e Doutorado em Biologia Celular ou Fisiologia Animal ou Áreas afins.

Departamento de Lotação
Faculdade UnB - Planaltina.

Regime de Trabalho
Dedicação Exclusiva (DE)

Remuneração
R$ 7.333,67 - composta por Vencimento Básico (VB), Retribuição por Titulação (RT), Gratificação Específica do Magistério Superior (GEMAS), estabelecida pelo Governo Federal.

Vaga
01

Inscrição
Pelo link http://www.cespe.unb.br/concursos/docentesunb, até o dia 09 de novembro de 2011

Mais informações:

segunda-feira, 24 de outubro de 2011

VI Workshop de Genética da PUC-GO


O Programa de Mestrado em Genética da Pontifícia Universidade Católica de Goiás irá promover o VI Workshop de Genética da PUC-GO (VIWSG).

O evento acontecerá nos dias 03 a 05 de novembro de 2011.

O objetivo geral é divulgar a produção científica dos discentes e docentes do MGENE, assim como divulgar temas inovadores sobre Genética.

Mais informações:

Concurso Público Crato – CE (01 vaga para Biólogos)

A Prefeitura de Crato (CE) está com inscrições abertas para concurso público destinado contração de profissionais efetivos.

O cargo Analista Ambiental - Biólogo possui salário báscio de R$755,70, além de possíveis benefícios.

O prazo para a inscrição vai de 25 de outubro a 08 de novembro de 2011. Os interessados devem comparecer no Teatro Municipal Salviano Arrares Saraiva, no centro de Crato, das 9h às 13h.

Mais informações:

Estudos mostram que evolução do homem está se acelerando


A medicina e os métodos de higiene salvam milhões de vidas e fazem com que, para humanos, a frase "sobrevivência do mais forte", suposto pilar da seleção natural, pareça coisa do passado. Evolução é coisa do passado para nossa espécie, certo?

Não exatamente, revelam estudos recentes. Segundo seus autores, a evolução humana pode ter até se acelerado a partir de 10 mil atrás, quando as civilizações começaram a surgir e as populações começaram a crescer rapidamente.

NÃO é PROGRESSO

Para entender isso, porém, é bom tirar alguns entulhos conceituais do caminho.

O primeiro deles: evolução não implica em progresso, nem é o mesmo que seleção natural. Qualquer mudança, de uma geração para outra, seja aleatória ou fruto de seleção, indica ocorrência de evolução.

A seleção natural ocorre quando as diferenças individuais em uma característica, como altura, estão relacionadas ao número de descendentes e são herdáveis. (Homens altos têm mais filhos do que os baixos e passam a característica aos descendentes.)

Além disso, é bom riscar a tal "sobrevivência dos mais fortes" do seu caderninho mental. Na verdade, a seleção não premia só a sobrevivência, mas principalmente a reprodução.

Há uma excelente razão para achar que ainda estamos evoluindo, e talvez em ritmo acelerado: mais matéria-prima e mais diversidade de ambientes, diz o antropólogo John Hawks, da Universidade de Wisconsin em Madison.

A matéria-prima é o DNA, onde ocorrem as mutações potencialmente úteis que a seleção natural submete a uma triagem. A matemática é simples: quanto maior a população, maior a chance de que surja alguma mutação no genoma que acabe melhorando as chances de reprodução de seu portador.

Quanto aos ambientes, transformações sociais, econômicas e de habitat foram aceleradas nos últimos 10 mil anos, o que trouxe oportunidade para que certas mutações conferissem vantagens.

ADAPTAÇÃO

Em seu estudo mais famoso, publicado na revista científica "PNAS", Hawks diz ter achado sinais de seleção natural recente em 3.000 genes -10% do genoma humano.

Em muitos casos, são coisas esperadas. As pessoas de hoje são mais capazes de digerir leite (por causa da domesticação de animais leiteiros) e de lidar com açúcar, amido e gordura, nutrientes que os nossos ancestrais raramente encontravam.

Mas há coisas mais misteriosas nesse balaio de genes. "Dos cerca de cem genes clássicos ligados aos neurotransmissores [mensageiros químicos cerebrais], 40% exibem evidências de seleção recente. Muitos estão relacionados a variações de humor. Será que não domesticamos a nós mesmos para que conseguíssemos viver em comunidades altamente densas, coisa que nunca tínhamos feito antes?", diz Robert Moyzis, da Universidade da Califórnia, do grupo de Hawks.

ESTUDOS MÉDICOS

Há também uma série de características físicas com sinais de alterações em poucos séculos ou décadas.

Essa descoberta se tornou possível porque os pesquisadores estão analisando bancos de dados epidemiológicos, recolhidos por médicos e pelo governo, com os métodos da biologia evolutiva.

Ao associar características como altura, idade do primeiro filho que chegou à vida adulta e idade do início da menopausa ao número de descendentes, são observadas tendências evolutivas recentes. É o que mostra uma compilação dessas pesquisas, coordenada por Stephen Stearns, da Universidade Yale (EUA), na revista científica "Nature Reviews Genetics".

A principal alteração destaca por Stearns é a ampliação da janela reprodutiva feminina. Hoje, estão sobrevivendo mais filhos que nascem de mães mais jovens e mais velhas. Isso seleciona mulheres um pouco mais capazes de se reproduzir nesses dois extremos de idade.

Além disso, nunca houve homens tão altos. Isso tem a ver com a melhora da alimentação, mas também com o diferencial reprodutivo trazido por ser um sujeito alto.

Fonte: Folha Online

sexta-feira, 21 de outubro de 2011

Curso de Gestão de Resíduos Sólidos


DATA
17, 18 e 19 de novembro de 2011

HORÁRIO
8h às 18h

LOCAL
EFTI/FATEP
SHIN Centro de Atividades 2 - Lote 21 Lago Norte 71.503-502
Brasília – Distrito Federal

OBJETIVO
Capacitar o participante a identificar os diferentes tipos de resíduos, as responsabilidades pelo gerenciamento adequado, atendendo a Política Nacional de Resíduos Sólidos (Lei 12.305/10).

MAIS INFORMAÇÕES

Curso de Capacitação Ecologia e Biologia em Campo


Realização
IPECO- Instituto de Pesquisas dos ECOssistemas Mato Grosso

Data
11 a 15 de novembro de 2011

Local
Chapada dos Guimarães, Mato Grosso, Brasil.

Mais informações

Concurso Público Valença – RJ (01 vaga para Biólogos)

A Prefeitura de Valença, Estado do Rio de Janeiro, abriu concurso público com vistas à seleção de pessoal para ocupação de cargos no Regime Estatutário.

O cargo Biólogo possui o salário inicial base de R$1.373,27 e jornada de trabalho de 20 horas por semana.

As inscrições podem ser efetuadas no endereço www.funcab.org, entre os dias 1º e 21 de novembro de 2011.

A prova objetiva do concurso está marcada para o dia 14 de dezembro de 2011.

Mais informações:

Concurso Público Itati – RS (01 vaga para Biólogos)

O concurso público da Prefeitura de Itati (RS) irá admitir pessoal mediante aplicação de regime estatutário.

O cargo Biólogo possui o vencimento de R$1.696,40.

As inscrições ficam abertas no endereço www.energiaessencial.com, até o dia 1º de novembro de 2011.

A prova objetiva está marcada para o dia 20 de novembro de 2011.

Mais informações:

quinta-feira, 20 de outubro de 2011

Campanha Floresta faz a Diferença


O Comitê Brasil em Defesa das Florestas e do Desenvolvimento Sustentável é uma coalizão formada por 152 organizações da sociedade civil brasileira contrárias ao PLC 30/2011 aprovado pela Câmara dos Deputados.

O Comitê criou o site "Campanha Floresta faz a Diferença".

O veículo eletrônico possui um abaixo-assinado virtual contra as mudanças do Código Florestal. Internautas também podem participar do movimento pelo twitter, com uso da hashtag #florestafazadiferenca.

Mais informações:

Curso de Gestão de Emergências Ambientais (Plano de Emergência - PEA)


Apresentação
A gestão dos procedimentos ligados às situações de emergências é de grande importância para a prevenção ou minimização dos danos causados por qualquer tipo de acidente. Nos Acidentes Ambientais esta gestão toma proporções ainda maiores, tendo em vistas os possíveis danos que podem ser causados ao meio ambiente e a população, além das conseqüências legais para o empreendimento, serviço ou atividade causadora do dano.

Local e Data
Dia 27 de outubro de 2011 (quinta-feira) - 9h às 18h
Conselho Regional de Biologia da 2ª Região
Rua Álvaro Alvin nº 21, 12º Andar (próximo ao metrô Cinelândia)

Carga horária
10 horas (com Certificado)

Informações e inscrições

Curso Levantamento de Avifauna para Consultoria Ambiental, Manejo e Conservação


DIAS
09, 10 e 11 de dezembro

LOCAL
Reserva Ecológica de Guapiaçu-Cachoeiras de Macacu-RJ

CARGA HORÁRIA
22 horas/aula

NÚMERO DE VAGAS
12

PÚBLICO-ALVO
Profissionais e estudantes de biologia, veterinária, gestão ambiental e áreas afins.

HORÁRIO
Sexta - 19h às 22h
Sábado - 7h às 22h
Domingo - 7h às 12h

SITE

Audiência Pública Extraordinária - Plano Nacional de Resíduos Sólidos

(clique na imagem para amplia-la)

quarta-feira, 19 de outubro de 2011

Blog Natureza do Vale


O blog Natureza do Vale nasceu da necessidade de dois Biólogos (Vanessa Mendes e Alexsandro Carvalho) divulgarem a diversidade biológica e cultural do Vale do Aço e região, além das potencialidades científicas e turísticas, com o intuito de construir um canal de comunicação que oportunize a troca de informações e possibilite contatos profissionais.

Vanessa é licenciada e bacharel em Biologia, tem experiência em Educação Ambiental e em projetos socioambientais. Alexsandro é bacharel em Biologia atua como consultor ambiental, tem experiência como professor e coordenador de curso Técnico em Meio Ambiente.

Para acessar o veículo eletrônico, clique no link:
http://naturezadovale.blogspot.com/

Documento SBPC - Alterações do Código Florestal


A Sociedade Brasileira Para o Progresso da Ciência (SBPC) e a Academia Brasileira de Ciências (ABC) entregaram em outubro, a senadores, um documento com propostas para corrigir os equívocos no projeto de mudanças no Código Florestal. Para essas entidades, a ciência não foi levada em conta no relatório do deputado Aldo Rebelo (do PCdoB/SP, autor do projeto), aprovado em maio no plenário da Câmara e que agora tramita no Senado.

Um dos pontos atacados pelos cientistas é o mito de que a legislação ambiental entrava a produção agrícola. As entidades também pedem que as Áreas de Preservação Permanente (APPs) – áreas frágeis como margens de rios – sejam restauradas na íntegra; e que o Senado elimine do texto a menção à "área rural consolidada", que permite regularizar atividades agropecuárias em APPs desmatadas até 22 de julho de 2008; dentre outras recomendações.

Mais informações:

Funbio abre edital para conservação de florestas tropicais


O Fundo Brasileiro para Biodiversidade (Funbio) abriu chamada para projetos de conservação, manutenção e restauração das florestas tropicais.

Baseado no acordo bilateral chamado Tropical Forest Conservation Act (TFCA), entre Brasil e Estados Unidos, serão escolhidos, através de edital, projetos que devem ser aplicados, durante 36 meses, em áreas com remanescentes dos biomas Mata Atlântica, Cerrado ou Caatinga.

Serão investidos R$16,5 milhões em projetos de R$ 200 mil a R$ 500 mil, implementados por organizações sem fins lucrativos, que devem enviar propostas para o Funbio até 07 de novembro de 2011.

O resultado final da seleção será divulgado em dezembro.

Mais informações:

Concurso Público Itapeva – SP (01 vaga para Biólogos)

Saiu o edital do concurso público na Prefeitura de Itapeva (SP), com a finalidade de preencher diversos cargos vagos no quadro de servidores sob a égide do Regime Estatutário.

O cargo Biólogo possui a remuneração mensal de R$1.334,84 . Existe apenas 01 vaga disponível.

O endereço para a inscrição é o www.cetroconcursos.com.br . Ela deve ser realizada até o dia 03 de novembro de 2011.

Mais informações:

Pesquisa tenta desvendar comportamento dos ursos de óculos


A descoberta de uma colônia de ursos de óculos em um parque arqueológico e ecológico do norte do Peru abriu novas perspectivas para conhecer o comportamento desta enigmática espécie, considerada em perigo de extinção.

"Antes se pensava que os ursos estavam apenas em áreas protegidas, mas graças a esta pesquisa descobrimos que estes animais descem até 200 metros para se alimentar das florestas de sapoti que crescem nas partes baixas", afirmou o pesquisador de campo José Vallejos.

Os ursos de óculos são uma espécie de mamíferos carnívoros da família dos ursídeos, os únicos de sua espécie na América do Sul. De coloração negra ou café, com manchas brancas nos olhos, costumam medir entre 1m30 e 1m90, e pesar entre 80 e 125 quilos.

A pesquisa no norte peruano começou há cinco anos, dirigida pela bióloga canadense Robyn Appleton e uma equipe de três pesquisadores de campo peruanos, em coordenação com o museu arqueológico de Sicán.

Eles conseguiram identificar 37 ursos de óculos com o uso de câmeras, armadilhas não-letais e observações.

O estudo pretende documentar os comportamentos, o uso sazonal de habitats, a alimentação, a disposição de fontes de água e a criação dos filhotes, para aplicar novas medidas que assegurem a proteção da espécie.

Uma destas medidas foi a criação, em 28 de abril de 2010, do parque arqueológico e ecológico do Batán Grande, ordenada pelo município distrital de Pitipo, na região nortista de Lambayeque.

Além disso, em 2008, a organização Spectacled Bear Conservation, da qual fazem parte os pesquisadores, e a associação de criadores de gado da área, construíram uma cerca de dez quilômetros para proteger a região do estudo, com placas que informavam sobre a proibição de caçar animais em perigo de extinção.

É possível que estas medidas tenham contribuído para a reprodução da espécie, já que de acordo com Vallejos, recentemente foram descobertas três ursas com seus filhotes em cavernas.

"Estamos tomando nota dos tempos que passam fora e dentro das cavernas e as atividades que mães e filhos desenvolvem. O mais importante de tudo é que isto está sendo feito em estado silvestre", destacou.

De acordo com Vallejos, o estudo procura "determinar, em estado natural, o comportamento, a sobrevivência e reprodução dos ursos de óculos a fim de reproduzi-lo em outras áreas do país para conhecer a quantidade de animais que existem".

No entanto, ainda há muito a descobrir, já que os analistas estão tentando conhecer a distribuição dos ursos no espaço colocando colares de localização com GPS em quatro deles. "Com esta medida podemos saber os pontos que os animais percorrem", explicou Vallejos.

O investigador esclareceu que ainda estão longe de cumprir seu objetivo, já que pretendem colocar estes colares "em dez ou 12 ursos, entre fêmeas e machos, para obter uma informação mais específica do comportamento destes animais".

De acordo com as pesquisas, os principais fatores que influenciam na redução da população dos ursos são a caça ilegal e a propagação de cultivos agrícolas mediante a poda do sapoti, um elemento fundamental para a sobrevivência desta espécie.

A organização Spectacled Bear Conservation tem como objetivo a longo prazo desenvolver um programa de oficinas e outras atividades que promovam a preservação do meio ambiente entre os habitantes locais.

Fonte: Efe