quinta-feira, 30 de outubro de 2008

MANIFESTO CONTRA O RETROCESSO NA LEGISLAÇÃO ESPELEOLÓGICA BRASILEIRA

A Sociedade Brasileira de Espeleologia (SBE), entidade ambientalista fundada em 1969, filiada à Federação Espeleológica da América Latina e Caribe (FEALC) e à União Internacional de Espeleologia (UIS), que congrega espeleólogos e grupos de espeleologia dedicados ao estudo econservação de cavernas em todo o Brasil, participou ativamente do desenvolvimento da legislação relativa ao patrimônio espeleológico brasileiro, em especial da elaboração do Decreto 99.556/1990, um avanço para nossa sociedade.

O Decreto 99.556/90 protege as cavernas brasileiras e impede sua destruição há quase duas décadas, mas, tomamos conhecimento que, para liberar algumas grandes obras, a Casa Civil e o Ministério de Minas eEnergia, sem qualquer participação da sociedade civil organizada, defendem a alteração deste decreto permitindo a destruição que pode atingir mais de 70% das cavernas brasileiras.

Esta tentativa de alteração prevê:
- A classificação das cavernas em quatro níveis (máximo, alto, médio e baixo);
- A autorização para a destruição de cavernas seguindo o processo de licenciamento ambiental, independente da importância social do projeto;
- Cavernas de grau de relevância máximo: serão apenas as que têm características únicas e notáveis;
- Cavernas de relevância alta: poderão ser destruídas desde que o empreendedor preserve outras duas de igual importância;
- Cavernas de relevância média: poderão ser destruídas desde que o empreendedor apóie ações de conservação;
- Cavernas de relevância baixa: poderão ser destruídas sem nenhum tipo de compensação ambiental;
- O MMA terá 60 dias para elaborar os critérios de relevância ouvindo os demais órgãos do governo.

Considerando que:
- Não há nenhum indício de que as cavernas estejam dificultando o desenvolvimento de qualquer setor da economia brasileira. O setor mineral tem aumentado sua produção a cada ano e o setor energético já dispõe com alternativas mais econômicas e eficientes de aumentar a oferta de energia sem a construção de novas barragens.
- O patrimônio espeleológico é um dos poucos recursos naturais protegidos pela legislação vigente de forma completa e ampla, mesmo fora de unidades de conservação. Sua importância perante a nossa legislação pode ser igualada às áreas de mananciais hídricos. As cavernas "cobrem" uma área muito pequena do nosso país e são formações únicas e extremamente relevantes para o entendimento da evolução geológica do planeta, da vida e até da nossa sociedade.
- Não há consenso de que seja sequer possível classificar cavernas de acordo com seu grau de relevância. Apenas começamos a conhecer o patrimônio espeleológico brasileiro, além disso, muitos dos aspectos envolvidos não são quantificáveis numericamente, ou são subjetivos e mudam de acordo com a evolução da sociedade e o avanço da ciência.
- O processo de licenciamento ambiental atual não é eficaz para garantir a conservação da natureza. No atual sistema o empreendedor interessado na liberação de seu projeto contrata diretamente os estudos necessários podendo influenciar para que o resultado lhe seja favorável. Além disso, estes estudos são avaliados apenas pelos órgãos ambientais, hoje fragilizados pela ótica desenvolvimentista do governo, sem garantias de respeito às necessidades e anseios da sociedade civil.
- A destruição de cavernas não é uma medida aceitável para angariarrecursos a fim de preservar as cavernas que restarem. Cabe ao Estado e a Sociedade garantir a conservação deste importante patrimônio, além disso, o governo não pode dispor de nossas cavernas como forma aconseguir recursos para cumprir suas obrigações.

Entendemos que esta tentativa de mudança do decreto 99.556/90 é nefasta e que qualquer iniciativa que permita a supressão de cavernas representa um grande retrocesso para nosso país.

- Solicitamos que a legislação brasileira continue a proteger o patrimônio espeleológico integralmente.
- Solicitamos que fique garantida a participação da sociedade civil organizada em qualquer processo de revisão da legislação e que seusanseios sejam respeitados.

Devemos incentivar e promover o uso sustentável do patrimônio espeleológico, não sua destruição, permitindo a conservação da natureza, o desenvolvimento do conhecimento científico e a difusão deuma consciência ambientalista para toda a sociedade e para as gerações futuras.

Emerson Gomes PedroPresidente da SBE
Gestão 2007-2009
Of. DIR. 065/08
Campinas SP - Brasil, 24 de outubro de 2008.
www.sbe.com.br
(+55 19) 3296-5421 - Caixa Postal 7031, 13076-970, Campinas-SP, Brasil

Curso de Atualização: Evolução e Biodiversidade

Prezados Professores e demais interessados,

Temos o prazer de informar que nesta sexta-feira e sábado (dias 31 de outubro e 1 de novembro) acontecerá o "Curso de Atualização para Professores Evolução e Biodiversidade", organizado pelo grupo TEIA (Tecendo com a Escola a Integração Ambiental) e pelo Museu de Ciência e Técnica da Escola de Minas da Universidade Federal de Ouro Preto. Em anexo esta uma síntese do curso e a programação. Ele será realizado no Prédio da Escola de Minas da Praça Tiradentes (Museu de Ciência e Técnica EM/UFOP) na sala 25.

Atenciosamente,

Valdir Lamim-Guedes Jr.
Laboratório de Biodiversidade
Bacharel em Ciências Biológicas
Mestrando pelo Programa de Ecologia de Biomas Tropicais
Universidade Federal de Ouro

T-Rex era dinossauro carnívoro com melhor olfato, diz estudo


O Tiranossauro Rex foi o dinossauro com melhor olfato entre todos os seus congêneres carnívoros, descoberta que deixa em segundo plano sua reputação de carniceiro. Essa é a conclusão dos pesquisadores Darla Zelenitsky, da Universidade de Calgary, e François Therrien, do museu Royal Tyrrell em Alberta, no Canadá, após determinarem o volume e a forma do bulbo olfativo de vários dinossauros bípedes que habitaram a Terra no período Jurássico, entre 200 milhões e 145 milhões de anos atrás.

Além do T-Rex, os terópodes estudados incluíam raptores, ornitomimossauros (lagartos imitadores de aves, parecidos com avestruzes) e o primitivo pássaro archaeopteryx, que evoluiu a partir dos terópodes carnívoros de menor tamanho.

O bulbo olfativo é a parte do cérebro associada ao olfato. Naturalmente, o cérebro não se conserva, mas graças à tecnologia TAC (tomografia axial computadorizada), hoje é possível analisar o crânio --caso esteja em bom estado-- e estimar como ele era.

Zelenitsky, principal autora do estudo, afirma que a fama de carniceiro do Tiranossauro provém de seu agudo olfato rastreador, o que não corresponde com o que se pode observar nos animais atuais.

"Os bulbos olfativos de grande tamanho são encontrados em pássaros e mamíferos atuais que dependem em grande parte de seu olfato para encontrar carne, em animais que são ativos durante a noite e naqueles que patrulham áreas extensas", explica a paleontóloga.

Assim, o T-Rex devia utilizar seu aguçado nariz para encontrar suas presas, embora não por isso renunciasse a buscar carne morta de graça. O estudo foi publicado pela revista britânica "Proceedings of the Royal Society B".

Fonte: Efe

Conservation Leadership Program 2009

O Conservation Leadership Program é patrocinado pela British Petroleum em conjunto com outras ONGs e visa dar suporte a projetos na área de conservação ambiental.

Ano passado, o Brasil passou a fazer parte oficialmente dos países contemplados e três projetos já foram agraciados; os quais podem ser acompanhados pelo site do programa.

As inscrições para o Programa edição 2009 vão até o dia 06 de novembro de 2008.

Maiores informações em:
http://www.conservationleadershipprogramme.org/

quarta-feira, 29 de outubro de 2008

Estudos Ambientais para o Meio Biótico: ênfase em mineração

A evolução da legislação ambiental vem ampliando as exigências a serem cumpridas pelas empresas no processo de implantação e operação de seus empreendimentos. Quanto maior o potencial de degradação de um empreendimento, maior será a complexidade das ações ambientais necessárias, envolvendo a participação de uma equipe técnica multidisciplinar, desde a fase de planejamento até a fase de operação. A atividade mineradora é regulamentada em níveis. Além dos dispositivos legais em nível federal, a legislação ambiental do Estado de Minas Gerais é restritiva e exigente, onerando a atividade através do estabelecimento de obrigações que visam à proteção ambiental.

Público-alvo:
Profissionais com formação superior na área de biologia.

Objetivo(s):
· apresentar o histórico da legislação e do licenciamento ambiental, com ênfase no Estado de Minas Gerais;
· proporcionar experiências teóricas e práticas frente às diversas metodologias para inventários faunísticos, florísticos, liminológicos, arqueológicos, paleontológicos e socioambientais;· apresentar as metodologias para elaboração de estudos de impactos ambientais (EIA, PCA, RCA, EPIA, PUP, RIMA, RADA, PTRF, PBA, PRAD, Mapeamento de biótopos etc), criando subsídios para sua elaboração;
· capacitar profissionais para a elaboração, gerenciamento e execução de projetos ambientais (monitoramentos, acompanhamento de supressão vegetal, resgates de fauna e flora, planos de manejo, criação de unidades de conservação, entre outros);
· promover vivências em educação ambiental (elaboração de planos, palestras, oficinas, trilhas interpretativas, cursos e organização de eventos).

Disciplinas:
Atividades Minerárias e o Licenciamento em Minas Gerais
Cartografia e Geo-referenciamento
Consultoria x Pesquisa
Elaboração, Gestão e Execução de Projetos Ambientais
Estudos Ambientais
Fundamentos da Estatística Aplicada aos Estudos Ambientais
Gestão EmpresarialLegislação Ambiental
Levantamento e Avaliação de Impactos Ambientais
Licenciamento Ambiental
Meio Socioeconômico e Aplicação da Educação Ambiental
Metodologia Aplicada à Pesquisa Metodologias para o Estudo da Avifauna
Metodologias para o Estudo da Flora
Metodologias para o Estudo da Herpetofauna
Metodologias para o Estudo da Ictiofauna
Metodologias para o Estudo da Liminologia e Qualidade das Águas
Metodologias para o Estudo da Mastofauna
Metodologias para o Estudo da EntomofaunaSeminário I, II e III

Programa:
46º PREPES

Duração:
O curso será ministrado em 3 módulos, de 120 horas-aula cada, nos seguintes períodos:1º módulo: 12 a 28 de janeiro de 2009; 2º módulo: 13 a 29 de julho de 2009;3º módulo: 11 a 27 de janeiro de 2010.

Investimento:
18 parcelas de R$ 349,00;. vencimento da primeira parcela em janeiro/2009

Carga Horária:
360 horas-aula

Horário:
Integral (manhã e tarde)

Local de Realização:
PUC Minas - Campus Coração Eucarístico em Belo Horizonte

Endereço:
Av. Dom José Gaspar, 500 – Pr. 4 – Sl. 204 – Coração EucarísticoBelo Horizonte – MG30535-901

Telefone:
(31) 3319-4231(31) 3319-4303

Coordenação:
Profa. Edeltrudes Maria Valadares Calaça Câmara
tudyc@pucminas.br

Maiores informações sobre as inscrições no link:
http://www.pucminas.br/cursos/dados_cursos.php?instituto=403020000&pai=339&pagina=243&curso=1533&mostra=informacoes

Concurso Público UFSJ (06 vagas para Biólogos)

A Fundação Universidade Federal de São João del-Rei - UFSJ (www.ufsj.edu.br) selecionará docentes da Carreira do Magistério Superior, Classe Adjunto, Nível 1. As vagas para biólogos são nas áreas de: Fisiologia, Histologia e Embriologia, Microbiologia, Sistemática Vegetal/Anatomia Vegetal, Biologia Celular e Química de Macromoléculas.

As inscrições começam no dia 24 de novembro (segunda-feira) e vão até o dia 19 de dezembro de 2008 (com exceção das vagas para Biologia Celular e Química de Macromoléculas, que tem até o dia 05 de dezembro como data limite para inscrição).

Os editais podem ser acessados através do link:
http://www.ufsj.edu.br/portal-paginas_tematicas/12.25.302.401.500.php .

Geneticista propõe "desinventar" conceito de raça em livro

O Homo sapiens europaeus é branco, sério e forte. O Homo sapiens asiaticus é amarelo, melancólico e avaro. O Homo sapiens afer é negro, impassível e preguiçoso. E o Homo sapiens americanus é vermelho, mal-humorado e violento.

Essa caracterização da espécie humana, proposta em 1767 pelo naturalista sueco Carl Linnaeus (1707-78), marca a primeira divisão "científica" da humanidade em "raças". Somado a crenças ancestrais e estudos científicos posteriores, o trabalho de Linnaeus colaborou para a consolidação do conceito de que a humanidade se divide em "raças" e para a justificação de todos os subprodutos dessa lógica, como o racismo.

No livro "Humanidade Sem Raças?", terceiro volume da Série 21 da Publifolha, o doutor em genética humana Sérgio Pena trata da questão racial por meio de um recorte biológico e propõe a "desinvenção" do conceito de raças. Em formato de ensaio, o livro trata do tema de forma, ao mesmo tempo, sintética e atualizada.

"Tratar um indivíduo com base na cor da sua pele ou na sua aparência física é claramente errado, pois alicerça toda a relação em algo que é moralmente irrelevante com respeito ao caráter ou ações daquela pessoa", afirma o autor.

Pena mostra em "Humanidade Sem Raças?" como o conceito de divisão racial se infiltrou paulatinamente em nossa cultura e contribuiu para justificar a dominação de alguns grupos por outros, assim como a discriminação, a exploração e inúmeras atrocidades, que vão da escravização dos negros até o nazismo e o apartheid.

O autor se apóia nos mais recentes estudos da genética molecular --como o seqüenciamento do genoma humano-- para provar que os rótulos usados para distinguir "raças" não têm qualquer significado biológico. E propõe a definitiva "desinvenção" desse conceito.

"Podemos dizer que, se a cultura ocidental inventou o racismo e as raças, temos, agora, o dever de desinventá-las", afirma Sérgio Pena. "Devemos fazer todo esforço em prol de uma sociedade desracializada, que valorize e cultive a singularidade do indivíduo e na qual cada pessoa tenha a liberdade de assumir uma pluralidade de identidades. Este sonho está em sintonia com o fato demonstrado pela genética moderna: cada um de nós tem uma individualidade genômica absoluta, que interage com o ambiente para moldar sua exclusiva trajetória de vida".

O Autor
Sérgio Pena é professor titular do Departamento de Bioquímica e Imunologia da UFMG e membro da Academia Brasileira de Ciências. A Série 21 da Publifolha é uma coleção de livros breves que comentam e explicam temas urgentes da atualidade de maneira atualizada e sintética. Além de "Humanidade Sem Raças?", outros volumes já lançados são "Terror Global" e "A Escalada da Carga Tributária".

"Humanidade Sem Raças?"
Autor: Sergio D. J. Pena
Editora: Publifolha
Páginas: 72
Quanto: R$ 12,90
Onde comprar: Nas principais livrarias, pelo telefone 0800-140090 ou no site da Publifolha.

Fonte: Folhaonline

Desnutrição da mãe deixa marcas no DNA da criança

EDUARDO GERAQUE
da Folha de S.Paulo

As condições do ambiente são determinantes para a história genética dos indivíduos, mesmo ainda dentro do útero materno. Mais uma prova disso vem de um estudo feito com o material genético de pessoas que nasceram na Holanda no fim da 2ª Guerra Mundial, quando o país passava por um embargo de comida imposto pelos alemães entre dezembro de 1944 e junho de 1945.

Cientistas dos EUA e da Holanda avaliaram o DNA de 122 pessoas. Metade do grupo estava no início da fase uterina quando o embargo começou (nasceram durante o embargo ou logo depois). Os dados deles foram comparados com os de seus irmãos, que não foram gerados nem nasceram no período de racionamento.

O resultado obtido no estudo, publicado hoje na revista "PNAS", mostra que a falta de comida, nos primeiros meses de gestação, altera o material genético dos filhos. Nenhum deles, porém, nasceu abaixo do peso ou com algum problema evidente de saúde.

As análises mostraram que o gene IGF2 (fator de crescimento semelhante à insulina 2) dos holandeses que tiveram, nos anos 1940, suas mães expostas à privação de alimento, passou por um processo chamado pelos cientistas de alteração epigenética, que é diferente de uma mutação tradicional.

"É a prova, mais uma vez, de que o ambiente tem um poder muito grande sobre os nossos genes", disse à Folha o pesquisador Lambert Lumey, do Instituto de Psiquiatria do Estado de Nova York e da Universidade Columbia, principal autor do estudo da "PNAS".

O gene IGF2 dos fetos cujas mães passaram fome sofreu a perda de radicais de metila (CH3). A metilação (quando o grupo metila está preso ao DNA) é importante porque ela ajuda a silenciar genes que podem ser indesejáveis.

No caso do IGF2, quando ele deixa de ser silenciado -a metilação sempre ocorre na cópia herdada da mãe-, o potente fator de crescimento que ele sintetiza pode ficar mais disponível no organismo. A conseqüência imediata desse processo é que o produto do IGF2 pode servir de combustível para o desenvolvimento de tumores no futuro.

"Nossa grande pergunta agora é tentar entender como essa baixa metilação causada pela exposição ao racionamento de comida pode interferir na vida real dessas pessoas", afirma Lumey. A relação com o câncer, até agora, é apenas teórica.

O estudo feito com os holandeses, todos com mais de 60 anos hoje, não mostrou relação entre mudanças epigenéticas e a falta de comida no período final de gestação. "Isso reforça a tese de que o estágio inicial do desenvolvimento dos mamíferos é crucial para a manutenção de marcas epigenéticas."

terça-feira, 28 de outubro de 2008

II Mostra de Biologia - de 22 a 29 de novembro

2º Mostra de Biologia do Curso de Licenciatura em Ciências Biológicas da Fundação Helena Antipoff em Ibrité

Objetivo da II Mostra
O objetivo da II Mostra de Biologia é mobilizar docentes e discentes a divulgar as práticas didáticas produzidas no curso de Ciências Biológicas até o momento, a formular um campo de saberes sobre o material didático através da construção de recursos didáticos como objeto do conhecimento e verificando a qualidade e o engajamento do discente no projeto. Durante o evento a comunidade acadêmica terá a oportunidade de conhecer a mostra didático-científica dos estudantes de graduação, participar das atividades artísticas culturais, palestras, conferências e mesas-redondas.

Normas para inscrição
1. Período de inscrição: 09/10/2008 a 31/10/2008
2. Horário para inscrição: Manhã – 09:10 as 09:30 / Tarde – 15:10 as 15:30
3. Local: Hall dos laboratórios.
4. Preencher todos os dados da ficha de inscrição.
(http://www.fundacaohantipoff.mg.gov.br/cb_II_mostra_inscricao.pdf)
5. Utilizar letra de forma.
6. Equipe de inscrição: Helimara, Lídia, Daniele, Tamires, Daniel.

Normas para apresentação
• Organização do espaço: 07:30 as 09:00
• Período de visitação: 09:00 as 10:00
• Encerramento das atividades: 11:00
• Apresentação de roteiro didático, durante a visitação
• Avaliação será feita por Comissão de professores - incentivo a pesquisa
• Veja os procedimentos avaliativos
(http://www.fundacaohantipoff.mg.gov.br/cb_II_mostra_avaliacao.pdf)

Contato:Nicolau Santiago Prímola - nsprimola@yahoo.com.br

Concursos Públicos para Biólogos

Concurso Público para Analista Ambiental (175 vagas para Biólogo)
O Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade abre as incrições para provimento de vagas no cargo de Analista Ambiental.As inscrições serão feitas somente via internet, no endereço eletrônico www.cespe.unb.br/concursos/icmbio2008, até o dia 19 de novembro de 2008.
Para ter acesso ao edital do concurso, clique no link:
http://www.cespe.unb.br/concursos/ICMBIO2008/arquivos/ED_1_2008_ICMBIO_ABT_FORM.PDF

Concurso Público Ministério do Meio Ambiente - MMA (04 vagas para Biólogo)
Estão abertas até o dia 09 de novembro (domingo), as inscrições para o Concurso Público do Ministério do Meio Ambiente (MMA). As vagas para biólogos são destinadas para Brasília (DF) nas áreas de 'Conservação e Promoção do uso de Recursos Genéticos' e 'Conservação e uso Sustentável da Biodiversidade'.
As inscrições podem ser feitas pelo site:
http://www.cespe.unb.br/concursos/MMA%5FPS2008/
Para acessar o edital, clique no link:
http://www.cespe.unb.br/concursos/MMA%5FPS2008/arquivos/ED_1_2008_MMA_PS_ABT_FORM.PDF

Concurso para perito criminal - Polícia Civil RJ (05 vagas para Biólogo)
Estão abertas até 31 de outubro (sexta-feira), as inscrições para o Concurso Público destinado ao provimento de cargos da classe inicial da carreira de Perito Criminal (3ª Classe), do Quadro Permanente da Polícia Civil do Rio de Janeiro. Para ver o edital do concurso, acesse o link:
http://201.20.19.254/Polciv2008.PeritoCriminal/Editais/Edital-PeritoCriminal-2008-10-10.pdf .
As inscrições devem ser feitas no site:
http://www.concurso.fgv.br/pcrjpc08/

Concursos Públicos para Professor - Biólogos

Concurso Público para Professor do CEFET-MG (01 vaga para Biólogo)
O Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (CEFET-MG) abre as inscrições de Concurso Público de Provas e Títulos para o provimento de vaga de Professor da Carreira de Magistério do Ensino Básico.
A vaga para biólogo é é na área de "Biologia Geral".
As inscrições para o concurso estarão abertas até o dia 14 de novembro, no seguinte endereço eletrônico: www.cefetmg.br.
Para acessar o edital do concurso, clique no link:
http://www.cefetmg.br/info/downloads/Edital_110.pdf .

Concurso Público para Professor Adjunto da UFPE (01 vaga para Biólogo)
Saiu o edital de concurso para professor adjunto da Universidade Federal de Pernambuco.
O candidato deve ser graduado em Ciências Biológicas e áreas afins e ter doutorado em Ciências Ambientais ou áreas afins.
O concurso vai ser realizado pela Coordenação do Curso de Ciências Ambientais UFPE na primeira quinzena de janeiro de 2009. Mais detalhes sobre o concurso podem ser encontrados no site:
http://www.proacad.ufpe.br/dde/edital_prof_magisterio_superior_2008/edital_98_01102008_recife/edital_98_01102008_reuni_recife.pdf

Concurso Público da Universidade Federal de São Carlos - UFSCar (01 vaga para Biólogo)
A Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) abre inscrições para o Concurso Público de Provas e Títulos, destinado ao provimento de 01 vaga para o cargo de Professor da Carreira de Magistério Superior, classe Adjunto, Nível I, no regime de Dedicação Exclusiva, com obrigação de prestar quarenta horas semanais de trabalho em dois turnos, diurno e/ou noturno para os cursos de Ciências Biológicas e outros cursos do campus de Sorocaba. A vaga se destina a área de 'Ecologia e Conservação'.
As inscrições serão realizadas até o dia 21 de novembro de 2008, exclusivamente via internet, no endereço eletrôncio www.srh.ufscar.br.
O edital pode ser acessado pelo link:
http://200.9.84.129/concursoprofessoradjunto115/editalpdf.pdf

Concurso Público da Universidade Federal de Lavras - Ufla (03 vagas para Biólogo)
A Universidade Federal de Lavras – Ufla informa que estarão abertas até o dia 19 de novembro de 2008, as inscrições para o concurso público destinado ao provimento de cargos na Carreira de Magistério Superior do Quadro Permanente da Universidade.
As vagas para biólogo são nas áreas de Sistemática vegetal de Criptógamas e Fanerógamas; Ecologia Animal e Zoologia Geral.
Os candidatos deverão preencher a ficha de inscrição no endereço www.drh.ufla.br, e entregar os documentos solicitados no edital na Divisão de Seleção e Desenvolvimento/DRH, Prédio da Reitoria da Ufla, Lavras/MG, de 8h as 11h e de 13h as 16h.
A taxa de inscrição para Professor Adjunto é de 150 reais.
O concurso terá validade de um ano, a partir da homologação do resultado final, podendo ser prorrogado por mais um ano.Mais informações através do site do DRH, pelo e-mail secdrh@ufla.br ou pelo telefone (35) 3829-1139.
Acesse o edital pelo link:
http://www.drh.ufla.br/Concurso/2008/ed38/ed3808.pdf

Concurso Público da Universidade Federal de Minas Gerais (02 vagas para Biólogos)
A Universidade Federal de Minas Gerais (www.ufmg.br) seleciona candidatos para preenchimento das vagas de PROFESSOR ADJUNTO, Nível 01, em 02 unidades do Instituto de Ciências Biológicas:
1 - Departamento de Fisiologia e Biofísica
2 - Departamento de Biologia Geral.
Maiores informações em http://www.icb.ufmg.br/arquivos/conc_prof.html

Curso Preparatório para PERITO CRIMINAL DA POLÍCIA FEDERAL – Uma boa opção para os Biólogos e Biomédicos

O IFAR é um instituto que dispõe de cursinhos preparatórios voltado para concursos de áreas específicas, como biologia.No último concurso de perito da PCDF o IFAR teve diversas turmas e a maioria dos alunos que obtiveram êxito no certame eram biólogos. Entre os 10 primeiros colocados no, 5 eram alunos no IFAR e 3 eram biólogos.

O IFAR atualmente dispõe de turmas específicas para Perito Biólogo da Polícia Federal, sendo o único cursinho com preparação específica nessa área. Há previsão de que este concurso saia nos próximos 5 meses.

Já está confirmado o início de novas turmas para o mês de Novembro:
Turmas Noturnas - Segundas e quartas-feiras (das 19 às 23h) - Início confirmado para 10/11/2008
Turmas aos Sábados (8h30 às 18h) - Início confirmado para 15/11/2008

O IFAR tem excelência neste tipo de preparação e é uma ótima oportunidade para os biólogos que pretendem fazer carreira de Perito Criminal.

Em início de carreira, a partir de fevereiro de 2009, um perito da Polícia federal receberá mais de R$ 13.000,00 Mais Informações do curso:
http://www.ifar.com.br/index.php?option=com_jportfolio&cat=1&project=21&Itemid=46

Público Alvo: Biólogos e Biomédicos
Carga Horária: 250 horas aula
Informações e matrículas:
IFAR - Instituto de Estudos Farmacêuticos
SHIGS 702 Bloco C - Térreo do Colégio Maria Auxiliadora Asa Sul, Brasília - DF
Telefone: (61) 3224-6932
www.ifar.com.br

segunda-feira, 27 de outubro de 2008

ENQUETE IBAMA SOBRE A LEGALIDADE DA CAÇA

O Supremo Tribunal Federal – STF está julgando uma ação sobre a legalidade da caça amadora no país e solicitou ao Ibama um parecer. O único estado que tem a atividade regulamentada é o Rio Grande do Sul, mas a caça está proibida de ser realizada desde 2005. Atualmente, os únicos tipos de caça permitidos são a de controle e a científica, mas somente podem ser realizadas após estudos sobre sua necessidade e com o dimensionamento dos respectivos impactos para as espécies.

De um lado, os defensores da caça amadorista alegam que as áreas utilizadas para a atividade são uma alternativa de uso sustentado à expansão agrícola e que o dinheiro arrecadado pelas associações são utilizados, também, como apoio na proteção a áreas de planos de manejo e de unidades de conservação.

Aqueles que são contrários à caça amadora alegam que a prática é cruel, que há suspeita de poluição ambiental, pois há emissão irregular de chumbo na biosfera, que faltam estudos e que a atividade não tem uma finalidade social relevante que a legitime.

Neste contexto, o Ibama quer saber a sua opinião sobre a caça amadora. Você é contra ou a favor a manutenção da atividade no Brasil?

Para dar sua opinião na enquete, clique no link:
http://www.ibama.gov.br/2008/10/enquete-voce-e-contra-ou-a-favor-a-caca-amadora/

Cursos em Meio Ambiente do Instituto Aqualung

O Instituto Ecológico Aqualung (www.institutoaqualung.com.br) é hoje uma das maiores e mais atuantes entidades preservacionistas brasileiras. Atuando na área de preservação e educação ambiental, divulgando a informação e o conhecimento sobre as causas ecológicas, criando publicações sobre o meio ambiente e a fauna marinha e lançando campanhas de conscientização da importância de se preservar o meio ambiente, o Instituto Ecológico Aqualung vem desenvolvendo um trabalho moderno, eficiente e de inestimável valor para as gerações futuras a preservação do nosso planeta.

Com o oferecimento de cursos nos mais diversos temas relacionados às questões ambientais, o Instituto, mais uma vez, cumpre o seu papel de divulgador e centro de referência para os assuntos ligados à natureza e ao meio ambiente.

Para ver a programação em Cursos em Meio Ambiente, clique no link:
http://www.institutoaqualung.com.br/cursos.html

Observação: os cursos ocorrem apenas nos estados do Rio de Janeiro e de São Paulo.

sexta-feira, 24 de outubro de 2008

Técnica apaga memórias específicas em cobaias

RAFAEL GARCIA
da Folha de S.Paulo

Um novo experimento trouxe para mais perto da realidade uma técnica anteriormente só vista em ficção científica. No filme "Brilho Eterno de uma Mente Sem Lembrança", um médico era capaz de eliminar recordações traumáticas que as pessoas queriam esquecer.

Cientistas acabam de relatar que conseguiram fazer o mesmo, só que em camundongos. Em estudo na revista "Neuron", Joe Tsien, do Colégio Médico da Geórgia (EUA), mostra como induziu roedores a perderem memórias traumáticas que adquiriam quando levavam choques elétricos em uma gaiola especial.

Ao contrário de experimentos anteriores, desta vez os cientistas mostraram que é possível fazer isso sem eliminar outras memórias importantes dos camundongos.

A pesquisa aponta para a possibilidade de desenvolvimento de um fármaco para tratar males como o transtorno do estresse pós-traumático, que afetar muitos veteranos de guerra.

Tsien, porém, se mostra um pouco cético. "Pessoalmente, não acho que será possível fazer isso em humanos, visto quão complexo é nosso cérebro", disse à Folha. "Mas, se isso acontecer antes de eu morrer, não ficarei tão surpreso."

O truque de Tsien para escolher a memória a ser apagada nos roedores foi criar um animal transgênico que, ao sinal de uma droga especial, inunda o cérebro com uma proteína reguladora de memórias chamada CaMKII. Se a droga é dada quando uma determinada memória é "lembrada", é ela que passará a ser suprimida.

Tsien também reforça que o esquecimento induzido tem riscos, pois todas as memórias, incluindo as dolorosas, são vitais para a consciência. "Se alguém tem uma desilusão amorosa, esperar por uma pílula para apagar a memória do relacionamento não é a solução."

I Encontro de Biologia da Faculdade Alvorada

Período do Encontro: 03 a 07 de novembro de 2008O evento será realizado na Faculdade Alvorada (AV. W3 Norte Quadra 516) - Sala 305, no horário de 19h00 as 22h30. O evento tem o apoio do CRBio-04.

O investimento para participação será de R$ 20,00 (vinte reais).

A programação do evento está sendo concluída, mas com as seguintes palestras já confirmadas:
Legislação Ambiental Básica - Palestrante: Sr. Vinícius Melo
Clonagem de Animais e Células-Tronco Embrionárias - Palestrante: Sr. Marcelo Tigre Moura
Memória em Sono REM (Rapid Eye Movement) - Palestrante: Sr. Humberto Martins
Mecanismos de defesa contra herbivoria em plantas - Palestrante: Srª Débora Pires
O tratamento da AIDS e a Resistência Viral - Palestrante: Sr. Walderlei San'tanna
Recuperação de Matas de Galeria - Palestrante: Srª Alba Ramos

Ainda haverá uma apresentação do grupo de teatro da UCB, com o espetáculo "Meu Cerrado, Cerradinho" na abertura do evento no dia 03 de novembro.

Telefones de contato: (61) 92650887 (Adriana Holanda) e (61) 84750269 (Fabrícia Rodrigues)

V Semabio/ UFG

A Semana de Biologia (Semabio) é um evento anual promovido pelo Centro Acadêmico de Ciências Biológicas do Campus Jataí da Universidade Federal de Goiás, e constitui-se em um espaço para complementação das atividades acadêmico-científicas, bem como apresentação e discussão de trabalhos de pesquisa em Ciências Biológicas.

Sua quinta edição será realizada no período de 03 a 07 de novembro de 2008, no Centro de Ciências Agrárias e Biológicas do Campus Jataí da Universidade Federal de Goiás.

O evento conta com mini-cursos, palestras e mesas redondas. O CRBio-04 é o patrocinador ofical do V SEMABIO 2008.

Maiores informações pelos telefones (64) 3632-0000 / 3632-0012, pelo e-mail semabio@semabio.com.br e pelo site oficial do evento: www.semabio.com.br .

quinta-feira, 23 de outubro de 2008

Mineiradoras são punidas por danos ao meio ambiente

Aproximadamente 50 hectares do Parque Nacional Serra da Canastra, localizado no Centro-Oeste de Minas Gerais, foram destruídos por mineradoras que atuam ilegalmente na extração de quartzito – tipo de rocha utilizada em larga escala pela construção civil. A ilegalidade, denunciada pelos responsáveis pelo parque, resultou na Operação Quebra Pedra, que foi liderada pelo Instituto Chico Mendes, órgão do governo federal, em ação conjunta com as polícias Federal e Ambiental de Minas Gerais e o Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e Recursos Naturais Renováveis (IBMA).

A operação, que começou no dia 8, autuou, quarta-feira, quatro mineradoras, que estão proibidas de continuar as atividades. “O embargo se deve ao fato de que as empresas, além de extraírem o material ilegalmente, descumpriram o termo de ajustamento de conduta firmado com o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade”, explicou o chefe do Parque Nacional Serra da Canastra, Joaquim Maia Neto. Ele acrescentou que há muitos anos são detectados o crescimento da extração e a ilegalidade. “Das nove empresas que atuavam, cinco já tiveram o TAC suspenso e, hoje (quarta), essas quatro foram autuadas. Elas jogavam rejeitos nos rios e atuavam em áreas não autorizadas.”

Durante a operação, que continua na região, os 30 agentes tiveram de demolir vários barracões, que serviam de abrigo a garimpeiros, e depósitos de ferramentas e de pedras. Apreenderam ainda caminhões e obstruíram várias estradas construídas para dar passagem aos veículos que transportavam o produto.

Fonte: Estado de Minas

Seminário "Situação Atual e Estratégias de Conservação das Espécies de Peixes em MG"

A Associação Mineira de Defesa do Ambiente (AMDA), com o apoio da Companhia Energética de Minas Gerais (CEMIG), organiza o Seminário "Situação Atual e Estratégias de Conservação das Espécies de Peixes em Minas Gerais".

O evento irá acontecer nos dias 03 e 04 de novembro no Auditório do Edifício-Sede da Cemig (Av. Barbacena, 1.200. Bairro Santo Agostinho. Belo Horizonte / MG).

Para fazer sua inscrição (gratuita), envie um e-mail para eventos@amda.org.br, informando nome completo, nome para crachá, instituição, endereço eletrônico e telefone para contato.

Para ver a programação completa do Seminário, acesse o link:
http://www.crbio4.org.br/images/stories/anexos/amda2.jpg

II SIMPÓSIO, II CURSO E CICLO DE PALESTRAS SOBRE RAD, EM MOGI-GUAÇU

O Instituto de Botânica de São Paulo e o Projeto Mata Ciliar /Banco Mundial, ambos vinculados à Secretaria de Estado do Meio Ambiente de SãoPaulo, realizarão um simpósio, um curso e um ciclo de palestras, nos dias 28, 29 30 e 31 de outubro de 2008, na cidade de Mogi-Guaçu, sobrerecuperação ambiental de áreas degradadas (RAD).

O objetivo é a disseminação das mais recentes informações sobre esta área de conhecimento, destacando-se aquelas relacionadas às zonas ciliares.

No site do Instituto de Botânica: www.ibot.sp.gov.br, se encontra as programações e a ficha de inscrição.

Chineses apontam espécie responsável por ligação entre dinossauros e aves


Cientistas chineses encontraram um fóssil de uma nova espécie que pode ser o elo da evolução dos dinossauros terrestres para as aves. O Epidexipteryx hui era coberto de penas, mas não podia voar.

A equipe de pesquisadores da Academia de Ciências da China explica nesta quarta-feira (22), em artigo na revista científica "Nature", que a descoberta traz mais complexidade à história da evolução dos dinossauros para as aves e dá suporte à hipótese que a transição aconteceu a partir dos terópodes.

Em uma linguagem pouco comum para uma publicação científica, os chineses reconhecem que o dinossauro era "raro". O animal era um parente distante do Tiranossauro Rex, mas não era maior que um gato.

Este animal, do tamanho de uma pomba e que pesava cerca de 160 gramas, viveu pouco antes que o Archaeopteryx, considerado a ave mais antiga do mundo.

Muitas das características do dinossauro são as de uma ave, como dois pares de penas muito longas, com o aspecto de laços que nasciam de sua pequena cauda.

Os cientistas, liderados por Fucheng Zhang, indicam, no entanto, que o Epidexipteryx hui não podia voar, pois tinha penas no contorno das extremidades.

Os cientistas afirmam que a plumagem pouco comum era um adorno que servia para atrair o sexo oposto. Assim como o pavão real, que movimenta a cauda para atrair a fêmea, o dinossauro provavelmente mostrava as penas para cortejar a escolhida.

O nome Epidexipteryx Hui provém de um composto grego que significa 'desdobramento de penas' e de Yaoming Hui, 42, um paleontólogo chinês morto em abril deste ano, depois de uma longa doença.

Fonte: Efe e France Presse

quarta-feira, 22 de outubro de 2008

O horror contemporâneo, sacolas plásticas

Use sua mochila ou sacola de palha, sacola de feira, de pano. Esqueça as sacolas plásticas!
O meio ambiente e os animais agradecem!!!
Divulgue.



Pós-graduação Perito Criminal

terça-feira, 21 de outubro de 2008

II Semana da Biologia da UEMG - Ubá

Entre os dias 05 e 08 de novembro de 2008, o Diretório Acadêmico da Escola de Ciências Naturais e Exatas da UEMG – Ubá, irá realizar a II Semana da Biologia, concomitante com a I Semana da Química e o II Seminário de Ciências Naturais e Exatas na Universidade do Estado de Minas Gerais – Campus Ubá.

O evento será realizado em Ubá (MG) e conta com o incentivo e a colaboração de professores da Escola de Ciências Naturais e Exatas da UEMG.

Maiores informações pelo e-mail semuemguba@hotmail.com e pelo telefone (32) 3532-2459.

Para ver a programação completa, acesse o link:
http://www.crbio4.org.br/images/stories/anexos/seminario_uemg.pdf

Observação de Aves - Ecoturismo em São Lourenço da Serra - 08 e 09 de Novembro

(clique na imagem para amplia-la)


Tesouros arqueológicos podem voltar da Dinamarca

Minas Gerais poderá ter de volta parte de seus tesouros arqueológicos, que hoje estão no Museu Real da Dinamarca. A expectativa é de que, dentro de um ano e meio, alguns dos 12 mil fósseis levados para Copenhague, no século 19, pelo paleontologista Peter Lund (1801-1880), possam ser admirados por brasileiros e estrangeiros em Lagoa Santa, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. Para fortalecer o entendimento sobre a transferência desse patrimônio cultural, chega hoje, às 9h30, a Lagoa Santa, o cônsul geral da Noruega e presidente da Câmara de Comércio dos dois países escandinavos, o dinamarquês Jens Olesen. Ele será recebido pelo secretário estadual do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Semad), José Carlos Carvalho, pelo secretário-adjunto de Turismo, Robson Napier, e pelas autoridades locais.

A expectativa é grande em Lagoa Santa, diz o chefe do setor municipal de patrimônio turístico e cultural, Roberty Lauar: “O nosso desejo é de que, já em 25 de maio de 2010, quando vamos lembrar os 130 anos da morte do ‘pai da paleontologia brasileira’, as peças possam ser vistas num centro de exposição e receptivo turístico. Ele deverá ser construído, numa parceria da prefeitura e governo do estado, ao lado da Gruta da Lapinha, um dos sítios estudados por Lund”. Ele destaca que o mais importante desse acervo é ter a impressão digital do paleontólogo, que viveu na região durante 40 anos e está sepultado em Lagoa Santa. De acordo com informações da Semad, a construção do receptivo ainda está em fase de concepção e planejamento.

A idéia, segundo o chefe municipal do patrimônio, é de que o acervo exposto na Dinamarca seja enviado para Minas, num sistema de comodato, por um período de 30 anos. As peças, que incluem ossadas (humanas e de animais) de milhares de anos foram, gradativamente, desapachadas por Lund para Copenhague, ao lado de mobiliário, como escrivaninhas. “O cônsul Jens Olesen já conversou com as autoridades dinamarquesas, inclusive com o ministro da Cultura. Eles aceitaram fazer a transferência, mas precisamos de um local adequado para receber os fósseis”, afirma Lauar. Esta seria, disse, a primeira vez que tal acervo viria para o Brasil.

Enquanto as peças não chegam, Lagoa Santa vai ganhar um presente, enviado pela Dinamarca. Trata-se de um monumento de 1,90m de altura, em mármore italiano, pesando uma tonelada e esculpido pelo artista Jesper Neegaard. A homenagem vai ficar ao lado do túmulo de Lund, no Centro de Lagoa Santa, sendo inaugurada em 25 de maio próximo.

Fonte: Estado de Minas

segunda-feira, 20 de outubro de 2008

A energia nuclear na Semana Nacional de Ciência e Tecnologia


A energia nuclear vem ocupando um importante papel na melhoria da qualidade de vida dos brasileiros. O uso das tecnologias nucleares está contribuindo para a conservação dos alimentos que o homem do campo produz. Na área médica, há aplicações no diagnóstico e tratamento de uma série de doenças. A indústria se beneficia em diferentes segmentos. A energia elétrica gerada nas usinas Angra 1 e Angra 2 contribui para o desenvolvimento do país. Há ainda diversas outras áreas nas quais poucos imaginam que a energia nuclear possa estar presente de forma tão fundamental.

A Comissão Nacional de Energia Nuclear (CNEN) investe em pesquisa e desenvolvimento na área nuclear e atua para que o uso destas tecnologias seja cada vez mais amplo e seguro. Alguns usos da energia nuclear poderão ser conhecidos nas exposições que a CNEN montará em diferentes locais e datas durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, que ocorre de 20 a 26 de outubro.

Nas exposições da CNEN será possível conhecer diversas aplicações da energia nuclear e as ações para garantir o uso seguro desta tecnologia no Brasil.

Programação para visitação dos estandes da Comissão Nacional de Energia Nuclear - CNEN:

Rio de Janeiro
Angra dos Reis - Cais de Santa Luzia
De 22 a 24 de outubro
horário: 09:00 às 18:00h

Pavilhão de São Cristóvão
De 23 e 24 de outubro
horário: 09:00 às 18:00
De 25 de outubro
horário: 12:00 às 20:00h


Brasília
Esplanada dos Ministérios
De 20 a 26 de outubro
horário: 09:00 às 18:30h

Goiânia
Rodoviária do Shopping Araguaia
De 20 a 26 de outubro
horário: 10:00 às 22:00

Belo Horizonte
Parque Municipal de Belo Horizonte
De 22 a 26 de outubro
horário: 10:00 às 18:00

V Semana Nacional de Ciência e Tecnologia já tem atividades previstas para BH


O Ministério de Ciência e Tecnologia vai realizar, entre 20 e 26 de outubro, a V Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. O objetivo é valorizar a criatividade, a atitude científica e a inovação. A Semana é tratada também como instrumento para discutir os resultados, a relevância e o impacto das pesquisas desenvolvidas e aplicadas no Brasil. Os estudantes terão ainda a oportunidade de inscrever projetos, concorrendo a bolsas de incentivo, notebooks e aparelhos de MP3 e MP4.

A edição deste ano terá como tema “Evolução e Diversidade”, referência aos 150 anos da apresentação dos estudos de Charles Darwin sobre a seleção natural. O evento ocorre em todos os estados brasileiros e conta com a participação de governos estaduais e municipais, entidades científicas e tecnológicas e instituições de ensino e pesquisa. Já estão confirmadas quatro atividades em Belo Horizonte, sendo três delas na UFMG.

A Rádio UFMG (104,5 fm) estreou, no dia 1º de julho, o programa Na Onda da Vida, mesa-redonda sobre evolução com os professores Edson Coelho de Morais e Fabrício Rodrigues dos Santos, do Departamento de Biologia, com mediação da professora Adlane Vilas-Boas. No dia 21 de outubro, das 21h às 22h, uma edição especial do programa vai integrar a agenda da V Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

O seminário Darwinismo Ativo, que vai acontecer no Auditório da Faculdade de Ciências Econômicas, também é parte da Semana. O evento acontece nos dias 1º e 2 de outubro, das 9h às 17h30, e no dia 3, das 8h30 às 15h30. Organizado pela Fiocruz-Minas e pela UFMG, o seminário vai apresentar, discutir e disseminar, de forma histórica e crítica, os fundamentos conceituais do darwinismo, sobretudo nos aspectos que dizem respeito à vida humana. As inscrições são realizadas através do e-mail da Pró-Reitoria de Extensão.

A Semana de Conhecimento da UFMG também integra, desde 2005, a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Entre os dias 20 e 24 de outubro, serão apresentados à comunidade universitária os trabalhos desenvolvidos por estudantes nos mais variados temas. Os melhores trabalhos receberão menção honrosa.

Ciência no Parque
Mantendo a tradição da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia, o Parque Municipal abrigará a mostra Ciência no Parque. Serão realizadas exposições voltadas para crianças e jovens, e várias áreas do conhecimento – como saúde, energia nuclear, meio ambiente, astronomia, ciências naturais, física, química e biologia – serão apresentadas de forma lúdica, interativa e interdisciplinar. No ano passado, a UFMG organizou o espaço Ciência, Arte e Sociedade e levou alguns de seus trabalhos de pesquisa. A Universidade realizou também atividades interativas e gratuitas junto ao público, tais como oficinas, exposições, apresentação de vídeos e a distribuição da cartilha Saúde, Mitos e Verdades.

A Semana Nacional de Ciência e Tecnologia acontece desde 2004. No ano passado, foram realizadas quase 10 mil atividades em aproximadamente 400 cidades. A programação deste ano ainda está sendo elaborada e instituições interessadas podem encaminhar propostas de atividades.

Fonte: UFMG

XII Simpósio Brasileiro de Paleobotânica e Palinologia

Acesse o site oficial do evento: http://www.xiisbpp.com.br/

I Simpósio em Biotecnologia Molecular Industrial


De 29 de outubro a 01 de novembro de 2008 irá acontecer o I Simpósio em Biotecnologia Molecular Industrial - I SBMI.

O evento é realizado pela Universidade Católica de Goiás (http://www.ucg.br/) e tem como objetivo principal realizar uma Semana de Integração Acadêmica entre profissionais do setor produtivo que se utilizam de biotecnologia como a indústria farmacêutica, biocomustíveis, alimentos e afins. O simpósio também tem como objetivo reunir alunos de cursos pertinentes a discussão e alunos do Mestrado Profissional em Gestão, Pesquisa e Desenvolvimento em Tecnologia Industrial Farmacêutica.

Para obter maiores informações sobre o I SBMI , acesse o site oficial do evento:
http://www.ucg.br/ucg/eventos/Simposio_Biotecnologia_Molecular_Industrial/home/index.asp

Contato:
e-mail: sbmi@ucg.br
telefones: (62) 3946-1412 / (62) 9261-0800

sexta-feira, 17 de outubro de 2008

Concurso para preenchimento de vagas - Professor Adjunto UFMG

A Universidade Federal de Minas Gerais (www.ufmg.br) seleciona candidatos para preenchimento das vagas de PROFESSOR ADJUNTO, Nível 01, em 02 unidades do Instituto de Ciências Biológicas:
Departamento de Fisiologia e Biofísica e Departamento de Biologia Geral.

VAGAS

Ecologia e Conservação da Biodiversidade
O Edital 496/2008 foi publicado no Diário Oficial da União em 07 de outubro de 2008, páginas 47 e 48, seção 3.
Prazo de inscrição: 66 (sessenta e seis) dias
Início das inscrições: 08 de outubro de 2008
Término das inscrições: 12 de dezembro de 2008
Data provável do concurso: 02/03/2009 a 22/03/2009

Fisiologia e Biofísica
O Edital 496/2008 foi publicado no Diário Oficial da União em 07 de outubro de 2008, páginas 47 e 48, seção 3.
Prazo de inscrição: 120 (cento e vinte) dias
Início das inscrições: 08 de outubro de 2008
Término das inscrições: 04 de fevereiro de 2009
Data provável do concurso: 21/03/2009 a 04/06/2009

Para acessar as páginas 47 e 48 do Diário Oficial da União de 07 de outubro de 2008, clique nos seguintes links:
http://www.icb.ufmg.br/arquivos/concurso/edital_496p47_fisiologia_e_ecologia.pdf http://www.icb.ufmg.br/arquivos/concurso/edital_496p48_fisiologia_e_ecologia.pdf

Mestrado Profissional em Tecnologia Industrial Farmacêutica


Estão abertas até o dia 07 de novembro (sexta-feira), as incrições para a seleção do Mestrado Profissional em Gestão, Pesquisa e Desenvolvimento em Tecnologia Farmacêutica - MPTF da Universidade Católica de Goiás (http://www.ucg.br/)

O curso é direcionado a profissionais dos setores administrativo e técnico atuantes no setor farmacêutico e alimentício humano e veterinário, bem como a alunos de cursos como administração, economia, farmácia, química, biologia, engenharia de produção e afins.

O Mestrado tem como objetivo a capacitação e a promoção de pesquisa, desenvolvimento e inovação (PD&I) e a transferência de tecnologias, propiciando a integração entre o setor produtivo e o meio acadêmico.

Para ter acesso ao edital e maiores informações, acesse a página do Mestrado:
http://www.ucg.br/ucg/eventos/Simposio_Biotecnologia_Molecular_Industrial/home/mestrado.asp

quinta-feira, 16 de outubro de 2008

CAPACITAÇÃO EM PROJETOS DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA

A AMBIENGE – Ambiental Engenharia LTDA, empresa da área de Engenharia Ambiental e Saneamento, realizará o Curso de Capacitação em Projetos de Abastecimento de Água. E este será composto por 2 cursos:

Curso 1 - Dimensionamento de Estação de Tratamento de Água

Curso 2 - Dimensionamento de Sistemas de Distribuição de Água

OBS:
Trata-se de dois cursos, que poderão ser feitos individualmente

Público-alvo
Empresas, Companhias e Autarquias dos setores de Projetos e Saneamento, Engenheiros, Arquitetos, Tecnólogos, Professores e Estudantes da área de Engenharia e Meio Ambiente.

Vagas Disponíveis
40 vagas

Carga Horária
32 horas

Pré-requisitos
Noções de hidráulica e/ou cálculo básico.

Objetivo
Capacitar profissionais a executarem projetos de abastecimento de água e projetos de tratamento de água para o abastecimento humano, dentro dos padrões da portaria Nº. 518/2004 do Ministério da Saúde e Normas Técnicas da ABNT. Utilizar programas específicos fornecidos durante o curso para a realização dos cálculos de dimensionamentos.

Instrutor
Hélio Fernandes – Engenheiro Civil, Pós-graduado em Engenharia Sanitária e Ambiental com ampla experiência na área de projetos no setor de saneamento.

Data
14 a 17 de novembro de 2008

Local
FACTHUS - Faculdade Talentos Humanos. Rua Manoel Gonçalves de Resende, 230 - São Critovão Uberaba/MG

Horário
8:00 às 12:00 e das 14:00 as 18:00 hrs.

Programa
Curso 1 - Dimensionamento de Estação de Tratamento de Água – ETA
¨ Diversidade de processos de tratamento de água.
¨ Parâmetros / definições e dimensionamento relacionados à coagulação.
¨ Parâmetros / definições e dimensionamento das unidades de floculação.
¨ Descrição de ensaios práticos de laboratório para verificação da eficiência do processo de coagulação/floculação.
¨ Parâmetros / definições e dimensionamento das unidades de decantação - remoção hidráulica e mecânica de lodo.
¨ Parâmetros / definições e dimensionamento das unidades de flotação.
¨ Parâmetros / definições e dimensionamento das unidades de filtração.
Curso 2 - Dimensionamento de Sistemas de Distribuição de Água
¨ Noções básicas e avançadas de hidráulica.
¨ Setorização da área de atendimento.
¨ Unidades de recalque - curva característica - associação de bombas.
¨ Projeto global do sistema de distribuição de água – Parte I.
¨ Simulação pontual do sistema de distribuição.
¨ Simulação ao longo de 24 horas - Parte I.
¨ Projeto global do sistema de distribuição de água – Parte II.
¨ Simulação ao longo de 24 horas - Parte II.
¨ Simulação com bomba de rotação variável – Parte II.

Inscrições
Solicitar ficha de inscrição pelo e-mail ambienge@gmail.com

Formas de Pagamento
À vista ou em 2x (20/10/08 e 10/11/08)

Custo
Universitários
Curso 1 ou Curso 2 - R$ 250,00
2 Cursos -R$ 350,00

Profissionais
Curso 1 ou Curso 2 - R$ 350,00
2 Cursos - R$ 550,00

Coordenação
Dóris Garisto Lins - Engª Florestal, Ambiental e Sanitária, Bióloga, Perita e Auditora Ambiental - Diretora da AMBIENGE.
Enjolras Peixoto - Engº Sanitário, Auditor e Perito Ambiental - Diretor de Projetos AMBIENGE.
Alline Custódio e José Roberto Júnior - Departamento de Engenharia Ambiental AMBIENGE

Informações, reservas e inscrições
E-mail: ambienge@gmail.com
Telefone: (34)9125-6600

Apoio Institucional: FACTHUS – Faculdade Talentos Humanos
Parceria: REBIA – Rede Brasileira de Informação Ambiental
Patrocínio: Hidro Solo

II SIMPÓSIO BRASILEIRO DE RECURSOS GENÉTICOS - II SBRG


O II SIMPÓSIO BRASILEIRO DE RECURSOS GENÉTICOS - II SBRG - será realizado no Hotel Nacional, em Brasília, DF no período de 25 a 28 de Novembro.

O II SBRG tem por objetivos discutir e analisar novos paradigmas e estratégias relacionadas ao Acesso, Conservação e Uso da Diversidade Genética, de modo a garantir que o país disponha de Acervos de Recursos Genéticos necessários à garantia da nossa segurança alimentar e à promoção da competitividade da nossa agropecuária.

Contato
mailto:Contatosbrg@cenargen.embrapa.br - Secretaria (61) 3448 4656

Visite o site oficial do evento
http://www.sbrg.com.br/

III Evento Brasileiro de Créditos Ambientais


O Evento Brasileiro de Créditos Ambientais, nesta sua terceira edição, reunirá experts de vários setores em Sustentabilidade e Projetos que podem conceber Créditos Ambientais (Créditos de Carbono e Créditos non-CO2), provenientes dos Gases de Efeito Estufa (GEE): dióxido de carbono (CO2), metano (CH4), óxido nitroso (N2O), Hidrofluorcarbontetos (HFCs), Perfluorcarbonetos (PFCs) e Hexafluoreto de Enxofre (SF6) e seus precursores; objetivando disseminar entre os participantes conhecimentos e informações de ponta que oportunizem e aprimorem iniciativas sustentáveis na área ambiental e financeira.

Serão enfatizadas informações de convenções da UNFCCC como: Accra (Guana), Poznan (Polônia) e Copenhague (Dinamarca); que regem o Mercado de Créditos Ambientais (Créditos de Carbono e non-CO2), assim como os resultados para a Sustentabilidade e o equilíbrio do Meio Ambiente.

O evento contará com importantes palestras:

.Convenções da UNFCCC (Accra, Poznan e Copenhague) e seus impactos nos diversos setores Brasileiros e Projetos de MDL;
.Um Negócio Sustentável de Sucesso;
.Agroenergia: Agricultura Sustentável e Biocombustíveis;
.Reflorestamento: Escalas, Barreiras e Oportunidades de Créditos de Carbono (MDL);
.Financiamentos para Projetos de Créditos de Carbono (MDL) Indústria, energia, etc...;
.Créditos de Carbono, Projetos de MDL de Pequena e Grande Escala;
.Construções Sustentáveis: Projeto e questões socioambientais;
.Reconheça o ser Patrimônio Ambiental - Demonstre sua Sustentabilidade;
.Água: Projetos Sustentáveis e Créditos para Agricultura;
.Energia e Sustentabilidade;
.Transportes e Mudanças Climáticas; e
.Cases de Sucesso Biomassa e Tratamento de Efluentes para obtenção de Créditos de Carbono através de Mecanismo de Desenvolvimento Limpo -MDL

DATA
03 e 04 de novembro

LOCAL
Centro de Cultura e Eventos da UFSC / Florianópolis (SC)

INSCRIÇÕES
Até dia 31 de outubro

ATENÇÃO BIOLOGOS
Como o Sistema CFBio/CRBios está apoiando o evento todo Biologo que apresentar sua cédula de identidade de Biólogo e a comprovação que está em dia com a anuidade de 2008, terá desconto de 15% na inscrição.

Inscrições e maiores informações no site oficial do evento: www.creditosambientais.com.br

quarta-feira, 15 de outubro de 2008

15 de outubro - Dia do Professor


I Encontro da UFTM sobre Gestão de Resíduos Sólidos

Nos dias 5, 6 e 7 de novembro de 2008, a Universidade Federal do Triângulo Mineiro irá promover o I Encontro da UFTM sobre Gestão de Resíduos Sólidos.

O valor da inscrição para profissionais é de R$12,00 e para estudantes e maiores de 65 anos custa R$6,00. Os resumos podem ser enviados até 30 o dia de outubro e devem ser apresentados na forma de painel, conforme instruções na página do evento.

Para ver a programação completa e fazer a inscrição no evento, acesse os links: http://www.uftm.edu.br/EUGRS e
http://www.crbio4.org.br/images/stories/anexos/residuosolidos.pdf .

Curso Biotecnologia - Toxinas de Serpentes: do DNA à Proteína


terça-feira, 14 de outubro de 2008

Livro "Educação Ambiental Para Todos..."


Neste livro o leitor encontrará na ciência da Educação Ambiental uma visão holística, atual e convivências, que tornam a arte de ensinar uma maneira eficaz de melhorar o mundo em que vivemos. É um livro para educador, educando e toda a sociedade, pois seus objetivos são de conscientizar, dinamizar ações e transformar sentimentos em atitudes. Encontram-se também, técnicas de oratória que permitem uma comunicação maior do educador com seu educando, e que também auxilia o educando nas suas relações do dia-a-dia.

A elaboração desta obra foi para você, buscando dar subsídios para a educação ambiental, apresentar a legislação pertinente, facilitando o entendimento e demonstrando esse processo de aprendizagem. Por isso, foram inseridos aspectos pedagógicos que integram o conteúdo à realidade da sociedade atual, dando significado ao estudo e conscientização do Meio Ambiente e a importância da sua preservação e a concretização de atitudes para um desenvolvimento sustentável.

Sobre o Autor
Eduardo Frizi Nascimento, nascido em 11 de setembro de 1977, na cidade de Ituverava-SP. É formado em Ciências Biológicas pela FFCL/FE - Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras, em 2005, com Pós-graduação em Agronegócio e Desenvolvimento Sustentável pela FAFRAM/FE - Faculdade Doutor Francisco Maeda, em 2007. Atualmente cursando Pós-graduação em Educação Ambiental e Responsabilidade Social na FAFRAM/FE, é consultor ambiental e Pesquisador no "Núcleo de Desenvolvimento Sustentável" da FAFRAM/FE. Ministra aulas, palestra e cursos.


Observação
LIVRO IMPRESSO EM PAPEL RECICLADO (a cada tonelada de papel reciclado poupam-se 07 árvores).

Aquisição
Para adquirir o livro, entre em contato diretamente com o autor:
frizibiologo@gmail.com

Evolução humana chegou ao ápice, diz geneticista

Um professor da Universidade de Londres afirmou que a humanidade chegou ao fim de sua evolução. O geneticista Steve Jones, em uma conferência chamada “O Fim da Evolução Humana”, argumentou que, devido aos avanços da tecnologia e da medicina, já não são apenas os mais fortes que passarão seus genes para a geração seguinte.

Ele sugeriu que o tipo de homens que encontramos no mundo hoje é o único que haverá - porque os seres humanos não ficarão mais fortes ou inteligentes ou saudáveis. “Acho que todos estamos de acordo com o fato de a evolução ter funcionado de forma adequada para o ser humano no passado”, afirmou o cientista à BBC.


Evolução e passado
“Um dos exemplos está nas razões que permitiram que o homem negro vivesse na África e o branco pudesse viver na Europa.”

“O homem branco perdeu o pigmento de melanina da pele, absorvendo mais radiação solar e produzindo mais vitamina D, permitindo que seus filhos crescessem mais saudáveis.”

“Este é apenas um exemplo, há vários outros. Ao compreender como foi a evolução no passado, podemos deduzir como será no futuro”, afirmou. Segundo o cientista, para que exista evolução são necessários três fatores: seleção natural, mutação e mudanças aleatórias.

O cientista acredita que os humanos reduziram de forma inesperada nossas taxas de mutação devido às mudanças de nossos padrões reprodutivos.

Estes padrões reprodutivos incluem mudanças sociais como os padrões de casais e os mecanismos anticoncepcionais. As substâncias químicas e a poluição também alteraram a genética humana.

Mas, o fator mais importante que alterou as mutações é a redução do número de homens mais velhos que têm filhos.


Mutações
Diferente das mulheres que, com o avanço da idade produzem menos óvulos, os homens nunca deixam de produzir espermatozóides. Quando o homem chega aos 29 anos, em média a idade de procriação masculina ocidental, ele já copiou e repassou 300 vezes o espermatozóide original que o criou (e que foi passado por seu pai). Em um homem de 50 anos, isto já ocorreu mil vezes.

Cada vez que o espermatozóide é copiado e repassado, ocorrem divisões celulares, cada uma com possibilidades de mutação, e talvez de erros. Desta forma, com menos pais em idade avançada existem menos possibilidades de passar para a geração seguinte mutações ou defeitos aleatórios.
Sem seleção

“Outro fator (a ser levado em conta) é a diminuição da seleção natural”, afirmou Jones. “Na antiguidade a metade das crianças que nasciam na Inglaterra morria antes de chegar aos 21 anos e estas mortes eram a base da seleção natural.”

“Hoje, em grande parte do mundo desenvolvido, 98% destas crianças sobrevivem, chegam aos 21 anos, quase não existem diferenças entre os que morrem e entre os que sobrevivem antes de se reproduzirem”, acrescentou o cientista.

Segundo o cientista também foi reduzida a quantidade de mudanças aleatórias na raça humana. “Atualmente os humanos são 10 mil vezes mais comuns do que deveríamos ser, tendo como base as regras do reino animal. E isto se deve à agricultura.”

“No mundo todo, todas as populações estão cada vez mais ligadas e as possibilidades de mudanças aleatórias estão diminuindo”, afirmou Jones.

De acordo com o geneticista, “estamos nos misturando em uma espécie de massa global e o futuro não será branco e negro, será cor de café”. “Acredito que vão ocorrer mudanças, mas nossas mudanças não serão físicas, serão mentais”, afirmou Jones.

Fonte: BBC Brasil

Cetec debate biomonitoramento de águas

Por Ingrid Furtado - Estado de Minas

Dentro de quatro anos, o biomonitoramento de águas será obrigatório em Minas Gerais. E, para traçar metodologias e normalizar o uso de micro e macroorganismos aquáticos para medir o impacto da poluição na flora e fauna dos rios, o Centro Tecnológico de Minas Gerais (Cetec) organizou vários debates na 2ª Oficina e Encontro Internacional de Biomonitoramento de Ambientes Aquáticos Continentais. A rodada de palestras termina nesta terça-feira, na sede da instituição, no Bairro Cidade Nova, e um dos objetivos é justamente determinar protocolo para uso correto da água por empresas.

A bióloga e consultora do Cetec Marília Vilela Junqueira explica que a base dos bioindicadores é a coleta de organismos que vivem nas águas fluviais, como larvas de insetos, caramujos, fitoplâncton, algas e plantas aquáticas, geralmente alimentos dos peixes. O princípio do método é verificar o índice de poluição e degradação de um curso d’água a partir da quantidade de organismos encontrada.

Segundo ela, a técnica já é usada por algumas instituições, mas não de forma sistematizada. O primeiro encontro sobre o tema ocorreu há dois anos, e nele foi estudada a implantação da técnica. “Montamos um grupo de trabalho para discutir adequações que teriam de ser feitas para que as organizações estaduais pudessem se adaptar às propostas da Resolução 357/2005 do Conselho Nacional do Meio Ambiente. O documento apóia o biomonitoramento, e há uma série de ajustes que precisam ser feitos. A legislação foi aprovada e, agora, temos prazo de quatro anos para normatizar a aplicação no estado. Assim que estiver pronto, o governo irá exigir a nova metodologia.”

Ela explica que a forma mais comum de verificar a qualidade da água são os exames físico-químicos. No entanto, com a nova técnica os resultados terão mais veracidade. “Será possível também perceber se a flora e a fauna estão em equilíbrio, além de observar a variedade ecológica subaquática e as alterações morfológicas do curso d’água”, diz Marília. A bacia do Rio das Velhas será, provavelmente, a primeira a ser beneficiada com o método. “Há em torno de 400 pontos de coleta em Minas. A aplicação vai começar aos poucos e a tendência é expandir para todos os locais”, afirma.


Beto Magalhaes/EM/D.A Press -4/6/08



Cianobactérias
Depois de um ano do susto da floração anormal de algas nos rios das Velhas, São Francisco e Doce, ocorrida em setembro de 2007, a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil (Cedec) vai divulgar um estudo inédito sobre a origem do desequilíbrio, além de ações preventivas. Desde abril, período em que começa a estiagem, equipes da Cedec monitoram três pontos do Rio das Velhas, nas cidades de Inimutaba, na Região Central, Lassance, e Barra do Guaicuí, ambas no Norte de Minas.

“Percebemos que a anormalidade ocorreu justamente na época de seca, com a alta temperatura e a baixa vazão das águas. Mas não vamos esperar que o desequilíbrio se repita. Por isso, mantemos um estudo sobre o que ocorreu e o resultado deve ficar pronto no mês que vem. Com o diagnóstico, vamos propor ao poder público ações de controle. O nível-limite estabelecido pela Ministério da Saúde é de 10 mil células por mililitro de água, e o que encontramos está abaixo dessa quantidade. Ou seja, não há risco de contaminação”, explica o chefe do Centro de Controle de Emergência da Cedec, major Edgard Estevo da Silva.


Fonte: Uai (www.uai.com.br)

"Reunião de Uberaba"



Maiores informações
Telefone: (31) 3349 7829
E-mail: chagasleish2008@cpqrr.fiocruz.br
Site: http://www.cpqrr.fiocruz.br/chagasleish2008/ .

II Congresso Mineiro de Epilepsia

II Congresso Mineiro de Epilepsia - V Jornada de Epilepsia da LBE - III Jornada de Atualização em Epilepsia da AMAE

De 23 a 25 de outubro de 2008, irá acontecer o II Congresso Mineiro de Epilepsia. O evento conta com a participação dos principais especialistas em epilepsia de Minas Gerais e alguns dos expoentes brasileiros nesta área.

Até 15 de outubro serão aceitos trabalhos de pesquisa e de extensão. Dentre os trabalhos inscritos serão selecionados 6 (seis) para apresentação oral, com duração de 10 (dez) minutos cada apresentação.

O Congresso é uma realização do Núcleo de Neurociências e do Programa de Pós-graduação em Fisiologia e Farmacologia – ICB - UFMG– Campus Pampulha, Belo Horizonte – MG.

Informações pelo site www.nnc.icb.ufmg.br/epilepsia2008 e pelo telefone (31) 3409 4220.

As inscrições de participação vão até o dia até 20 de outubro.

SEMINÁRIO - LICENCIAMENTO AMBIENTAL

NOVAS REGRAS - AGILIDADE E RIGOR NAS APROVAÇÕES – COMPENSAÇÃO AMBIENTAL - CONFLITOS DE COMPETÊNCIAS – LICENÇA PRÉVIA E REGULARIZAÇÃO

29 de outubro de 2008 – São Paulo / SP

OBJETIVO
Destinado aos responsáveis por processos de licenciamento ambiental de siderúrgicas, metalúrgicas, mineradoras, construtoras, indústria automobilística, têxtil, de infra-estrutura e energia, este encontro discutirá os grandes desafios e as tendências para agilizar os processos de Licenciamento Ambiental no Brasil, principalmente após o anúncio de um novo pacote de medidas para o setor que prevê maior agilidade e rigor nas aprovações.

PROGRAMA

NOVO PACOTE AMBIENTAL E OS REFLEXOS NA ECONOMIA
(Aguardando confirmação)
COMPENSAÇÃO AMBIENTAL
Édis Milaré
MILARÉ ADVOGADOS
&
Werner Grau Neto
PINHEIRO NETO ADVOGADOS

DESAFIOS PARA OS EMPRESÁRIOS
Ana Virgínia Amorim, SSMA E QQUATTOR

CONFLITOS DE COMPETÊNCIAS
Consuelo Yoshida, Desembargadora Federal
TRIBUNAL REGIONAL FEDERAL DA 3ª REGIÃO
&
Walter José Senise
ARAÚJO E POLICASTRO ADVOGADOS

Telefone:+55 11 3079 9910 - Consulte condições especiais para grupos.
INSCREVA-SE (http://www.canalexecutivo.com/form/form_contato.htm)
Acesse nosso site: http://www.canalexecutivo.com/

segunda-feira, 13 de outubro de 2008

I Semana da Biologia da UFVJM

Entre os dias 21 e 24 de outubro de 2008, o Centro Acadêmico do curso de Ciências Biológicas da UFVJM, irá realizar a I Semana da Biologia da Universidade Federal dos Vales do Jequitinhonha .

O evento será realizado em Diamantina (MG) e conta com o incentivo e a colaboração de professores do Departamento de Ciências Biológicas da UFVJM e o apoio do Instituto Biotrópicos de Pesquisa em Vida Silvestre.

Maiores informações no site http://www.sbioufvjm.xpg.com.br/ ou no e-mail semanabioufvjm@gmail.com .

I Simpósio Internacional de Microbiologia Clínica

Clique na imagem para amplia-la


Livro Desenvolvimento Sustentável - mudar o mundo de Ser para Sobreviver

Extinção ameaça 1 em cada 4 mamíferos, indica estudo

Grupos de conservação da natureza fizeram a primeira avaliação detalhada da situação dos mamíferos no mundo em mais de uma década e a notícia não é nada boa. "Nós estimamos que uma em cada quatro espécies de mamíferos está em extinção e que a população de uma em cada duas está em declínio", revelaram pesquisadores liderados por Jan Schipper, da União Internacional de Conservação da Natureza em Gland, na Suíça. O estudo será publicado na edição de sexta-feira da revista especializada Science.

Entre os mamíferos mais ameaçados estão algumas espécies de primatas usadas como parte da alimentação de algumas populações da África e outras afetadas pela perda de habitat natural no sudeste da Ásia, disse Andrew Smith, professor da Escola de Ciências da Universidade Estadual do Arizona e um dos mais de cem co-autores do documento. O relatório também nota grande risco de extinção entre algumas espécies de antas, hipopótamos, ursos e porcos.

Em geral, os mamíferos de grande porte encontram-se em risco maior de extinção do que os menores. As espécies maiores possuem população menor, crescem mais devagar e precisam de um habitat maior do que as demais. O resultado do trabalho científico foi divulgado hoje durante uma reunião da União Internacional de Conservação da Natureza em Barcelona, Espanha.

A União Internacional de Conservação da Natureza descreve-se como a maior e mais antiga rede global de proteção ambiental. Ela é integrada por mais de mil entidades governamentais e não-governamentais e quase 11.000 cientistas voluntários de mais de 160 países. A pesquisa durou cinco anos e envolveu mais de 1.700 cientistas de todo o mundo.

Relatório - O relatório atualiza da Lista Negra de Espécies Ameaçadas de Extinção, elaborada pela entidade, composta atualmente por 44.838 espécies e das quais 16.928 correm o risco de serem extintas.

A União Internacional de Conservação da Natureza calcula que 76% de todas as espécies de mamíferos do planeta tenham sido extintas desde 1500. De acordo com o novo relatório, 25% das espécies atualmente presentes na face da Terra estão em risco.

Os números citados no documento são 1.141 espécies ameaçadas de 5.487 identificadas, o que daria 20,8% do total. Mas os cientistas alegam que o número real seria maior porque não há informações disponíveis para analisar a situação de diversas espécies.

De acordo com os autores do relatório, algumas espécies de mamíferos existem hoje em número tão reduzido que muitas delas estariam em risco de extinção, o que justifica elevar o total a cerca de 25%, disse Smith.

Fonte: Agencia Estado - AE/AP

sexta-feira, 10 de outubro de 2008

Mestrado e Doutorado - Zoologia

Até o dia 31 de outubro de 2008, estarão abertas as inscrições para o processo seletivo do Mestrado e Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Zoologia (PPG-Zoo) da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).

Os cursos tem a nota 5 na CAPES.

Para maiores informações acesse o site:
http://www.pucrs.br/fabio/pos/zoo/

Lula sanciona lei que regula uso de cobaias no Brasil

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva sancionou nesta quarta-feira (8) a lei que regulamenta o uso de cobaias em pesquisas científicas no país --o texto foi publicado nesta quinta-feira (9) no "Diário Oficial da União". O estabelecimento dessa legislação era uma reivindicação de grande parte dos cientistas, já que até agora não havia uma norma nacional que indicasse claramente os limites da prática.

O projeto de lei sobre o assunto, conhecido como Lei Arouca, tramitou no Congresso por cerca de 13 anos, até ser aprovado pela Câmara em maio e pelo Senado em setembro deste ano.

Com a sanção de Lula, a lei promete acabar com disputas locais sobre o assunto, como aconteceu recentemente em Florianópolis e no Rio.

Controle
O texto prevê a criação do Concea (Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal), que vai regulamentar o uso de animais para pesquisa e estabelecer as normas e critérios éticos.
O órgão será presidido pelo Ministro de Ciência e Tecnologia e integrado por representantes de outros ministérios e de órgãos como a SBPC (Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência) e o Cobea (Colégio Brasileiro de Experimentação Animal).

Até hoje, a função de estabelecer os parâmetros para a experimentação animal ficava a cargo das comissões de ética de universidades e instituições de pesquisa. Caso esses órgãos não tivessem sido instituídos, as decisões cabiam a cada cientista individualmente.

A lei também obriga as instituições de pesquisa que quiserem utilizar cobaias a instituir um Ceua (Comissão de Ética no Uso de Animais), que vai regular a prática em cada local. Além de especialistas como médicos e biólogos, representantes de entidades protetoras dos animais também devem fazer parte desses órgãos.

Dor
Entre as normas estabelecidas também está a aplicação de analgésicos ou anestesias que aliviem o desconforto das cobaias durante os procedimentos. Caso os animais sofram "intenso sofrimento" durante a pesquisa, eles devem ser sacrificados.

A matéria estabelece que, caso as instituições de pesquisa e ensino descumpram as regras, estarão sujeitas a advertência, multa de R$ 5.000 a R$ 20 mil, interdição definitiva ou outras penalidades. No caso de profissionais infringirem as regras, a multa vai de R$ 1.000 a R$ 5.000.

O projeto enfrentou muita resistência de entidades de defesa dos animais, que chegaram a fazer um abaixo-assinado contra o texto, entregue a parlamentares em Brasília.

Fonte: Folha Online

Curso de Biossegurança em Laboratório

De 13 a 17 de outubro de 2008, o centro de Extensão do ICB/UFMG promove o Curso de Biossegurança em Laboratório. As atividades se destinam a professores, servidores técnico-administrativos, alunos de pós-graduação, alunos de graduação, profissionais da área de saúde e afins.

O objetivo do curso é promover a conscientização para o desenvolvimento seguro e acertivo da Biossegurança em laboratórios, biotérios e trabalho de campo.

As inscrições podem ser feitas na página da Fundep (http://www.fundep.ufmg.br/) ou nos postos de serviços pelo telefone (031) 3409-4220.

Maiores informações pelo link http://www.fundep.ufmg.br/cursos/mostraturma.asp?turma=4159**1*2/08 ou pelo telefone (31) 3409-2533.

Mestrado e Doutorado em Biologia Vegetal (UFMG)

O programa de Pós-Graduação em Biologia Vegetal (PPGBV) da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) abre inscrição para seleção de candidatos ao Mestrado e Doutorado. As incrições deverão ser efetuada na Secretaria do Programa, à Av. Antônio Carlos, 6.627, Departamento de Botânica, Instituto de Ciências Biológicas da UFMG, Bloco I-2, sala 316, Belo Horizonte (MG), de 2a a 6a feira, exceto feriados, no horário de 9:00 às 12:00 e de 14:00 às 16:30 horas.

As inscrições para o mestrado serão realizadas até o dia 25 de novembro de 2008, enquanto as do doutorado funcionam em regime de fluxo contínuo. Maiores informações pelo telefone (31)3409 2684, pelo e-mail colposbio-veg@icb.ufmg.br e pelo site: http://www.icb.ufmg.br/pgbot .

Oportunidade de trabalho - Pesquisador em Pesca e Biologia Pesqueira

O Instituto de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (IDSM) está selecionando um profissional da área de ciências biológicas, ecologia, engenharia de pesca ou áreas afins, para ocupar o cargo de Pesquisador em Pesca e Biologia Pesqueira. O profissional atuará no apoio às atividades técnicas e científicas do Programa de Manejo de Pesca (PMP) do Instituto Mamirauá, nas áreas das Reservas de Desenvolvimento Sustentável Mamirauá (RDSM) e Amanã (RDSA), estado do Amazonas.

Para maiores informações, acesse o edital da vaga no link: http://www.crbio4.org.br/images/stories/anexos/edital_biologia_pesqueira.pdf .

quinta-feira, 9 de outubro de 2008

XII Simpósio de Citogenética e Genética de Peixes

O XII Simpósio de Citogenética e Genética de Peixes irá acontecer entre os dias 15 e 17 de outubro de 2008, na Universidade Federal de Uberlândia - Campus Santa Mônica.

O evento irá reunir alunos de graduação, pós-graduação e pesquisadores das áreas de genética e citogenética de peixes de todo o Brasil e países vizinhos, para apresentar e discutir novos projetos, possibilitando assim, a troca de informações entre os diferentes grupos de pesquisa. Para maiores informações acesse o site do evento: http://www.xiiscgp.ufu.br/ .

Concurso Público da Secretaria de Educação do DF (06 vagas para Biólogos)

A Secretaria de Educação do Distrito Federal abre 06 vagas para professor de educação básica com diploma, devidamente registrado, de conclusão de curso de licenciatura plena em Biologia ou de licenciatura plena em Ciências Físicas e Biológicas ou de licenciatura plena em História Natural.

A ficha de inscrição e o edital do concurso podem ser acessados pelo link: http://www.cespe.unb.br/concursos/SEPLAGDF_PROF2008 .

O prazo para se inscrever vai até o dia 14 de outubro de 2008.

Concurso Público CMBH (03 vagas para Biólogos)

Saiu o edital do concurso público para a Câmara Municipal de Belo Horizonte. Biólogos podem se candidatar nos cargos de Consultor Legislativo na área de Meio Ambiente e Consultor Legislativo na área de Saúde Pública.

As inscrições podem ser feitas no site da Fundep (http://www.fundep.br/) de 07 à 21 de outubro de 2008.

O edital pode ser acessado pelo link: http://www.fundep.br/concursosNew/projetos/13608/arquivos/0EB1EBF3DD95D48DEdital%20%2009.09.08.pdf .

quarta-feira, 8 de outubro de 2008

Treinamentos na área de Gestão Ambiental

Sistemas de Gestão Ambiental - ISO 14001:2004
Interpretação e implementação dos requisitos normativos
Data: 27 e 28 de Outubro de 2008.

Objetivos:
Fornecer uma compreensão sistêmica dos requisitos da ISO 14001 alinhada aos preceitos da Gestão Ambiental de vanguarda;
Entender o processo de implantação da Norma pela metodologia PDCA.
Discutir os principais elementos acerca dos Sistemas de Gestão Ambiental
Discutir a legislação ambiental brasileira
Promover uma integração entre os participantes e uma efetiva troca de experiências.

Maiores informações:
http://www.preservaambiental.com.br/
http://preservaambiental.com.br/treinamentos/programas/sga_iso/.

Concurso Público SULGÁS - RS (Formação de cadastro de reserva)

A Sulgás (Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul) abre inscrições até o dia 13 de outubro (segunda-feira) para cadastro reserva. A vaga "Meio Ambiente" é que exige graduação em Biologia. Vale ressaltar, que respondendo ao ofício do CRBio-03, a SULGÁS retificou seu edital, não sendo exigido o curso se especialização na área de meio ambiente.

O edital retificado pode ser acessado pelo link: http://www.fundatec.com.br/home/portal/concursos/87/edtal%2002-2008%20-%20Retificativo3.pdf?idpub=461203 .

Já o edital de abertura do concurso pode ser acessado através da página: http://www.fundatec.com.br/home/portal/concursos/editais/edital-87.pdf .

As inscrições devem ser feitas no site da Fundatec (www.fundatec.com.br).

Oportunidade de trabalho - Ouvidor Ambiental

Saiu o edital que abre uma vaga para o cargo de Ouvidor Ambiental, integrante da estrutura orgânica da ouvidoria geral do Estado de Minas Gerais. As inscrições deverão ser realizadas na Ouvidoria Geral do Estado, localizada na avenida Amazonas, 91, Centro, Belo Horizonte (MG), no período de 10 a 24 de novembro de 2008, de 2ª a 6ª feira, das 9h às 12h, e das 14h às 17h.

O edital completo para provimento do cargo de Ouvidor Ambiental pode ser acessado pelo link:
http://www.crbio4.org.br/images/stories/anexos/editalouvidor.pdf .

segunda-feira, 6 de outubro de 2008

Curso de Agrofloresta em BH

CURSO DE AGROFLORESTA

Com Patrícia Vaz e Rodrigo Junqueira

Mutirão Agroflorestal

18 e 19 de outubro de 2008

Rancho Santa Fé - Capão Grosso – Jaboticatubas – MG

Tópicos do curso:

*Princípios de sistemas Agroflorestal dirigido pela sucessão natural

*O ambiente florestal e o ciclo da matéria orgânica.

*Recuperação de áreas degradadas, criando agroecossistemas parecidos aos ecossistemas naturais e originais.

*Plantio intensivo e diversificado.

*Cultivo consorciado das plantas anuais e bianuais como criadores de complexas florestas compostas por espécies frutíferas e florestais.

*Implantação prática de uma agrofloresta desenvolvida por Ernst Götsch.

*Planejamento do sistema agroflorestal a curto, médio e longo prazo.

*Análise do estagio de sucessão das espécies.

*O elemento arbóreo como peça-chave dos processos de proteção do solo, ciclagem de nutrientes e fixação de carbono.

*Interação do homem com o ambiente através dos tempos

*Intervenção agrícola e seus impactos na sustentabilidade dos sistemas de produção; relação direta com o desequilíbrio nos ciclos d'agua, carbono, fósforo e nitrogênio

*Agroecologia e permacultura: conceitos e elementos de sustentabilidade

*Estratégias de manejo: capina seletiva; plantas adubeiras; tecnologia de plantio; sistemas de poda e manejo de biomassa; freqüências de intervenção

*Coleta e armazenamento de sementes

O curso será prático, com algumas aulas teóricas. Terá a duração de 2 dias, em que faremos o diagnóstico, planejamento e plantio de Sistemas Agroflorestais.

Chegada: dia 17/10 a partir das 16:00

Início: dia 18/10 ás 8:00

Local: Rancho Santa Fé, em Jaboticatubas, a 80 km de Belo Horizonte.
O Rancho Santa Fé vem trabalhando há dois anos para receber o curso de agrofloresta, e futuramente poderemos também desenvolver um modelo de escola de educação ambiental para benefício de toda região.
As indicações de acesso serão enviadas junto à inscrição.

Valor do investimento 200,00

Inclui: curso e certificado, hospedagem nas casas do sítio e alimentação.
Por favor trazer roupa de cama.

Inscrições e informações: Tel: (31) 96654808 - Sergio Olaya agroflorestanojabo@ gmail.com

As inscrições devem ser realizadas por e-mail e com o depósito de R$ 100,00 em conta corrente. O restante deverá ser pago no dia do curso. Confirmar depósito via e-mail com nome e fone para contato.

Dados para Depósito

Banco do Brasil
Sergio Olaya Paschoal Filho e/ ou Ursula Dalboni de Souza
Agencia 2190-3
C/C: conta corrente 9.742-X