terça-feira, 27 de maio de 2008

SALÁRIO DOS BIÓLOGOS

Sou bióloga com registro no CRBio 04, tenho pós-graduação em Direito Ambiental, estou muito preocupada com a valorização do profissional biólogo.

Trabalho em uma empresa de mineração, na função de bióloga, elaborando projetos ambientais, executando os mesmos, desenvolvento atividades de Educação Ambiental para os funcionários, entre outras. Diante desses atributos tentei negociar um salario justo para a minha função e a resposta que tive da empresa, é que o CRBio "sugere" um piso salarial não sendo obrigatório seguir este, ou seja a empresa paga o que bem entender pois não existe um piso salarial minimo para biólogo como nas outras profissões, a exemplo os engenheiros. Eu não tenho como exigir um salário descente pois não há um teto salarial obrigatório para biólogo. Isso mata o profissional, mesmo ele sendo muito bom no que faz.

O Conselho Federal de Biologia deveria estipular um salário mínimo para os profissionais, uma vez que pagamos anuidades assim como os outros profissionais que têm um conselho.
Aí vem a pergunta: porque você se sujeita ao salario proposto pela empresa na qual trabalha? Se o profissional não aceita não vai trabalhar nesta profissão nunca.

Na grande maioria das empresas o biólogo é remunerado com técnico em meio ambiente.

Devemos nos unir para fazer valer a profissão de BIÓLOGO, pois com crescimento das exigencias ambientais, novas leis que surgem todos os dias estamos dando o direito de exercer nossa profissão para os engenheiros agronomo e agrícolas, os quais acham que entendem tudo de meio ambiente e vida.

Att,

Kelly Cristina Andrade Amorim
Bióloga - CRBio 49148/04-D
34 - 3821 7272
34 - 9128 4840
Postar um comentário