terça-feira, 24 de março de 2015

Ação ambiental chega aos parques de Goiânia



Distribuição de mudas do Cerrado alerta para a questão hídrica em Goiás

Quem frequenta os parques de Goiânia poderá receber mudas nativas do Cerrado que estão sendo distribuídas ao longo da semana, em comemoração ao Dia Mundial da Água, celebrado no último domingo, dia 22. Ao todo, cinco mil unidades de espécies nativas como Ipê, Cajuzinho, Pata de Vaca, Jaboticaba e várias outras plantas ornamentais e frutíferas são ofertadas ao público como forma de incentivar o plantio e conscientizar a população sobre a importância de combater o desmatamento como forma de preservar os mananciais hídricos do Estado.

Para o produtor cultural Goiano Sidney, a distribuição de mudas tem grande aceitação popular, e sai do simples discurso de preservação passando para a ação concreta. “Não basta falar, tem que agir. Muita gente quer plantar árvores, mas têm dificuldade em encontrar mudas do Cerrado”, diz.
Nesta segunda-feira, os parques Areião e Vaca Brava receberam a iniciativa, que contou com a presença do secretário estadual das Cidades e do Meio Ambiente (Secima), Vilmar Rocha. O parque Flamboyant receberá esta tarde a eq
uipe com as mudas para distribuição. Na quarta-feira a atividade será no Parque Cascavel e no Bosque dos Buritis. Na quinta-feira, dia 26, no Lago das Rosas, e na sexta-feira, a ação termina no Parque Beija Flor, no Setor Jaó, sempre às 18 horas. Toda a população pode participar e plantar um exemplar doado pela Secima.




Estudos mostram que a falta de água está diretamente ligada ao desmatamento. Desta forma, a campanha Plante Água tem foco no replantio de áreas degradadas, nascentes e matas ciliares, considerada a forma mais eficaz de garantir a perenidade e aumento do volume de água dos rios e córregos do Estado.

sexta-feira, 20 de março de 2015

Governo de Tocantins comemora Dia da Água



Para comemorar o Dia da Água, o Governo de Tocantins, em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Hídricos e instituições parceiras, irá realizar a 6 Semana Estadual da Água, com o tema "Água e sustentabilidade em tempos de escassez."

Confira a programação:

Data: 21/03/2015
7h: Mutirão de limpeza a margem da TO 020 no km 15 até km 19 - plantio de mudas (Associação Água Doce - NOELI).
Promoção: Semarh/ Associação Água Doce/ Prefeitura de Palmas/ Odebrecht Ambiental/ Saneatins.
Data: 22/03/2015
Dia da Aventura Lazer e cidadania – Local: Praça da Árvore
8h - Momento cívico com Grupo Escoteiro Católico São Paulo;
8h30min Apresentação Teatral com a peça “O Mundo em 2070”;
9h - Show com a Banda Bateria Demolidora da Atlética Marrenta da turma de engenharia civil da UFT;
10h - Gustavo Borges – Arvorismo, Trilha Ecológica, Escalada de Bloco Indoor;

18h – Projeto “Vamos Cirandar” – Show com a Banda D’vinil e intervenções artísticas;
Promoção: Semarh/ Prefeitura de Palmas/ Federação de Esporte/ Ecoterra e Secretaria Estadual de Cultura/ Secretaria Estadual de Esporte Lazer e Juventude.
Data: 23/03/2015
Manhã: 8h30min às 11h30min Evento no Barco Nego D'água. Monitoramento das águas – Gaia – Hildebrando. Escola Municipal Beatriz Rodrigues.
Promoção: Prefeitura de Palmas – Semed/ Gaia;
Tarde: 14h às 17h Evento no Barco Nego D'água. Monitoramento das águas – Gaia – Hildebrando. Escola Municipal Daniel Batista.
Promoção: Prefeitura de Palmas – Semed/ Gaia;
Noite: 19h Cine fusca Ambiental: Documentário no Fluxo
LOCAL: Taquari MTST
Promoção: Semarh/ Prefeitura de Palmas – Semed/ Gaia/ Ecoterra;
15h Gurupi: Peça Teatral
Promoção: Odebrecht Ambiental/ Ambiental e SEMARH.
Data: 24/03/2015
Manhã: 8h - Visita de estudantes da rede Estadual à ETE Estação de Tratamento de esgoto Norte. Escola Municipal Darcy Ribeiro
Promoção: Odebrecht Ambiental / Saneatins / Seduc/ Semed;
8h - Apresentação Teatral com a peça “O Mundo em 2070”, Colégio Militar - Palmas –TO;
10h - Peça Teatral - Porto Nacional- Caravana da Água – Odebrecht Ambiental/Saneatins;
Tarde: 14h - Visita a Estação de Tratamento de Água (ETA) 006 (Grupo de Agricultores) Palmas – TO
Promoção: Saneatins / Semarh.
Data: 25/03/2015
SEMINÁRIO
08h30min às 09h - Credenciamento e Café da manhã
Apresentação da Banda da Guarda Metropolitana de Palmas;
09h às 9h30min - Solenidade de Abertura Oficial: governador Marcelo Miranda, presidente da Agencia Nacional de Água (ANA), secretária da Semarh, secretário da Educação, secretário da Saúde, prefeito de Palmas, presidente da Saneatins, representante da Sociedade Civil;
9h30min às 9h40min - Assinatura do Acordo de Cooperação Técnica do Qualiágua (Governo do Estado e Agencia Nacional das águas - ANA);
9h40min às 10h40min - Palestra de abertura:
Tema: Água e Sustentabilidade em Tempos de Escassez
Palestrante: Vicente Andreu Guillo Diretor - presidente da Agência Nacional de Água (ANA)
Local: Auditório do Tribunal de Contas do Estado - TCE
Promoção: SEMARH;
10h50min às 12h - Inauguração da sala de situação com a presença do governador do Estado e Presidente da ANA;
14h às 14h20min - Apresentação Teatral com a peça “O Mundo em 2070”
1ª Mesa de Diálogo;
14h20min às 15h50min - com tema Gestão das águas e escassez
Moderador: Simone Maciel
Participantes da mesa
Roberto Bruno M. Rebouças- Assessor da Diretoria de Operações - DIOPE/COGERH - Ceará
Rosana Garjulli Sales Costa / Fortaleza - CE
Felipe Marques – Professor da Universidade Federal do Tocantins - UFT
Carlos Spartacus – Secretaria da Agricultura e Abastecimento – Seagro
Marli Teresinha dos Santos – Ministério Público Estadual - MPE
Local: Auditório do Tribunal de Contas do Estado - TCE
Promoção: SEMARH;
2ª Mesa de Diálogo
15h40min às 17h30min - com tema Gestão Descentralizada e os Usos Múltiplos dos Recursos Hídricos
Moderador - Fernán
Participantes
Walter Tesch – Especialista sobre recursos hídricos de São Paulo-SP
Aldo Araújo de Azevedo – Semarh
Pablo Ferraço Andreão - Odebrecht Ambiental/Saneatins
Ricardo Fava - Naturatins
Sena/Itamar / Pedromária e Agrest - Comitê
Local: Auditório do Tribunal de Contas do Estado - TCE
Promoção: SEMADES;
17h40min - Encerramento - Lanche final do Seminário;
25/03 às 09h - Peça Teatral - Paraíso Caravana da Água – Odebrecht Ambiental/Saneatins;
25/03 às 15h - Peça Teatral - Paraíso Caravana da Água – Odebrecht Ambiental/Saneatins
Promoção: Saneatins / Semarh.
Data: 26/03/2015
Manhã:
08h - Visita a Usina Luís Eduardo Magalhães com alunos da rede publica Estadual de ensino (40 alunos) Colégio Militar de Palmas;
08h - Palestra: Nascente e Urbanidade;
10h - Vivência na nascente viva Colégio Militar;
Tarde:
14h - Visita a Usina Luís Eduardo Magalhães com alunos da rede publica Estadual de ensino (40 alunos) Colégio Estadual São José;
14h - Ecoterra Oficio água que Colore – ReciclArte - Colégio Francisca Brandão;
15h - Peça Teatral – Araguaína Caravana da Água – Odebrecht Ambiental/Saneatins
Promoção: Saneatins/ Seduc/ Semarh/ Investco/Ecoterra.
Data: 27/03/2015
08h - Palestra “O Povo da Água, Povo INY” - Intercambio Étnico no Colégio Municipal Luiz Gonzaga.
Promoção: Semarh/ Ecoterra;
08h - Peça Teatral – Guaraí Caravana da Água - Odebrecht Ambiental/Saneatins
Promoção: Odebrecht Ambiental/Saneatins;
08h – Caravana da Água Blitz Educativa sobre a Semana Estadual da Água em 47 municípios.
Promoção: Odebrecht Ambiental/Saneatins;
15h – Encerramento das Atividades da 6ª Semana Estadual da Água com Odebrecht Ambiental/Saneatins - na Escola de Tempo Integral Eurípedes Ferreira de Melo em Palmas com Peça Teatral e atividades culturais. Aureny III
Promoção: Odebrecht Ambiental/Saneatins.





quinta-feira, 19 de março de 2015

Lixões persistem como problema ambiental



Apesar da proibição, lixões persistem como problema ambiental

Por Elisa Batalha/Revista Radis*

A Lei nº 12.305 prevê, desde 2 de agosto de 2010, que todos os rejeitos do país devem ter uma disposição final ambientalmente adequada em quatro anos. Traduzindo e atualizando o juridiquês, a lei — que institui a Política Nacional de Resíduos Sólidos no país — determina a desativação dos lixões a céu aberto. Na prática, seis meses depois de expirado o prazo, os lixões não foram todos extintos. A estimativa do Ministério do Meio Ambiente (MMA) é que 59% dos municípios brasileiros ainda dispõem seus resíduos em vazadouros a céu aberto ou aterros controlados (lixões com cobertura precária).
Há multa prevista para quem não cumpriu o prazo. De acordo com informações divulgadas no site do MMA, os artigos 61 e 62 do decreto 6.514 de 2008, que regulamenta a lei de crimes ambientais, prevê que quem causar poluição que possa resultar em danos à saúde humana ou ao meio ambiente, incluindo a disposição inadequada de resíduos sólidos, estará sujeito à multa de R$ 5 mil a R$ 50 milhões.
Os municípios alegam falta de verba e pleiteiam prorrogação do prazo previsto na Lei. “A maioria dos municípios brasileiros não teve condições técnicas e financeiras para cumprir o prazo estabelecido”, argumenta Francisco Lopes, secretário executivo da Associação Nacional dos Serviços Municipais de Saneamento (ASSEMAE). “A consolidação do fim dos lixões no Brasil é uma realidade ainda longe de ser alcançada. Sobre o impasse, acreditamos não ser possível impor prazos iguais a todos os municípios, afinal, cada um deles possui uma realidade econômica diferente”, diz ele, que defende a criação de um cronograma em escala para atender as normas da lei, com prazos diferentes conforme o número de habitantes dos municípios. “Os municípios com mais de 200 mil habitantes devem elaborar plano de saneamento, com disposição ambientalmente adequada até dezembro de 2015. Já as cidades de 50 a 200 mil habitantes teriam até final de 2016. O prazo para aqueles com menos de 50 mil moradores seria dezembro de 2017”, propõe.
Atentado ambiental
Em novembro de 2014, o Poder Executivo vetou o trecho de uma medida provisória aprovada pelo Congresso que previa a ampliação em mais quatro anos do prazo para municípios acabarem com lixões. O tema havia sido incluído pelos parlamentares na MP 651, que trata de outro assunto (medidas de incentivo à economia através de desonerações). “A prorrogação de prazos, da forma como prevista, contraria o interesse público, por adiar a consolidação de aspecto importante da Política Nacional de Resíduos Sólidos. Além disso, a imposição de veto decorre de acordo realizado no plenário do Senado Federal com as lideranças parlamentares, que se comprometeram a apresentar alternativa para a solução da questão”, disse o vice-presidente da República Michel Temer, na justificativa do veto publicada no Diário Oficial da União em 14 de novembro de 2014.
O deputado federal Chico Alencar (PSOL/RJ) criticou o Congresso pela aprovação da medida que concedia mais prazo aos municípios, a que chamou de “atentado ambiental”. “Aqui na Câmara, quase todos se unem para enfiar em uma MP sobre fundos de renda fixa e ativos financeiros, um tremendo ‘jabuti’! Os mais de 2 mil que cumpriram a lei ficam prejudicados e as negociações com o Ministério Público para dosar as punições às Prefeituras que ainda não fizeram a coleta adequada e os aterros sanitários são jogadas fora. Enquanto a Pátria está distraída com as eleições presidenciais, o Parlamento comete um atentado ambiental (e antirregimental)”, escreveu o deputado em sua página na rede social Facebook à época.
A ambientalista Zilda Veloso, diretora de Meio Ambiente Urbano do Ministério do Meio Ambiente, conta à Radis que o governo estuda um novo instrumento legal que estabeleça critérios para que o prazo possa ser prorrogado em casos especiais. “O Ministério entende a dificuldade dos municípios, mas simplesmente prorrogar o prazo para todos, sem nenhum critério, não é possível”, diz. O que está sendo feito, segundo ela, é uma articulação com o Ministério Público Federal para estabelecer uma estratégia de negociação dos prazos de encerramento dos lixões por meio de Termos de Ajustamento de Conduta (TAC) com as prefeituras. Ainda de acordo com a diretora, alguns municípios já foram notificados pelo Ministério Público para que dessem destinação adequada a seus resíduos.
“O governo não vai propor prorrogação dos prazos, mas é favorável a abrir debates sobre o aperfeiçoamento da lei”, afirmou ministra Izabella Teixeira, em matéria publicada no site do MMA (5/8/2014). Para ela, é necessário que sejam levadas em conta dificuldades de municípios pequenos, muitas vezes remotos, nem sempre em situação econômica favorável para implantar as ações necessárias. A maior parte do lixo é gerada nas grandes cidades, e a discrepância de volume produzido é muito grande, considerando o porte do município. Quase metade do volume total (que corresponde a mais de 300 mil toneladas de resíduos por dia) são produzidos por 5% dos municípios, um total de 299 cidades.
Planos simplificados
Os municípios de pequeno porte, com menos de 20 mil habitantes, podem elaborar planos simplificados de gestão integrada de resíduos sólidos. Os planos permitem que eles obtenham recursos do Governo Federal, específicos para o manejo dos resíduos e a implantação da coleta seletiva. Segundo o IBGE, até 2013, 1865 municípios haviam declarado possuir planos de gestão integrada de resíduos sólidos nos termos da PNRS.
O Governo Federal tem apoiado a formação de consórcios públicos como forma de tornar viável a gestão integrada de resíduos sólidos. Há a possiblidade também de municípios e estados optarem por contratos com empresas privadas para a execução de soluções e prestação de serviços. Questionada se as terceirizações abririam possibilidade para uma “privatização do lixo”, Zilda Veloso garante que a responsabilidade é do poder público. “Ele pode contratar, mas essa contratação não o exime de nada”.
Catadores não são prioridade
A pesquisadora Amanda Rodrigues acompanhou o fechamento do lixão localizado no bairro Jardim Gramacho, em Duque de Caxias, na região da Baixada Fluminense, em 2012, quando realizava sua pesquisa de mestrado em Saúde Pública na Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca (Ensp/Fiocruz). Para ela, mesmo nos casos em que houve construção de aterro sanitário, isso não representa que a melhor solução socioambiental tenha sido encontrada. “O caso de Jardim Gramacho vem sendo considerado exemplo por ter conseguido encerrar o funcionamento do lixão e por ter concedido indenização para os 1.603 catadores. Mas que condições têm essas pessoas para disputar no mercado de trabalho?”, questiona.
“O fechamento de Jardim Gramacho foi um evento midiático”, considera a pesquisadora, lembrando que o aterro foi desativado em junho de 2012, às vésperas da Conferência das Nações Unidas sobre Desenvolvimento Sustentável (Rio+20). O local também recebeu bastante divulgação por ter sido retratado nos documentários Lixo Extraordinário, de Lucy Walker, e Estamira, de Marcos Prado, premiados internacionalmente.
Amanda relata que em setembro de 2013, ou seja, bem depois do encerramento do lixão, o governo do Estado do Rio de Janeiro ainda aguardava o fim do diagnóstico socioeconômico encomendado a um instituto de pesquisa para implementar melhorias na região onde ficava o lixão. “O curso profissionalizante que foi oferecido aos catadores só se iniciou depois da desativação do lixão. Eles são autônomos, estão acostumados a receber por dia. Alguns não sabiam somar. E depois? Não se fala mais nisso e ninguém volta para observar as condições de vida dessas pessoas. Mesmo assim, esse desfecho foi considerado moralmente aceitável”, afirmou.
*Matéria publicada na Revista Radis 149. Fevereiro de 2015. Veja aqui a revista na íntegra.
Publicado no Portal EcoDebate, 25/02/2015

quarta-feira, 18 de março de 2015

Secima - Dia da Água



Dia da Água tem programação para toda a semana
Secima lança pacote de medidas para proteção dos mananciais com a presença da ministra do Meio Ambiente

O Dia Mundial da Água será comemorado no próximo domingo, dia 22, com uma série de atividades em Goiânia e Região Metropolitana. O Governo de Goiás, por meio da Secretaria das Cidades e do Meio Ambiente e Saneago, lança a campanha Plante Água, de conscientização da importância do reflorestamento para a garantia de oferta de água para seus diferentes usos pelo ser humano.
A campanha possui um calendário de ações que se estende por toda a semana. As atrações incluem distribuição de mudas nativas do Cerrado, soltura de balões biodegradáveis com sementes de espécies da flora local, recuperação de nascentes e da apresentação do plano Estadual de Recursos Hídricos, entre outras novidades.

As atividades vão começar no Autódromo de Goiânia, durante a abertura da Stock Car Brasil. A equipe Hot Car, formada pelos pilotos Fábio Fogaça e Rafael Abbate, apoia a iniciativa e vai estampar em seus carros a campanha Plante Água, além de distribuir mudas de árvores ao público nos boxes.

Ainda no domingo, balões biodegradáveis com sementes serão lançados às 17 horas no Centro Cultural Oscar Niemeyer. Experiências anteriores mostram que esses balões espalham sementes em um raio de até 30 quilômetros, agindo no reflorestamento de grandes áreas verdes próximas ao Centro Cultural.

Federal
A ministra do Meio Ambiente Izabella Teixeira estará em Goiânia na quinta-feira, dia 26, para a apresentação do Plano Estadual de Recursos Hídricos, o maior diagnóstico já realizado sobre os recursos hídricos em Goiás. A ministra também vai participar do lançamento do Edital de R$ 3 milhões para o Programa Produtor de Água, que remunera proprietários de terras que preservarem suas nascentes na bacia do Ribeirão João Leite. Outros R$ 3 milhões serão destinados, também por meio de edital, ao Programa Nascentes Vivas, para reflorestamento e cercamento de áreas degradadas. O encontro contará ainda com a entrega das comendas Berço das Águas a cinco 5 homenageados; a criação do Fórum Goiano de Comitês de Bacias e o lançamento do 17º Encontro Nacional de Comitês de Bacias Hidrográficas, que será realizado entre 4 e 9 de outubro, em Caldas Novas. O pacote de lançamentos com a presença da ministra também será no Centro Cultural Oscar Niemeyer, às 10 horas.
Entre os dias 23 e 27, equipes da Secima vão distribuir cinco mil mudas nos parques de Goiânia e, acada dia, uma nascente será recuperada pelo Estado.

Confira a programação

Dia 22/03 – 9h
Autódromo Internacional Ayrton Senna
Distribuição de mudas nativas do Cerrado
17h
Centro Cultural Oscar Niemeyer
Soltura de balões biodegradáveis e distribuição de mudas nativas do
Cerrado

Dia 26/03 – 10h
Centro Cultural Oscar Niemeyer
Apresentação do Plano Estadual de Recursos Hídricos, com a presença da ministra do Meio Ambiente Izabella Teixeira
Assinatura do Edital do Programa Produtor de Água e do Programa Nascentes Vivas
Entrega da Comenda Berço das Águas
14h
Centro Cultural Oscar Niemeyer
Debate técnico sobre o Plano de Recursos Hídricos para secretários municipais de Meio Ambiente e profissionais da área

Programa Nascentes Vivas
19/03 – 15h – Damolândia
20/03 – 10h – Ouro Verde
21/03 – 08h – Inhumas
22/03 – 07h – Caldas Novas
23/03 – 10h – Itapuranga
24/03 – 09h30 – Silvânia
26/03 – 15h – Nerópolis
27/03 – 10h – Terezópolis
30/03 – 10h – Santo Antônio de Goiás

Distribuição de mudas nativas do Cerrado
Domingo - 22/03 – Autódromo
                               Centro Cultural Oscar Niemeyer
Segunda-feira – 23/03 – Parque Vaca Brava
                                         Parque Areião
Terça-feira – 24/03 – Parque Flamboyant
Quarta-feira – 25/03 – Bosque dos Buritis
                                     Parque Cascavel
Quinta-feira – 26/03 – Lago das Rosas

Sexta-feira – 27/03 – Parque Beija-Flor (Jaó)



terça-feira, 17 de março de 2015

Stock Car é palco para campanha do Dia Mundial da Água



Ação vai distribuir mudas e orientar o público sobre o uso dos recursos hídricos

O Governo de Goiás, por meio da Secretaria das Cidades e do Meio Ambiente (Secima) realiza a campanha Plante Água durante o Dia Mundial da Água, dia 22 de março. O objetivo é conscientizar a população quanto a importância do uso consciente dos recursos hídricos e da relação entre desmatamento e falta de chuvas, fato comprovado pela diminuição dos índices pluviométricos registrados no Centro-Oeste nos últimos cinco anos.

Entre as atividades a serem realizadas está a distribuição de mudas nativas do Cerrado durante a estreia do Campeonato Brasileiro de Stock Car. Ao todo, serão distribuídas mil mudas durante o evento, junto com um material educativo para esclarecimento sobre a necessidade do plantio de árvores, da recuperação de nascentes e matas ciliares e do reflorestamento para a segurança hídrica e o consequente desenvolvimento socioeconômico da sociedade.

A primeira etapa do Campeonato de Stock Car coincide com o Dia Mundial da Água. O evento tem um enorme potencial de repercussão da campanha, por reunir no mesmo espaço, milhares de pessoas e por contar com ampla cobertura midiática. Nesse sentido, o engajamento da equipe Hot Car e dos pilotos Fábio Fogaça/Leandro Totti e Raphael Abbate/Nicolas Costa surge como um enorme ganho à causa ambiental. Os carros da equipe levarão adesivos da campanha e os pilotos também distribuirão aos fãs mudas nativas do Cerrado durante a visitação aos boxes.

“É um dia importante para conscientizar a todos sobre a importância da utilização dos recursos hídricos. Ainda mais nesse momento em que muitas cidades passam por racionamento e falta d´água. Acho que a iniciativa vai ajudar a repensar atitudes e maneiras para conservar a água para a nossa e para as futuras gerações”, destacou o piloto Fábio Fogaça.

“A água é o elemento fundamental da vida, se todos economizarem não faltará a ninguém, plante água, plante vida”, completou Abbate, que em Goiânia fará sua estreia na principal categoria nacional. A largada da primeira etapa da Stock Car está marcada para as 10h30.


Crise
A retirada da cobertura vegetal do solo, agravada por atividades como agronegócio e mineração, contribui para reduzir a disponibilidade de água nas torneiras. No cerrado, onde estão as nascentes das principais bacias hidrográficas da América do Sul, incluindo a do Rio São Francisco, que quase desapareceu com a seca, a situação é alarmante. A área devastada no segundo maior bioma brasileiro chega a 1,5 milhão de metros quadrados — em torno de 75%. Em Goiás, o índice chega a 50%. Com isso, a água da chuva deixa de ser absorvida pela vegetação e não chega aos aquíferos. Conforme o Instituto do Trópico Subúmido (ITS), ligado à Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), estima-se que, a cada ano, pelo menos 10 pequenos córregos desaparecem na região.

A situação se agravou a partir de 1970, quando a exploração das terras pelo agronegócio intensificou a destruição da vegetação nativa. As plantas substitutas (soja, cana-de-açúcar, algodão e outras monoculturas) não são capazes de exercer a função ecológica das originais, por terem raízes subsuperficiais. Os cursos d’água, portanto, diminuem de nível até desaparecerem por completo.

Sem a vegetação nativa, a água da chuva não será absorvida pelo solo e não chegará aos aquíferos que abastecem quase todas as bacias hidrográficas do país. Em um período de estiagem, os cursos d’água, que já não são alimentados de maneira satisfatória por precipitações, diminuem ainda mais o volume, provocando crise hídrica como a que assola o Brasil.

IEPG - Curso de Extensão em Biotecnologia



O IEPG irá promover no próximo dia 08 de Abril de 2015 um curso de extensão em Biotecnologia juntamente com o CREA-GO.

Seguem abaixo as informações pertinentes:

CURSO DE EXTENSÃO EM BIOTECNOLOGIA

Tema: “Biomassa, Biocombustíveis e Bioenergia”.

Data: 08 de Abril de 2015 (Quarta-feira)

Local: Auditório do CREA-GO

Horário: 08 as 18 h. 

Inscrições gratuitas: (62) 3242-2040 

Ministrante: Professor Dr. Dante de Moraes (Faculdade Oswaldo Cruz/ FOC-SP).

Mini-curriculum: Coordenador do curso de Biotecnologia na Faculdade Oswaldo Cruz de São Paulo possui graduação em Farmácia e Bioquímica pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo na área de Farmácia Industrial, Mestrado em Tecnologia Bioquímico-Farmacêutica pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas da Universidade de São Paulo e Doutorado em Tecnologia Bioquímico-Farmacêutica pela Faculdade de Ciências Farmacêuticas de São Paulo. Atualmente é técnico especialista-farmacêutico na Universidade de São Paulo. Tem experiência na área de Biotecnologia, Microbiologia, com ênfase em Microbiologia Aplicada e Produção de Insumos.







terça-feira, 10 de março de 2015

Minicurso - Diagnóstico Laboratorial das Anemias Hemoliticas/Hereditária





Matrículas até o dia 11 de Março de 2015

Dia: 14 de março  
Horário: 08 às 18
Certificação: 10 horas
Local: Fenix Eventos › SGAS 915 Sul, Lotes 75/76, 1º andar do PardaMundi da LBV, Asa Sul, Brasília, DF.

Valor: R$80,00

Para confirmar a matrícula siga os seguintes passos:

1 - Acesse o link e preencha os dados:

2 - Após preencher a pre matrícula realizar o depósito nos seguintes dados bancários:
​Banco Bradesco
Agência:2838
Conta Corrente: 8850-1
​CNPJ: 19.531.626/0001-52​
Instituto Nacional de Cursos

3 - Tirar uma foto ou escanear o comprovante de depósito e enviar por WhatsApp 61 9284-3232 ou para o e-mail brasilia.comercial03@incursos.net


4 - Você receberá um e-mail confirmando sua matrícula



Workshop do Parque do Cerrado



A Prefeitura de Goiânia realiza nos dias 11 e 12 de março o Workshop do Parque do Cerrado. O evento acontece a partir das 18:30h no 3º andar do Oscar Niemeyer. 



quinta-feira, 5 de março de 2015

Prêmio Inovação Medical Services

O Prêmio Inovação Medical Services é uma iniciativa da Sanofi e do portal Medical Services, que tem como objetivo valorizar, incentivar e divulgar trabalhos inovadores que tragam melhorias na área da saúde pública. 

Um grupo de biólogos esta concorrendo ao prêmio na categoria Profissionais de Saúde - Projetos ou Pesquisas:

BIOMARCADORES P HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA, ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL, ANEURISMAS e PRÉ-ECLÂMPSIA EM PACIENTES ATENDIDOS PELO SUS E SEUS MECANISMOS DE AÇÃO

O projeto foi selecionado entre os 10 melhores autores de Pesquisas da categoria Profissionais de Saúde. Estamos na segunda das três etapas da seleção, que é feita por votação do público através da internet no site:

https://www.medicalservices.com.br/cadastro.aspx
Vamos mudar a saúde no Brasil!

O voto é feito somente uma vez por pessoa, portanto, gostaria de poder contar com seu voto e se possível que compartilhasse este email com seus contatos e os peça para participarem da votação, pois é um prêmio de muita relevância para pesquisadores e pessoas que são atendidas pelo SUS no Brasil!

Instruções:
  • Acesse o site: https://www.medicalservices.com.br/premio-medical-services/votacao.aspx
  • fazer login no site basta email e senha
  • clicar na opção: "vote nos seus favoritos"
  • escolher a opção: Profissionais de saúde-Projetos ou Pesquisas. Trabalhos conceituais, ainda não implementados ou em fase de implementação de profissionais da saúde com graduação completa
  • clicar no ícone: VOTE
  • Ao visualizar a lista de trabalhos, o dele é o quinto da lista, com o nome: BIOMARCADORES PARA HIPERTENSÃO ARTERIAL SISTÊMICA, ACIDENTE VASCULAR CEREBRAL e PRÉ-ECLÂMPSIA EM PACIENTES ATENDIDOS PELO SUS E SEUS MECANISMOS DE AÇÃO.
  • E Confirme sua votação!

quarta-feira, 4 de março de 2015

CFBio repudia projeto que torna obrigatório o ensino do Criacionismo nas escolas



CFBio repudia projeto que torna obrigatório o ensino do Criacionismo nas escolas 




O Conselho Federal de Biologia (CFBio) encaminhou nesta quarta-feira (4) ofício ao Congresso Nacional repudiando veementemente o Projeto de Lei 8099/2014, que torna obrigatório o ensino do Criacionismo nas escolas públicas e privadas.

O documento foi entregue aos presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), e para a Comissão de Educação da Câmara dos Deputados.

O CFBio conclama os Biólogos para também se manifestarem contrariamente ao Projeto de Lei 8099/2014, de autoria do Deputado e Pastor Marco Feliciano (PSC-SP).

O projeto em questão assume o ensino do Criacionismo na Educação Básica, restringindo-o apenas à sua interpretação cristã baseada na fé e nos textos bíblicos, principalmente no livro Genesis, que relatam a ideia sobre a origem da vida do ponto de vista religioso.

Ao contrário do que está exposto no PL 8099/2014, a Teoria da Evolução não é uma crença e, portanto, não tem nenhum fundamento dizer que ensinar evolução nas escolas é violar a liberdade de crença. O evolucionismo se baseia em observações fundamentais e em pesquisas científicas que surgiram com experimentos devidamente comprovados. A Evolução das espécies através da seleção natural não é uma teoria, mas uma coleção de fatos amplamente comprovados.

O posicionamento do CFBio corrobora manifestações muito bem apresentadas pela Associação Brasileira de Pesquisa em Educação em Ciências (ABRAPEC) e a Associação Brasileira de Ensino de Biologia (SBEnBio), além da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC).

Leia na íntegra:

Projeto de Lei 8099/2014, de autoria do deputado e pastor Marco Feliciano (PSC-SP)

Carta Aberta da ABRAPEC e SBEnBio


Carta Aberta da SBPC

segunda-feira, 2 de março de 2015

Congrebio 2015



sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Curso de Geoprocessamento com ArcGIS



Acontece em Belo Horizonte, nos dias 13 e 14 de março de 2015, o Curso de Geoprocessamento com ArcGIS (versão 10 e Qgis). O curso abordará processos básicos de geoprocessamento, sistemas de informação geográfica (ArcGIS versão 10), e mais temas relacionados ao assunto. As aulas serão práticas, e conta com um aluno por computador, formando turmas com até 10 participantes. Os  profissionais Biólogos em dia com suas obrigações legais perante o Conselho de Biologia possuem desconto de R$ 100,00 no valor do curso.




Vagas de Emprego Ambientalis

 


Os CVs deverão ser enviados para apoio@ambientalis.com.br até 10 de março de 2015.
Portfólio da empresa Ambientalis Engenharia Ltda. disponível em www.ambientalis.com.br



- Contrata-se biólogo com experiência em mamíferos da região situada entre Minhas Gerais e Bahia.
Prazo da contratação: 2 meses
Remuneração: a combinar
Local do serviço: Região entre Cocos - BA e Bonito de Minas - MG

- Contrata-se biólogo com experiência em herpetofauna da região situada entre Minhas Gerais e Bahia.
Prazo da contratação: 2 meses
Remuneração: a combinar
Local do serviço: Região entre Cocos - BA e Bonito de Minas - MG

- Contrata-se biólogo com experiência em avifauna da região situada entre Minhas Gerais e Bahia.
Prazo da contratação: 2 meses
Remuneração:  a combinar
Local do serviço: Região entre Cocos - BA e Bonito de Minas - MG

quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Dia Mundial da Vida Selvagem





Em dezembro de 2013, as Nações Unidas criaram o Dia Mundial da Vida Selvagem, que passa a ser celebrado todos os anos em 3 de março.
Com isso, foi reafirmado o valor intrínseco da vida selvagem. O documento destaca ainda as contribuições das espécies ao desenvolvimento sustentável e ao bem-estar da humanidade, citando os aspectos ecológico, genético, social, econômico, científico, educacional e cultural.
A Assembleia Geral reconhece também a importância da Cites, a Convenção sobre Comércio Internacional das Espécies Ameaçadas da Fauna e da Flora Silvestres.
Por que precisamos de um dia para celebrar a Vida Selvagem? Para que as pessoas em todo o mundo se unam para:
  • Celebrar a beleza e a diversidade de plantas e animais selvagens
  • Refletir sobre a relação entre vida selvagem e as pessoas
  • Sensibilizar as pessoas sobre as ameaças à vida selvagem
  • Mostrar seu respeito, amor e comprometimento com a vida selvagem
Em parceria com o ICMBio e Ministério do Meio Ambiente, a SZB vai celebrar esta data.
“Dia 3 de março é a oportunidade para todos nós, não importa quem somos e onde estamos, celebrarmos a beleza e variedade de milhões de plantas e animais com quem compartilhamos este planeta” John E. Scanlon, Secretário Geral da CITES
Por milênios, as pessoas e as culturas têm contado com a rica diversidade da natureza de plantas e animais selvagens para alimentos, roupas, remédios e alimento espiritual.
A vida selvagem está ameaçada. Algumas das espécies carismáticas do mundo, bem como as plantas e animais menos conhecidos, mas ecologicamente importantes, estão em perigo imediato de extinção. Uma das principais causas é a perda de habitat.
Outra é o aumento do tráfico ilegal
As consequências ambientais, econômicas e sociais dos crimes contra a natureza são profundas. O tráfico ilegal tem grande impacto ainda sobre a paz e segurança em muitos países onde está ligado ao crime organizado e terrorismo.
Embora as ameaças à vida selvagem sejam grandes, podemos reduzi-las através do nosso esforço coletivo.
Vamos trabalhar por um futuro onde as pessoas coexistam em harmonia com a vida selvagem.
Vamos juntos ficar loucos pela vida selvagem?
Dentro deste contexto, a SZB está lançando a campanha “Somos Loucos pela Vida Selvagem”


Confira a matéria completa e o regulamento: http://goo.gl/JZYRDJ


segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Oficinas de Meio Ambiente - Uni BH







     Link para inscrição:  http://goo.gl/forms/yAqXnvyc1t

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Curso - 2ª Turma da Especialização em Hematologia Clínica e Banco de Sangue

2ª Turma da Especialização em Hematologia Clínica e Banco de Sangue:

• Objetivos

O curso de Hematologia Clínica e Banco de Sangue, possui um contexto interdisciplinar com vistas a colaborar com os profissionais no desenvolvimento de conhecimentos específicos da área da hematologia, inclusive no gerenciamento e planejamento laboratorial, docência, pesquisa e proporcionar o aprimoramento teórico-prático em diagnósticos laboratoriais e práticas de banco de sangue destacando coordenação, gerenciamento, transfusional, incluindo transplante de medula óssea, fenotipagem e painel de hemácias.

• Público-alvo

Os candidatos deverão ser profissionais de nível superior com graduação em Farmácia, Biomedicina, Biologia, Medicina ou, em cursos de áreas afins.

• Estrutura do curso

o    Hematopoiese.
o    Anemias carênciais, hereditárias e hemolíticas.
o    Imunohematologia.
o    Citomorfologia hematológica.
o    Leucoses mielóides e linfóides.
o    Hemostasia.
o    Coagulopatias.
o    Técnicas aimunohematológicas.
o    Biologia molecular aplicada em diagnóstico hematológico.
o    Hemoterapia e urgências.
o    Interpretação clínica do hemograma.
o    Controle de qualidade em hematologia e banco de sangue.
o    Citomorfologia.
o    Resoluções e normativas preconizadas pelos órgãos competentes.
o    Diagnósticos em citometria de fluxo.
o    Leucoses e neoplasias hematológicas.
o    Seminário integrador.

Conteúdos abordados
- Sangue e sua formação: Fatores estimuladores e inibidores da eritropoese, granulopoese, linfopoese e trombopoese.
- Metabolismo e fisiologia dos eritrócitos.
- Anemias e suas generalidades, definições, sinais e sintomas, classificações morfológicas e fisiopatológicas.
- Investigações laboratoriais das anemias e suas correlações clínicas.
- Policitemias e suas generalidades e classificações.
- Anomalias leucocitárias: Pelger-Huet, May-Hegglin, Alder-Reilly, Chediak-Higashi.
- Doenças proliferativas da linhagem mielóide: Etiopatogenias, classificações, diagnóstico clínico, laboratorial e diferencial, tratamento e medidas de suporte.
- Doenças proliferativas da linhagem linfóide: Etiopatogenia, classificações, diagnóstico clínico, laboratorial e diferencial, tratamento e medidas de suporte.
- Síndromes mielodisplásicas: Classificação, tratamento, evolução e prognósticos.
- Linfomas não-Hodgkin: Etiopatogenia, classificação, diagnóstico clínico, laboratorial e diferencial, tratamento e evolução.
- Linfoma de Hodgkin: Etiopatogenia, classificação, diagnóstico clínico, laboratorial e diferencial, tratamento e evolução.
- Hemostasia: Fisiologia e mecanismo da coagulação (via intrínseca e via extrínseca).
- Doenças hemorrágicas, coagulopatias e trombofilias.

• Carga horária

19 módulos (1 final de semana por mês)
Carga horária total: 380 h

• Coordenação

» Érico Meirelles de Melo › Mestrando em genética pela PUC/GO. Especialização em biologia molecular e celular.

• Corpo Docente

» Keila Correia de Alcântara › Doutoranda em medicina tropical (área de concentração: Imunologia) pela UFG. Mestrado em medicina tropical na mesma área de concentração pela UFG.
» Luciana Pinheiro Vaz › Doutoranda em ciências da saúde pela Faculdade de Medicina daUFG. Mestrado em genética pela PUC/GO. Especialização em anatomia patológica (citologia esfoliativa) pela CBM.
» Arioldo Carvalho Vasconcelos Júnior › Mestrado em medicina tropical (área de concentração: Imunologia) no IPTSP pela UFG.
» Rodrigo Luís Taminato › Mestrado em farmacologia, anestesiologia e terapêutica pelaUNICAMP . Especialização em hematologia clínica e onco-hematologia molecular e laboratorial pela Acadêmia de Ciências e Tecnologia da Faculdade de Medicina de Rio Preto/SP.
» Valéria Bernadete Leite Quixabeira › Mestrado em genética pela PUC/GO.
» Érico Meirelles de Melo › Mestrando em genética pela PUC/GO. Especialização em biologia molecular e celular.
» Gabriela Tavares de Rezende › Especialização em Hematologia e Banco de Sangue.
» Jeffchandler Belém de Oliveira › Especialista em órgãos artificiais - SBCEC. Membro do Conselho Científico da SBCEC.
» José Carlos Rodrigues › Especialista em hematologia clínica e oncohematologia molecular pela Acadêmia de Ciências e Tecnologia da CBM.
» Marcelo Leandro Valério › Pós-graduação em hematologia laboratorial pela SBHH /USP.

• SAF - Sistema de Avaliação e Frequência

Para obter o Certificado Final do Programa, o participante deve ser aprovado tanto nos trabalhos e/ou provas presenciais realizados em cada módulo do curso quanto no Trabalho de Conclusão de Curso.
Assim sendo, será considerado aprovado o participante que cumprir as seguintes exigências:
• Aproveitamento de, no mín., 70% do curso, isto é, nota final igual ou superior a 7,0 em cada uma das disciplinas;
• Frequência mínima de 75% da carga horária total de cada disciplina;
• Apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso.

• Pré-requisitos para Inscrição

Através de formulário próprio acompanhado de:
• Cópia Autenticada do diploma de graduação;
• Cópia Autenticada do RG;
• Cópia Autenticada do CPF;
• Duas fotos 3x4.

• Investimento

Matrícula: R$ 250,00
Entre em contato com um de nossos consultores para saber o valor das mensalidades*
Desconto de 15% nas mensalidades aos 20 primeiros alunos matriculados, desde que os pagamentos sejam efetuados até o dia 10 de cada mês.

• Informações e Matrículas






INCURSOS - Brasília, DF
Alexssandra Lg
61 3221-1157 · 62 8176-0660


Segue abaixo informações referente a 2ª Turma da Especialização em Hematologia Clínica e Banco de Sangue:

Previsão de Início​: Março de 2015
Duração: 19 encontros
 ​​
Carga Horária: 38​0 H
Aulas: 
°Sexta: 18:00 às 23:00
°Sábado: 08:00 às 19​:00
​°Domingo: 08:00 às 13:00

Documentos: 
°Cópia do Diploma Graduação (Autenticado)
°Cópia do RG e CPF (Autenticado)
°Duas fotos 3x4

Investimento: 
°Matrícula - R$250,00  (a matrícula será efetuada através de depósito bancário)
Dados Bancários
Banco Bradesco
Agência:2838
Conta Corrente: 8850-1
​CNPJ: 19.531.626/0001-52

°Parcelas - ​25​ de R$570,00

http://www.incursos.net/cursos/pos-graduacao-presencial/especializacao/df/brasilia/i/hematologia-clinica-e-banco-de-sangue/