sexta-feira, 20 de janeiro de 2017

Vaga para professor de Imunologia na UnB



A Universidade de Brasília lançou edital para a contratação de um professor substituto na área de Imunologia. Para concorrer o candidato deve ter Mestrado em Imunologia, Biologia Molecular ou áreas afins.

O regime de trabalho é de 40 horas semanais e a remuneração é de R$ 4.209,12. As inscrições devem ser feitas pessoalmente até o dia 24 de janeiro.

Para mais informações, acesse o edital: https://goo.gl/OhsW9P.

quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Preparatório para concursos Ifar


O Ifar, centro de cursos preparatórios de Brasília, promoverá neste sábado, dia 21/01, uma apresentação de seu projeto Servidor Ambiental Ifar 2017. Com a previsão de lançamento de editais para órgãos como Ibama e ICMBio, o Ifar está lançando turmas de cursos voltados para esses concursos.

Na apresentação deste sábado haverá o sorteio de bolsas de estudos entre os presentes. Mais informações e inscrições: https://goo.gl/fpnfgN.


Mestrado em Biologia de Vertebrados na PUC Minas



Estão abertas, até o dia 17 de fevereiro, as inscrições para o Mestrado em Biologia de Vertebrados da PUC Minas. O curso, com área de concentração em Zoologia de Vertebrados de Ambientes Impactados, tem duas linhas de pesquisa: Conservação & Comportamento e Zoomorfologia de Grupos Neotropicais.

O curso é ofertado no turno da manhã no campus Coração Eucarístico, em Belo Horizonte, e tem 10 vagas. A seleção se dará por prova de suficiência em Língua Inglesa, prova de conhecimentos, análise de documentos e entrevista.

As aulas terão início no dia 06 de março. Mais informações: https://goo.gl/z5h7uA.

Especializações na área de saúde


O Instituto de Ensino e Pesquisa Santa Casa BH está com matrículas abertas para seus cursos de pós-graduação lato sensu do primeiro semestre de 2017.

Há cinco cursos na área de Gestão em Saúde que podem ser de interesse de biólogos que atuam nesse campo. Os cursos têm datas de início distintas, entre março e abril.

Para mais informações sobre grade curricular, valores e matrícula, acesse: https://goo.gl/7S92Iy.


Artigo: 2016, o ano mais quente da história


Pelo terceiro ano consecutivo o recorde global de temperatura foi quebrado, segundo dados oficiais da Noaa, agência norte-americana responsável por monitorar atmosfera e oceanos.

Em artigo publicado no Estado de Minas do dia 18 de janeiro o biólogo e conselheiro do CRBio-04 Thiago Metzker faz uma análise desse momento que vivemos e suas consequências. Confira:



2016, o ano mais quente da nossa história

Pronto, 2016 foi registrado como o ano mais quente da nossa história desde a Revolução Industrial. O aumento da temperatura foi 0,2°C maior que o recordista anterior que era o ano de 2015. Na primeira análise global de 2016 publicada por um órgão da União Europeia, o Serviço Copernicus de Mudança Climática, a temperatura ficou 1,3°C acima da média. Esse valor já está muito próximo do limite de 1,5°C definido pelos países signatários do Acordo de Paris, quando assumiram que com aumentos de temperatura superiores a esses valores entraremos em um campo de alterações significativas dos sistemas naturais e aumento considerável da frequência de eventos climáticos extremos. Tudo bem que tivemos uma influência significativa de um expressivo El Niño entre 2015 e 2016, mas uma coisa é certa: a influência humana é a responsável pelas mudanças climáticas que vivemos atualmente.

Reconhecendo que as mudanças climáticas representam uma ameaça urgente e potencialmente irreversível para as sociedades humanas, na 21ª Conferência das Partes (COP21) foi proposto um pacto mundial para a diminuição das emissões de Gases de Efeito Estufa (GEE). O chamado Acordo de Paris foi aprovado por 195 países com o compromisso de envidar todos os esforços para limitar o aumento da temperatura a 1,5°C acima dos níveis pré-industriais. O fato é que isso foi em 2015 e de acordo com as previsões chegaríamos a um aumento médio dessa magnitude apenas daqui a uma década. Mas não é bem o que parece. No final do ano passado, fui o único brasileiro convidado para participar do encontro na Indonésia do Painel Intergovernamental de Mudanças Climáticas (órgão da ONU responsável pelo estabelecimento de políticas climáticas mundiais), cujo objetivo foi de contribuir para o fortalecimento da base de dados do IPCC, especialmente em relação à Mata Atlântica. Durante esse encontro, além da modelagem climática global, duas questões dominavam as discussões: a intensa velocidade com que estamos chegando ao limite de 1,5°C definido no acordo de Paris e a recente vitória de Donald Trump para a presidência dos EUA, com aparente retrocesso de todas as políticas climáticas conquistadas até o momento. Esperamos que algumas reuniões com Al Gore e Leonardo di Caprio possam alterar significativamente as primeiras impressões desse novo Presidente.

Bom, mas o que um ano um pouco mais quente pode me afetar? (Perguntaria um mineiro desconfiado). De muitas formas, uai! Basta ver que ainda estamos no início do verão e as temperaturas na capital andam insuportáveis. Se for tentar se refrescar nas praias, deve ficar atento, pois a sensação térmica no RJ chegou a 61°C! Os surtos de mosquitos e pernilongos andam avassaladores. Isso sem falar das doenças tropicais como a febre amarela, dengue, chikungunya, Zica vírus, que geralmente estão associadas ao aumento do calor e umidade. As chuvas também andam bem imprevisíveis, com períodos em que todos ficam em pânico com medo do racionamento e outros períodos com enchentes e inundações que deixam a cidade travada, desconectada e altamente vulnerável.

O aumento da temperatura já é sentido e reconhecido. As mudanças climáticas também. O tempo agora é de ação. Mitigação e Adaptação são palavras de ordem para as vulnerabilidades que já temos no nosso sistema. Precisamos despertar para as cidades inteligentes, resilientes, soluções para abastecimento, para esgotamento, planos rápidos a serem executados durante eventos extremos para que a cidade não pare. Precisamos de uma economia de baixo carbono, de uma cadeia de produção mais consciente, de novas tecnologias, de energias limpas de fontes renováveis. Precisamos de ações emergenciais para grupos mais vulneráveis.

Vale lembrar que para um planeta com 4,5 bilhões de anos pouco afeta aumentos e diminuições de temperatura, chuvas torrenciais, tempestades ou secas prolongadas. Mas para a espécie humana, de aproximadamente 150 mil anos, isso muda tudo. Ultrapassar o limite de 1,5°C não é uma opção segura para a humanidade. Esse é um recorde que não devemos quebrar!

Thiago Metkzer
Biólogo, doutor em Ecologia, Conservação e Manejo de Vida Silvestre, conselheiro do CRBio-04 e presidente do IBAM - Instituto Bem Ambiental

Curso de levantamento de fauna em Esmeraldas-MG


O Centro de Treinamento Selvagem em Foco divulgou sua agenda do primeiro trimestre de seu curso sobre Técnicas de Levantamento, Resgate e Monitoramento da Fauna para Consultoria e Licenciamento Ambiental.

Nos dias 10, 11 e 12 de fevereiro o curso será ministrado em Esmeraldas, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

São 30 h/aula e até 15 participantes. O curso trata de métodos de levantamento para avifauna, mastofauna e herpetofauna, além de outros tópicos. O valor é de R$390,00, além dos custos de hospedagem e transporte, que são cobrados à parte.

Para saber mais, acesse: https://goo.gl/e7BAVn.

Estágio obrigatório na PBH



A Gerência de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Belo Horizonte está cadastrando estudantes que tenham interesse em realizar estágio obrigatório (não remunerado) na área de Educação Ambiental.

A carga horária semanal é de 20 horas e os estagiários podem optar pelo turno da manhã ou da tarde. Será dada preferência a estudantes que tenham que cumprir carga horária de estágio superior a 200 horas.

As atividades incluem acompanhamento de ações de Educação Ambiental como cursos, oficinas, visitas orientadas, trilhas e palestras; realização de pesquisas; atendimento ao público; organização e produção de materiais educativos; divulgação de atividades educativas; e apoio a eventos de Educação Ambiental.

São nove locais distintos em que os estagiários serão alocados e, na ficha de inscrição, o estudante pode definir aquele de sua preferência:

Centro de Extensão em Educação Ambiental / Sala Verde (SMMA/PBH)
Av. Álvares Cabral, 217/14° andar - Centro

Centro Regional de Educação Ambiental Barreiro (CEA BARREIRO)
Av. Ximango, 809 – Bairro Flávio Marques Lisboa, Barreiro de Cima (Parque das Águas)

Centro Regional de Educação Ambiental Norte (CEA NORTE)
Rua Rubens de Souza Pimentel, 750 – Bairro Aarão Reis – (Parque N. S. da Piedade)

Centro Regional de Educação Ambiental Venda Nova (CEA VENDA NOVA)
Rua Sebastião Gomes Pereira, 140 – Bairro Serra Verde (CEVAE Serra Verde)

Centro Regional de Educação Ambiental Centro-Sul (CEA CENTRO-SUL)
Rua Cobre, 114 – Bairro Cruzeiro (Parque Municipal Professor Amílcar Vianna Martins)

Centro Regional de Educação Ambiental Leste (CEA LESTE)
Rua Leopoldo Gomes esquina com São Vicente – Bairro Granja de Freitas (CEVAE Taquaril)

Centro Regional de Educação Ambiental Pampulha / PROPAM (CEA Pampulha/PROPAM)
Rua Radialista Ubaldo Ferreira, 20 - Bairro Castelo

Centro Regional de Educação Ambiental Oeste (CEA Oeste)
Rua Augusto José dos Santos, 366 - Bairro Betânia (Parque Municipal Jacques Cousteau)

Centro Regional de Educação Ambiental Nordeste (CEA Nordeste) 
Rua Queluzita, 45 - Bairro São Paulo

Os interessados em se cadastrar deverão preencher o formulário no link https://goo.gl/HgCTD3.

A seleção dos candidatos se dará por análise de currículo e entrevista/dinâmica a ser agendada posteriormente.

Informações gerais sobre estágio obrigatório na PBH também estão disponíveis no link http://goo.gl/3aFegD.

Importante ressaltar que esta divulgação se aplica apenas a estágio obrigatório (não remunerado). Informações sobre  estágio remunerado na PBH estão disponíveis em https://goo.gl/4O9wRL.

quarta-feira, 18 de janeiro de 2017

Duas vagas para professor na UEMG - Ituiutaba



A Universidade Estadual de Minas Gerais - unidade de Ituiutaba - lançou edital para a contratação de professores designados. Há duas vagas para graduados em Ciências Biológicas.

A carga horária é de 20 horas semanais e a duração prevista do vínculo é até o fim de 2017. O salário varia de acordo com a titulação. A seleção se dará por prova de títulos.

As inscrições devem ser feitas pessoalmente, até o dia 20 de janeiro. Para mais informações, acesse o edital: https://goo.gl/okxNpW.

quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Conteúdo para biólogos no Twitter


Dentro da lógica de levar aos biólogos o máximo de informações relevantes e de qualidade, o biólogo Humberto de Souza desenvolve um trabalho de webjornalismo no Twitter com esse foco.

O perfil Biologia_Info é dedicado exclusivamente à publicação de notícias relacionadas à Biologia, Meio Ambiente e Ciência. O conteúdo é atualizado regularmente, com compartilhamento de informações de diversos sites especializados e portais de notícias.

Acesse: http://twitter.com/biologia_info.


Curso sobre fundamentos de Botânica em BH


Será realizado no Centro de Educação Ambiental da RPPN Vale dos Cristais, na Região Metropolitana de Belo Horizonte, o curso "Fundamentos de Botânica aplicados no levantamento florístico, coleta de sementes, produção de mudas e recuperação de áreas degradadas".

A capacitação ocorre nos dias 20 e 21 de janeiro. As inscrições tem custo de R$195,00 para estudantes e de R$250,00 para profissionais.

Mais informações e inscrições pelo e-mail gestorrppn@agvc.org.br ou pelo telefone (31) 99527-5209.


Vaga para pesquisador em mudança climática



As organizações Conectas Direitos Humanos, Instituto Alana, Instituto Socioambiental e Greenpeace Brasil lançaram um edital conjunto para a contratação de pesquisadores. Há uma vaga para pesquisador na área de mudança climática.

O projeto tem duração de 05 meses e a carga horária é de 15 horas semanais. Os interessados devem encaminhar currículo, carta de interesse e dois contatos de referência para o e-mail rh@conectas.org até o dia 22 de janeiro.

Para mais informações, acesse o edital: https://goo.gl/P4ohCj.

terça-feira, 3 de janeiro de 2017

Seleção para analista de Análises Clínicas (CR)



O Instituto Sócrates Guanaes (ISG) lançou edital para a formação de cadastro de reserva de profissionais para o Hospital de Doenças Tropicais Dr. Anuar Auad, situado em Goiânia.

As inscrições são gratuitas e serão realizadas somente presencialmente, do dia 09 a 13 de janeiro. A seleção se dará por análise curricular e entrevista por competência.

Biólogos podem concorrer ao cargo de analista de Análises Clínicas. A jornada é de 44h semanais e o salário de R$2.677,40.

Para mais informações, acesse o edital: https://goo.gl/wWhwnK.

quinta-feira, 29 de dezembro de 2016

Curso online gratuito na área de bioinformática



Interessados na área de bioinformática poderão se inscrever, a partir de janeiro de 2017, no curso Princípios e Tendências em Genômica e Biologia Computacional. Trata-se de uma disciplina online em nível de pós-graduação, desenvolvida pelo Grupo de Pesquisa de Informática em Biossistemas da Fiocruz Minas em parceria com pesquisadores do Instituto Pasteur. O curso será gratuito e oferecido em inglês.

Com duração estimada de 30 horas, o conteúdo do curso poderá ser acessado a qualquer momento. Entretanto, há tarefas que deverão ser realizadas semanalmente. Dessa forma, ao se inscrever, o aluno receberá um cronograma e um calendário que o ajudarão a acompanhar o processo.

Outras informações: https://goo.gl/bXMRxj.

Consulta sobre uso de cães e gatos em pesquisas


O Conselho Nacional de Controle de Experimentação Animal (CONCEA) abriu Consulta Pública para que interessados apresentem suas sugestões ao texto "Caninos e felinos domésticos mantidos em instalações de instituições de ensino ou pesquisa científica".

O texto, que compõe o Guia Brasileiro de Produção, Manutenção ou Utilização de Animais em Atividades de Ensino ou Pesquisa Científica, traz orientações sobre alojamento e manejo desses animais.

As sugestões ao texto deverão ser encaminhadas até o dia 07 de janeiro por meio do endereço eletrônico consultapubl.concea@mctic.gov.br, mediante preenchimento do formulário específico.

Acesse o texto e o formulário: https://goo.gl/WyCyYT.

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

Prêmio ANA - gestão de recursos hídricos


Até 31 de maio estarão abertas as inscrições para o Prêmio ANA 2017. A premiação busca reconhecer boas práticas relacionadas a água nas seguintes categorias: Empresas; Ensino; Governo; Imprensa; Organizações Civis; e Pesquisa e Inovação Tecnológica. Os trabalhos devem contribuir para a gestão e o uso sustentável dos recursos hídricos do país.

Os vencedores receberão um troféu e ganharão uma viagem para apresentarem seus trabalhos durante o Fórum Mundial da Água de 2018, que será realizado em Brasília.

As inscrições são gratuitas. Mais informações: https://goo.gl/gmbCxL.


terça-feira, 27 de dezembro de 2016

Curso de Perícia Judicial Ambiental em Goiânia


A Globo Verde Ambiental realizará, nos dias 10 e 11 de fevereiro, o curso de Perícia Judicial Ambiental. A capacitação será ofertada em Goiânia.

O curso tem custo de R$1.000,00 para pagamento à vista, mas também pode ser parcelado em 7x de R$165,00. Biólogos com registro no CRBio-04 têm desconto de R$165,00 (correspondente a uma parcela).

Para inscrições e mais informações: https://goo.gl/QoVP6s.


IV Fórum Brasil de Áreas Degradadas


A Universidade Federal de Viçosa sediará, nos dias 10 e 11 de maio de 2017, o IV Fórum Brasil de Áreas Degradadas.

Interessados têm até o dia 05 de fevereiro para a submissão de trabalhos, com foco em uma das seguintes áreas: Áreas Degradadas; Biodiversidade; Código Florestal; Degradação do Solo; Mudanças Climáticas;
Produção de água e nascentes; Políticas públicas de desenvolvimento sustentável; Responsabilidade Socioambiental; Restauração Ecológicas; Restauração do Cerrado; Tecnologia e Inovação.

As inscrições realizadas até 09 de janeiro também têm desconto:

Graduando: de R$150,00 por R$100,00
Pós-graduando: de R$250 por R$200,00
Profissional: de R$300,00 por R$250,00

Para mais informações, acesse: https://goo.gl/F7hq5x.


quinta-feira, 15 de dezembro de 2016

Desconto de 30% em cursos de especialização


O IEPG está oferecendo desconto de 30% no valor de seus cursos de pós-graduação para aqueles que se matricularem até o fim deste ano. O IEPG já tem dez cursos de especialização na área de saúde confirmados para 2017, com turmas em Goiânia e Brasília. Entre os cursos estão Análises Clínicas, Ciências Forenses e Citologia Clínica.

Para conferir os cursos ofertados pelo IEPG, clique aqui. Para se inscrever em uma das turmas e receber o desconto, acesse o link: https://goo.gl/lFf2OG.


quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

Fiocruz lança catálogo de espécie de parasitas


Os pesquisadores responsáveis pela  Coleção Helmintológica do Instituto Oswaldo Cruz publicaram um catálogo reunindo 203 helmintos monogenóides, um grupo que costuma parasitar peixes. O inventário contempla os espécimes-tipo (holótipos e parátipos): eles são utilizados para basear a descrição de uma determinada espécie, o que é fundamental para a pesquisa taxonômica, ancorada em classificar e identificar exemplares.

A lista apresenta a classificação e a nomenclatura atual das espécies, incluindo características como a região geográfica onde os parasitos costumam ser encontrados, o tipo de hospedeiro preferencial e os órgãos que costumam ser atingidos pela infecção, além do número de registro na Coleção Helmintológica, o que permite o acesso aos exemplares originais depositados no acervo.

O catálogo foi publicado na revista científica ZooKeys e está disponível para consulta gratuita.


Foto e texto: Ascom/Fiocruz

Bolsas de Pesquisa em Projeto do MMA




Estão abertas, até o dia 23 de dezembro, as inscrições para as bolsas de pesquisa do Projeto Áreas Marinhas Costeiras Protegidas (GEF Mar). As bolsas são para ações de apoio à gestão das unidades de conservação costeiras e marinhas e daquelas relacionadas à preservação de espécies marinhas ameaçadas de extinção.

Na área de jurisdição do CRBio-04 há onze vagas para biólogos em Brasília, com duração estimada de 32 meses, para atuação na sede do ICMBio e no Ministério do Meio Ambiente:

São cinco vagas com exigência de Doutorado (bolsa de R$6.000,00), três com exigência de Mestrado (bolsa de R$4.000,00) e três com exigência de especialização lato sensu (bolsa de R$3.000,00). Cada vaga apresenta demandas específicas, por isso recomenda-se consultar e ler calmamente o edital.

Além dessas há diversas vagas para cidades em Pernambuco, Paraíba, São Paulo, Santa Catarina, Alagoas, Bahia, Espírito Santo, Pará, Maranhão, Rio Grande do Sul e Rio de Janeiro.

Para se inscrever os interessados deverão preencher formulário eletrônico disponível no endereço www.icmbio.gov.br/bolsasgefmar e enviá-lo até às 18h do dia 23. As informações devem estar em conformidade com o currículo atualizado e disponível na Plataforma Lattes/CNPq.

Mais informações, acesse o edital: https://goo.gl/Ejwtg4.